Home / Animais / Babuíno-da-Guiné: Características, Nome Cientifico e Fotos

Babuíno-da-Guiné: Características, Nome Cientifico e Fotos

Os babuínos são animais muito temidos e ao mesmo tempo valorizados pela humanidade. Isso porque nós temos uma relação biológica muito próxima com esses animais, e eles também costumam ser extremamente inteligentes.

O que muitos não sabem, é que existe uma grande quantidade de espécies de babuínos pelo mundo todo, seja do Novo ou Velho Mundo. No post de hoje, iremos falar um pouco mais sobre o Babuíno da Guiné. Contaremos suas características gerais, classificação e nome científico. Tudo isso com fotos! Continue lendo para aprender mais sobre.

Classificação e nome científico do Babuíno da Guiné

  • Reino: Animalia (animal);
  • Filo: Chordata (cordado);
  • Classe: Animalia (animal);
  • Ordem: Primates (primata);
  • Família: Cercopithecidae;
  • Gênero: Papio;
  • Espécie, nome binominal nome científico: Papio papio.
Papio Papio

Características Gerais do Babuíno da Guiné

O babuíno da guiné é uma espécie de macaco do Velho Mundo. Existe uma certa briga entre os cientistas em relação às classificações dos babuínos do gênero Papio. Para alguns, somente existem duas espécies nele, a Papio papio e a Papio hamadryas. Em todas elas, acreditam que qualquer outra espécie de babuíno na verdade é uma subespécie do Papio papio, ou do babuíno da Guiné. É uma espécie que habita uma área da parte ocidental da África. Pode ser vista na Guiné, por isso o nome, mas também em Mali, Gâmbia, Senegal e no sul de Mauritânia. A Guiné é o lugar que ele está mais presente, e também é protegido por reservas naturais. Seu habitat natural são florestas secas, de galeria ou em estepes.

As características físicas desse babuíno são bem comuns na verdade. Entretanto, há diferenças claras. O Papio papio é considerado pequeno, em consideração aos outros parentes, apesar de não se ter muita divulgação de qual é exatamente os tamanhos variáveis deles. Acredita-se que eles tenham um pouco mais de um metro de comprimento no total, com uma cauda curta, medindo em torno de 70 centímetros de comprimento.

Em peso, ficam em torno de 13 e 26 quilogramas, sendo o macho levemente maior que a fêmea. Sua pelagem possui uma coloração marrom avermelhada, mas há uma certa diferença dependendo do local em que ele vive. Alguns indivíduos da parte oeste, costumam ter uma pelagem mais clara e avermelhada, enquanto que as que habitam o leste, são mais escuras e marrom. Uma distinção entre o babuíno da Guiné e outros babuínos, é que eles possuem uma coloração constante em todo o corpo. Há uma diferença aparentemente entre a pelagem dos filhotes e dos adultos, mas não foi explorada ainda.

Sua pele tem a cor preta ou de um violeta escura, e a face normalmente é sem pelos. Os poucos pelos que possui, têm uma coloração mais rosada e clara. A pele das fêmeas na parte genital costuma mudar de cor, dependendo da idade dela e também da condição de reprodução. Ao redor do pescoço dos machos, eles costumam ter uma espécie de juba ali. O focinho do babuíno é muito parecido com o de um cão. Possuem 32 dentes caninos, e nos machos eles costumam ser mais largos, e com algumas mudanças genéticas. Nos membros, ele possui algumas modificações também, que faz com que ele consiga andar por grandes distâncias pelo solo.

O babuíno da Guiné possui hábitos diurnos, ou seja, dorme de noite e é ativo de dia. Também é um animal terrestre, se locomovendo normalmente pelo solo, mas dorme nas árvores. Costumam viver em bandos, que podem ser pequenos com alguns indivíduos – entre 10 e 20-, ou chegar em até 200 indivíduos. Tudo depende muito das condições do ambiente. Nele, há uma hierarquia de dominância, sendo sempre machos a dominar e cuidar dos grupos.

Para ajudar a manter hierarquia, os machos costumam bocejar para mostrar os grandes dentes e ameaçar qualquer adversário que estiver por perto. Viver em bandos é ideal para conseguir se proteger contra os seus maiores predadores naturais, como o leão e a hiena. Para se comunicar, utilizam de uma variedade enorme de vocalizações para se entender. Assim como também usam de interações físicas, que permitem alertar outros babuínos da presença de predadores. O mais interessante é visualizar como as expressões faciais, limpeza do pelo de outro babuíno ou catação de parasitas do outro corpo são formas únicas de conversação.

Os Papio papio possuem uma dieta onívora, e se alimentam desde frutas, sementes, grãos, folhas e raízes até insetos e alguns pequenos vertebrados. Isso faz com que eles consigam se adaptar nos mais variados cenários e habitats, que não tenham tanta disponibilidade de alimento. Infelizmente o babuíno da Guiné está entrando em processo de extinção, e está na lista da IUCN como “quase ameaçado”. Isso ocorre por vários motivos, tais como: uma distribuição geográfica bastante restrita; a perda e destruição de seu habitat natural; envenenamento, pelos humanos e outros. Na natureza, sua expectativa de vida é entre 35 e 45 anos. Acredita-se que possam viver mais em cativeiros, mas não há confirmações científicas quanto a isso.

A reprodução desse animal também não é muito conhecida. Sabe-se que no período de acasalamento, as fêmeas ficam com um inchaço na parte genital, que é como um aviso para o macho dominante do grupo que ela está pronta para o acasalamento. Normalmente, a fêmea dá luz a um único filhote, durante um período de gestação que dura seis meses. Assim que nasce, o filhote fica grudado ao pelo da fêmea pelos primeiros dias de vida, mas logo se separam, ainda em cuidado da mãe. Se o filhote for macho, assim que ele alcançar sua maturidade sexual, ele é expulso do bando para encontrar o seu próprio. Já a fêmea pode continuar sua vida com o grupo original.

Fotos do Babuíno da Guiné

Veja a seguir algumas fotos do babuíno da guiné e suas características. Ele em seu habitat natural.

Esperamos que o post tenha te ajudado a entender e aprender um pouco mais sobre o babuíno da guiné, suas características gerais, nome e classificação científica e muito mais. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em ajudá-los. Você pode ler mais sobre babuínos e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Cabra Treinada

Qual a Diferença Entre Caprinos e Ovinos ?

Os caprinos pertencem ao gênero taxonômico Capra, ao passo que os ovinos pertencem ao gênero …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *