Home / Animais / Arquétipo Do Camelo Com Simbologia E Significado Espiritual

Arquétipo Do Camelo Com Simbologia E Significado Espiritual

Existem tantos animais no mundo inteiro, há tantos anos, que é quase impossível conseguir nomear e identificar cada um deles.

Mais difícil ainda é conhecer as características, origens e significados de cada um deles, mas não é impossível.

Alguns animais são mais antigos do que outros, é claro, e se comportam também de maneiras diferentes, além de possuírem funções diferentes ao longo dos anos.

Nesse texto, iremos falar sobre os camelos, animais muito famosos e conhecidos por diversas pessoas, e que aparecem em diversos filmes, séries, documentários e programas de TV.

Os camelos são animais muito antigos, e o seu legado permanece ainda hoje muito forte em vários aspectos, seja ele cultural, religioso ou natural.

Mas muitas pessoas não conhecem as principais características desse animal, nem mesmo sua história e origem.

E é por causa desse desconhecimento que várias lendas, mitos e boatos foram sendo criados em torno dos camelos.

No entanto, o acesso a internet atualmente é tão fácil e intuitivo que a busca por mais informações sobre os camelos tem aumentado.

Hoje, iremos falar sobre o arquétipo do camelo com sua simbologia e também sobre seu significado espiritual e religioso.

Características

Dentro do gênero conhecido como Camelus há duas espécies principais, são elas: o dromedário e o camelo-bactriano.

Essas duas espécies possuem muitas coisas em comum, e é normal que as pessoas se confundam. As duas possuem um par de dedos em suas patas, que são muito bem adaptadas para o solo arenoso que costumam andar, e conseguem viver longos períodos sem água ou comida.

No entanto, há diferenças quando falamos sobre o número de corcova, sobre a altura e comprimento, sobre o tipo de pelagem, e por fim, sobre onde vivem.

Primeiro, o camelo possui duas corcovas, diferente do dromedário que possui apenas uma. Diversas lendas contam que o camelo consegue armazenar a água dentro dessas duas corcovas.

Mas não é bem assim que funciona. Na verdade, a água é armazenada na sua corrente sanguínea, e graças aos glóbulos brancos, a quantidade de água pode aumentar em até 250 vezes, e isso faz com que o camelo consiga sobreviver vários dias sem água.

Os pelos dos camelos são considerados longos, vistosos e também muito quentes, para sobreviver aos invernos. Os pelos se encontram principalmente na região da coxa, na cabeça e também na garupa.

O camelo mede cerca de até 3 metros em seu comprimento, com mais 50 cm de cauda, e sua altura, em alguns casos, pode chegar a 2 metros. Ele pesa cerca de 450 até 690 quilos.

Origem

O principal ancestral conhecido do camelo vivia na América do Norte cerca de 40 ou 50 milhões de anos atrás, durante um período conhecido como eoceno, e seu nome era Protilopus.

Com o passar dos anos, esse animal foi evoluindo, e dando origem a outros animais, que cada vez mais se pareciam com os camelos que conhecemos atualmente.

Essas variedades começaram a viver em diferentes locais do planeta Terra, e o camelo é encontrado, atualmente, em regiões da Ásia, como China e Mongólia.

Durante muitos e muitos anos os camelos serviram como principal meio de transporte para os humanos, e foi graças a ele, que muitos avanços econômicos, científicos e também culturais foram conquistados.

Há cerca de 20 mil anos atrás, os camelos foram domesticados, e hoje vivem principalmente com famílias, e o seu leite e carne podem ser consumidos.

No entanto, essa espécie vive em um perigo muito grande de extinção, e o camelo pode ser encontrado em sua forma selvagem em alguns desertos de Gobi, que fica entre a Mongólia e a China.

Simbologia Espiritual E Religiosa

Muitas culturas e muitas religiões possuem sérias proibições, regras e permissões quando se trata de carnes de animais.

Na religião muçulmana, por exemplo, o consumo da carne de camelo é considerado “halal”, ou seja, é permitido.

No entanto, assim como outras religiões, existem algumas variações do islamismo, e em uma delas, o consumo de carne de camelo pode provar um intenso estado de impureza na pessoa que consumiu.

Algumas outras escolas islâmicas, ainda, dizem que o consumo de carne de camelo é totalmente proibido, mas que a urina pode ser usada para tratamentos médicos, mas nunca ingerida.

Os textos, profecias, mitos e ensinamentos dessa religião possuem diversas diferenças, e enquanto em algumas escolas o camelo é permitido, outras não são.

Ilustração de um Camelo Com dois Muçulmanos
Ilustração de um Camelo Com dois Muçulmanos

Já na religião judaica, a carne e o leito do camelo são alimentos considerados “não kosher”, ou seja, são proibidos.

Para um alimento ser considerado kosher, ele precisa seguir dois critérios: ruminarem e possuírem casco fedido. O camelo, possui apenas um, que seria a ruminação. Então, ele é totalmente proibido.

Em alguns locais, no entanto, o consumo da carne e do leite do camelo são totalmente permitidos, e não seguem muitas leis religiosas ou culturais.

Simbologia Cultural E Arquétipo Do Camelo

Linda Foto de um Camelo em Um Menino Muçulmano
Linda Foto de um Camelo em Um Menino Muçulmano

O camelo possui um simbolismo muito grande na imaginação das pessoas, e normalmente, ele é muito ligado ao significado de viajar.

Por conseguirem passar dias nos desertos, e horas caminhando, quando se pensa em viagem, ou em aventuras, logo a imagem de um camelo andando pelo deserto já vem à cabeça.

Além disso, os camelos também possuem a incrível capacidade de armazenar água e gordura, e isso nos lembra que devemos sempre ser perseverantes, corajosos e que sempre estão pensando no longo prazo.

Existem, também, o que chamamos de animais do poder. Ou seja, o animal do poder é um arquétipo que pode se manifestar de forma simbólica, ou como uma manifestação das forças interiores.

Essa manifestação irá servir como um guia, um mentor, e também como uma energia, e ela pode representar o nosso comportamento ou personalidade.

No dia a dia, esse arquétipo pode se manifestar em algum momento que estamos vivendo, ou servir como um alerta sobre mudanças que são necessárias em nossas vidas.

Cada animal possui seu arquétipo, e com o camelo não seria diferente. Seguindo essa linha, o camelo possui o arquétipo da tolerância. Através dele, é possível quebra a própria resistência que impomos em nós e curtir mais a vida. Ele pode ser evocado também para administrar os nossos recursos e para termos mais paciência.

E você, já sabia tudo isso sobre os camelos? Deixe nos comentários o que achou.

Veja também

Dois Golfinhos-De-Commerson

Golfinho-De-Commerson: Características, Nome Científico e Fotos

Os golfinhos são conhecidos por serem animais amigáveis, belos e brincalhões. Neste artigo, conheça as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *