Home / Animais / Borboleta Transparente: Características, Nome Científico e Fotos

Borboleta Transparente: Características, Nome Científico e Fotos

As borboletas são um dos insetos mais atraentes e bonitos que existem. Elas possuem diferentes cores, padrões e formatos que fazem com que ela seja totalmente diferenciada. A borboleta transparente é um animal único e simplesmente incrível. Não existe nenhum inseto semelhante ou que chegue ao menos perto da beleza dessa espécie. É uma espécie rara, e se muitos já acham que as borboletas em geral são insetos lindos, certamente irá se apaixonar por essa borboleta em especial. Vamos entender melhor sobre a vida e singularidades dessa espécie tão única.

Características da Borboleta Transparente

Essa espécie de borboleta pode ser encontrada em locais específicos da América Central. A maioria das borboletas prefere o clima tropical e precisa de lugares de total equilíbrio ecológico e ambiental para que vivam e reproduzam. Elas são sensíveis e não muito resistentes, ao olhar é possível ver que não aguentam muito peso, muitos ventos ou condições ruins. Elas realmente precisam de ambientes propícios para sua vida.

Essas borboletas são lindas, isso é fato. Em muitos lugares elas levam o nome de borboleta de vidro. Apesar de parecerem e serem realmente frágeis em relação a força humana, elas são capazes de aguentar mais de trinta vezes o peso de seu próprio corpo. Pode parecer pouco, mas proporcionalmente, para os humanos é como se pudéssemos naturalmente aguentar mais de 2 toneladas. Existem borboletas de diversos tamanhos, desde 2 milímetros a mais de 10 centímetros. Essa espécie mede de 5 a 7 centímetros de cumprimento, e da ponta de uma asa a outra mede 4 centímetros.

Normalmente os desenhos e padrões das borboletas servem para distrair e afastar seus possíveis predadores e inimigos. Como as borboletas transparentes não possuem esta opção de defesa, elas devem ir para outras estratégias. Como não distraem suas ameaças com as cores, elas são totalmente capazes de se esconder totalmente por suas asas serem transparentes. As únicas coisas que permitem que possamos vê-las e percebe-las são algumas veias escuras entre o tecido totalmente translúcidas.

Informações Sobre as Borboletas

Assim como qualquer outra espécie de borboletas, as borboletas transparentes passam por todas as fases da metamorfose. Entenda melhor como funciona.

Muitos sabem e muitos não fazem ideia. As borboletas são lagartas que se transformaram. A metamorfose é um processo que acontece com animais que passam por transformações que os levam a sua forma adulta definitiva. No caso das borboletas, esse processo tem quatro fases: fase ovo, fase larva, fase pupa e fase adulta. Todas elas são bem diferentes uma da outra e todas são necessárias.

Ovos de Borboletas
Ovos de Borboletas

A reprodução das borboletas se da através dos ovos. Por isso são chamadas de insetos ovíparos. Portanto, essa é a primeira etapa de todo o processo da metamorfose delas. O que faz com que elas estejam prontas para por ovos é sua alimentação. Elas põem os ovos em locais seguros, portanto escolhem folhas protetoras e rígidas, elas funcionarão como um bom sustento, e posteriormente serão fonte de nutrientes para a maturação dos ovos.

A próxima fase é a mais popular e conhecida por nós, pois é quando elas viram lagartas. As lagartas nada mais são uma das fases das borboletas, a fase de larva. Elas possuem um corpo alongado e são um dos poucos tipos de larvas que possuem patas. Muitas pessoas desconhecem que as lagartas são parte de um processo maior, e não sabem que elas e as borboletas tratam-se do mesmo animal.

Chega a ser cômico pois muitas pessoas dizem odiar lagartas e amar as borboletas sem ao menos saber que uma vem antes da outra. Durante essa fase de lagartas, elas se alimentam de folhas e vegetais. Podem facilmente ser um problema para agricultores que se protegem usando larvicidas, isso faz com que o processo todo seja interrompido. Mas caso não encontrem nenhum empecilho, a metamorfose segue para sua próxima etapa. A pupa.

Fases da Borboleta
Fases da Borboleta

As pupas são uma fase interessante. É quando a lagarta está alimentada o suficiente, ela realmente come muito e acumula energia para seu período de hibernação. Nessa fase, elas criam a crisálida, o famoso casulo que vemos algumas vezes instalado em locais frescos e seguros.

Enfim, uma Borboleta

Nesse tempo de maturação da pupa, um inseto adulto se forma dentro do casulo. Sua estrutura contem uma cabeça, tórax, patas e asas. Uma borboleta definitiva. A partir de agora, ela não é mais uma lagarta, não se alimenta mais como uma. Lembra que citamos que a alimentação da lagarta se constitui em folhas e vegetais? Pois bem, depois da metamorfose, a alimentação também muda.

Borboleta Nova Transparente
Borboleta Nova Transparente

Isso porque agora o sistema digestivo mudou. As borboletas possuem um mecanismo de abdução de néctar, e é isso que elas digerem. Suas cores também mudam, mesmo que as lagartas possuam pintas, listras ou cores chamativas, quando borboletas tudo pode ser diferente, no caso das borboletas transparentes, as lagartas até podem ser coloridas, mas durante a metamorfose, a pele delas se altera e fica sem coloração. Transformando-se numa camada fina e translúcida.

Agora, elas estão prontas para a vida alada. Muitos pensam que as borboletas vivem somente 24 horas. Mas isso é uma mentira. Uma vida tão curta só poderia ser resultado de alguma fatalidade com elas. Uma vida comum de uma borboleta deve durar 3 ou 4 semanas. Dependendo da espécie esse tempo pode ser maior ou menor.

Criadores de Borboletas

Os borboletários são lugares incríveis. Normalmente, não é fácil encontrar borboletas em locais urbanos. Como citamos, elas precisam de lugares específicos e ecologicamente equilibrados. Lugares com alto índice de poluição e desmatamento certamente não são lugares apropriados para a vida e reprodução das borboletas.

Por isso os borboletários são tão atraentes. Lugares propícios para as fases das borboletas (ovo, larva, pupa e adulta). Eles servem também para a manutenção da espécie. Todos os criadores precisam ter uma quantidade registrada e correta de casais para a reprodução, e tudo deve ser feito legalmente.

Os borboletários possuem um laboratório e um espaço com telas. O laboratório serve para a maturação da fase do ovo até a fase da pupa. Depois que nasce a borboleta elas vão para a área das telas.

Veja também

História da Harpia e Origem do Animal

Você já ouviu falar da harpia ? Pois bem, essa ave é o mesmo conhecido …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *