Home / Animais / Borboleta Rosa Comum: Características, Habitat E Fotos

Borboleta Rosa Comum: Características, Habitat E Fotos

É comum encontrar em locais mais distantes de centros urbanos as famosas borboletas. São insetos populares, presentes na cultura popular, é comum que ela seja o inseto preferido de muitas pessoas, por sua beleza exuberante e por seus processos de vida.

A borboleta rosa comum também e conhecida como borboleta-rabo-de-andorinha. Elas vivem no continente asiático e tem uma coloração muito específica. As borboletas em geral, têm afeição das pessoas, isso porque suas cores e formatos, sempre chama atenção e as torna diferente de qualquer outro inseto. Outra coisa que também torna as borboletas atrativas é o fato de que elas não são asquerosas, não são insetos que reviram lixos e nem transmitem doenças. Muito pelo contrário, na cultura popular é comum encontrar significados interessantes para as borboletas.

Borboletas Rosa Comum: Características

Como citamos, as borboletas possuem cores, padrões e formas que fazem com que possamos passar horas analisando sua beleza. A borboleta rosa comum não é diferente, ela possui um padrão único de sua espécie. Elas são lindas, maior parte do seu corpo é preta com algumas pintinhas rosas. Por isso o nome da borboleta rosa comum. Para encontrar facilmente essa espécie é necessário sair do país. Apesar de o Brasil ser um ótimo lugar para a reprodução e vida das borboletas, essa espécie é mais comum no continente asiático em alguns países específicos. Essa borboleta específica não está ameaçada de extinção, ela vive em locais equilibrados ecologicamente e isso contribui muito para sua existência, sobrevivência e reprodução.

Apesar da cor predominante de seu corpo ser preta, elas possuem um padrão estão específicos e também desenhados que são de chamar atenção. Nas extremidades de cada asa elas possuem listras da ponta para o meio, antes de chegar na cauda elas possuem algumas pintas brancas e na extremidade da cauda chegam as pintas rosadas. A parte de cima de seu tórax é preta e a parte de baixo é avermelhada com pintas pretas. Essa borboleta é realmente uma obra de arte. Elas podem chegar às 5 cm de comprimento e 3 cm da ponta de uma das asas à outra.

Borboleta Rosa Comum Características

No geral as borboletas seguem essa mesma média de comprimento, algumas podem ter 1 mm e outras podem chegar a mais de 10 cm. Uma curiosidade sobre os padrões e cores aqui cada borboleta tem uma marca diferente. Ou seja, nunca uma borboleta será exatamente igual a outra funciona do mesmo modo que a digital nos seres humanos. Nunca se repete.

Informações Sobre as Borboletas

Algumas espécies de borboletas podem se diferenciar entre machos e fêmeas. Não é o caso da borboleta rosa comum. Elas são exatamente iguais aos machos. Suas asas tendem a ser aveludadas ao toque humano. Elas não se diferenciam tanto das outras espécies de borboletas. No geral, todas passam pelas fases necessárias de metamorfose da borboleta. Isso significa que um dia, todas as borboletas que existem foram lagartas. Vamos entender melhor sobre esses processos e sobre as fases que a borboleta passa até chegar a fase adulta.

Como acabamos de citar, as borboletas são lagartas adultas. Isso pode não fazer tanto sentido, mas vamos explicar. O início da vida das borboletas é marcado pela fase de ovos. Ou seja, as borboletas são insetos ovíparos. Portanto, elas se alimentam de néctar até estarem prontas e maduras o suficiente para a reprodução. Elas procuram um lugar seguro para colocar seus ovos e de preferência que seja em cima de uma folha rígida e que possa mais para sentir frente servir de fonte de nutrientes para os ovos.

Depois disso vem a fase das famosas lagartas. As lagartas nada mais são do que as larvas no processo de metamorfose das borboletas. A larva ou lagarta tem a função de se alimentar o máximo possível. Toda essa alimentação feroz serve para o acúmulo de energia pois ela passar a um bom tempo enclausurada aguardando a maturação. Essa hibernação será o período em que a próxima fase virar. A fase da pupa.

Essa fase consiste na hibernação total da larva. Um casulo é criado em volta da larva que a protege durante o seu desenvolvimento para a próxima fase que será um inseto adulto. Dentro desse casulo é onde a borboleta vai se desenvolver. De uma simples larva nasceram asas, todo sistema será alterado, E se tornará então uma vela borboleta. Todo esse processo acontece com todas as espécies de lagartas para borboletas. O mesmo acontece com os borboleta rosa comum. Elas precisam passar por esse processo para que se tornem lindas borboletas.

Borboletários

Existem muitas espécies de borboletas que são ameaçadas de extinção. Isso porque as borboletas precisam de ambientes biologicamente equilibrados para sua sobrevivência. Elas não são animais muito resistentes. Facilmente é possível ver que suas asas são frágeis, não possuem muitas estratégias de defesa.

Portanto, muitas vezes as borboletas são utilizadas como um sinal de que a região em que elas estão é uma região de equilíbrio ecológico. Então, se na sua cidade foi possível encontrar muitas borboletas isso significa coisas boas. Além de significados esotéricos, a presença das borboletas em algum lugar significa que o ar está em boa qualidade, amo existem muitas árvores e um ambiente propício e seguro para criação e reprodução de borboletas.

Como isso não é comum, E na verdade o contrário sempre acontece, ou seja, é mais fácil ver aos perceber ausência das borboletas na cidades. Isso por causa da poluição, da má qualidade do ar e da vida selvagem. Portanto, muitas pessoas criam borboletas para a preservação das espécies Ir para proporcionar um local seguro para a reprodução e vida delas. Para um bom criador de borboletas é necessário que tenha no mínimo alguns pares e que a reprodução seja feita de modo legal.

Normalmente, os borboletários contam com um laboratório e um ambiente arborizado e com telas. Assim, dentro do laboratório as borboletas passam pelas suas fases necessárias, desde a fase dos ovos até a fase do casulo. E fora do laboratório, elas vivem durante um mês em média a sua vida normal de borboletas. O ambiente deve ser é muito bem preparado pois elas se alimentam de néctar e precisam da luz do sol.

Veja também

História da Harpia e Origem do Animal

Você já ouviu falar da harpia ? Pois bem, essa ave é o mesmo conhecido …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *