Home / Animais / Barata-de-Faixa-Marrom: Características, Habitat e Fotos

Barata-de-Faixa-Marrom: Características, Habitat e Fotos

Provavelmente, assim como muitas outras pessoas, você deve ter asco (ou um pouco de nojo) de baratas. Talvez, não saiba, no entanto, que existem diversos tipos e espécies desse desagradável inseto soltos pela natureza. Uma dessas espécies é a barata-de-faixa-marrom, que vamos falar mais sobre ela no próximo texto.

Características Básicas

De nome científico Supella longipalpa, a chamada barata-de-faixa-marrom mede de 11 a 14 mm de comprimento quando se torna adulta, sendo que os machos são exemplares um pouco maiores. Originária do continente africano, esse anima pode ser encontrado em qualquer parte do mundo nos dias de hoje. O dorso desses insetos possui 2 listras transversas escuras, e é daí que vem o seu nome popular.

Por sinal, em termos de aparência, essa espécies aqui se parece bastante com a abarata alemã (cujo nome científico é Blattella germanica). Tal semelahnça se dá devido ao porte pequeno de ambas as espécies, e ao formato do corpo. A diferença? A listra transversal, que só está presenta na de faixa marrom.

A coloração de seus exoesqueletos varia entre clara a e marrom, sendo que as fêmeas são mais escuras do que os machos, além de possuírem um abdômen um pouco mais arredondado. As ootecas são uma espécie de estojo onde certos insetos carregam seus ovos. No caso dessa espécie de barata, a fêmea carrega sua ooteca por cerca de 24 ou 36 antes de depositá-las em algum lugar definitivamente. Inclusive, esse estojo que contém os ovos dessa barata pode conter até 16 unidades. A fêmea pode produzir cerca de 18 ootecas em sua vida.

Quanto ao ciclo de vida, essa espécie de barata pode viver entre 90 e 276 dias, com adultos vivendo em média 206 dias. Interessante notar que apenas os machos dessa espécie conseguem var, ao contrário das fêmeas, que não possuem essa capacidade.

Distribuição Geográfica

Muitos acreditam que essa espécie de barata foi transportada de Cuba para os EUA, tendo sido coletada e identificada pela primeira vez por volta de 1903. Além disso, vários registros na Europa dão conta de que esse inseto foi introduzido nesse continente pelas tropas norte-americanas durante a Segunda Guerra Mundial. Na América do Norte como um todo, acredita-se que a barata-de-faixa-marrom esteja em praticamente todos os estados de todos os países, com exceção do Alasca, já que esse ambiente frio é completamente inóspito para elas.

Barata-de-Faixa-Marrom
Barata-de-Faixa-Marrom

Estudos recentes, no entanto, têm comprovado de que a população desse inseto está em declínio nos últimos anos, sendo relativamente pouco encontrada por cientistas, em comparação a outras espécies domésticas, como é o casa da barata alemã, por exemplo.

No ano de 1948, inclusive, essa espécie de barata se tornou a principal praga doméstica no Havaí. No entanto, mais de três décadas depois, era a barata alemã a principal praga encontrada naquele lugar, sendo 23 vezes mais abundante do que a (outrora onipresente) barata-de-faixa-marrom.

Habitat Natural

Basicamente, essa barata gosta de locais que sejam quentes, tendo preferência por lugares que estejam acima dos 27°C. Ou seja, aquelas frestas na parede ou aqueles entulhos no quintal são lugares perfeitos para esses insetos fixarem morada.

Além disso, essa espécie de barata pode ser facilmente encontrada em interruptores elétricos, base de mobílias, prateleiras e armários em geral. Tudo que seja um esconderijo em potencial. Sendo quente, é o ideal para esse inseto.

Não é à toa, por exemplo, que esse animal também é chamado de “barata dos móveis”, já que ela tem uma predileção especial por esses utensílios domésticos, especialmente, aqueles que possuam algum tipo de alimento.

Portanto, se o lixo de uma casa for aberto, ou tiver alimentos à disposição desses inseto, será o ambiente ideal para ele se proliferar.

Ciclo de Vida

A vida dessa espécie de barata começa nos ovos. Estes, por sua vez, estão nas já mencionadas oostecas, os estojos onde eles são armazenados. Cerca de apenas 13 ou 14% dos ovos eclodem, dando origem a um estágio intermediário desse animal, que é a ninfa.

Um dos fatores que vai determinar o tempo entre o desenvolvimento de ninfa para a fase adulta é justamente a temperatura. Quanto maior ela for, menor vai sr o tempo de ninfa, e maior o tempo de vida na fase adulta.

Geralmente, dentro de algumas semanas, a barata-de-faixa-marrom adulta já está plenamente formada, e viverá por mais algumas semanas, inciando novamente o mesmo ciclo, caso o ambiente lhe seja favorável, com fendas numa parede, cantos de armários, ou simplesmente qualquer outro lugar onde a fêmea possa depositar mais ovos.

E é por questões assim que combater esse inseto quando ele vira uma praga é complicado, mas, ensinaremos a seguir como lidar com uma situação desagradável dessas.

Risco à Saúde e Controle como Praga

Baratas domésticas em geral (e não apenas essa espécie aqui), muitas vezes, comportam-se como verdadeiras pragas, colocando em risco a saúde das pessoas, visto que esses insetos são vetores de inúmeras doenças.

Pra se ter uma ideia, são essas baratas uma das principais fontes alergênicas, ou seja, que provocando toda sorte de alergias nas pessoas, especialmente quando elas têm asma. Essas alergias, geralmente, são causadas por peles e excrementos dessas baratas, podendo causar espirros, e irritação na pele e nos olhos.

Para poder combater de maneira eficaz a infestação desse inseto em sua casa, é necessário, primeiro, identificar se a espécie é mesmo a barata-de-faixa-marrom. Abordagem de manejos integrados de pragas em ambientes fechados é uma das melhores alternativas.

Importante salientar mais uma vez que esses insetos gostam de locais quentes, como festas na parede e interruptores. O mais recomendável, portanto, é tetar obstruir esses possíveis esconderijos. Usar perto desses locais armadilhas com iscas também ajuda bastante. O ideal é renovar as iscas das armadilhas mensalmente até que a população desses insetos diminua.

Caso a infestação seja intensa, pesticidas podem ser úteis de alguma forma. Nesse caso, o que se recomenda é uma mistura de inseticida liquido com reguladores, como hidroprene ou mesmo piriproxifeno. Essa mistura precisa ser colocada nas fendas e frestas da parede da casa. Lembrando que é imprescindível seguir as orientações de cada produto usado para que a sua eficácia seja a maior possível.

Veja também

Como Cuidar de um Bull Terrier Filhote: Cuidados e Doenças

Os primeiros exemplares do Bull Terrier eram todos brancos e se originaram na Grã-Bretanha por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *