Home / Animais / Arara Fala ou Não? Quais Espécies? Como Ensinar?

Arara Fala ou Não? Quais Espécies? Como Ensinar?

Muitas pessoas confundem arara com papagaio. Este último, inclusive, consegue imitar, à perfeição, a voz humana. Mas, você sabia que algumas espécies de araras também são capazes de fazer isso? E, que elas podem ser ensinadas a “falarem”? Tudo bem que essa habilidade não é tão bem desenvolvida como na maioria dos papagaios, mas é perfeitamente possível.

E, é isso que abordaremos messe texto.

Por Que as Aves Imitadoras “Falam”?

Pesquisas recentes detectaram um aspecto interessante nesse tipo de ave que consegue “imitar a voz humana”. Elas descobriram uma região específica no cérebro desses pássaros que pode ser responsável pelo aprendizado dos sons que escutam e, por conseguinte, imitam. As aves estudadas nessa pesquisa foram periquitos-australianos, calopsitas, pássaros-namorados, araras, amazonas, papagaios-do-congo e papagaios-da-nova-zelândia.

Essa área cerebral é dividida em duas metades iguais, que, por sua vez, são subdividas em um núcleo e uma espécie de invólucro de cada um dos lados. As espécies com maiores habilidades vocais possuem, justamente, invólucros mais bem desenvolvidos do que outras. A hipótese levantada pelos pesquisadores é a seguinte: é graças à duplicação dessa região que ocorre a habilidade de fala dessas aves.

Antigamente, essas estruturas cerebrais das aves eram conhecidas, mas somente recentemente elas foram associadas à capacidade de imitação de sons.

“Falou Pouco, mas Falou Bonito”!

Ao contrário dos papagaios, que podem ser exímios imitadores da fala humana, as araras, assim como as cacatuas, raramente conseguem ir além de que meia dúzia de palavras que aprendem na convivência cotidiana com os seres humanos.

E, essa capacidade das araras só é possível porque elas fazem parte de uma família de aves (os Psitacídeos), onde uma das características básicas é essa possibilidade de imitar a voz humana. Só lembrando que praticamente todas as aves possuem a capacidade de imitar sons que ouvem, mas apenas os Psitacídeos conseguem a proeza de reproduzir a nossa fala.

Um Pouco Mais a Respeito dos Psitacídeos

Os Psitacídeos são conhecidos por serem ótimos animais de estimação e companhia, e não é à toa que fazem parte de um dos grupos de pássaros mais inteligentes que temos na natureza. Uma das coisas, inclusive, que chama bastante a atenção é que elas possuem um tempo de vida relativamente longo, com as de maior porte podendo chegar aos 80 anos.

Outros atributos marcantes nessa família é que as aves pertencentes a ela possuem uma visão bastante apurada, além de terem bicos altos e curvados, bem como uma planta do pé curta, mas articulada, o que ajuda na sustentação do corpo e na manutenção de alimentos.

Pelo fato de terem lindas e exuberantes plumagens, foram, sistematicamente, caçados para o comércio ilegal, o que fez com que muitas espécies ficassem na crítica situação de estarem ameaçadas de extinção, como é o caso das araras e dos papagaios.

Existe Alguma Diferença Entre Arara e Papagaio?

De um modo geral, o que aproxima a arara do papagaio é o fato de que ambos pertencem à mesma família, e, por isso, compartilharem determinadas características. Porém, existem algumas diferenças bem nítidas entre um e outro.

Por exemplo: enquanto que as araras conseguem emitir ruídos altos, os papagaios usam mais a sua voz para repetir o que ouvem, em um tom mais mediano, “falando” muito bem, inclusive. Não que as araras não “falem”, como mencionando anteriormente. Só que, no caso delas, é bem mais complicado repetirem o que escutam.

Outra característica que diferencia ambas as aves é que, enquanto o papagaio se afeiçoa a um único dono, as araras não são tão sociáveis assim, podendo, até mesmo, ser agressivas com estranhos.

Já, em termos físicos, as araras são maiores e mais coloridas, tendo uma cauda mais longa e fina do que a dos papagaios.

Como “Ensinar” Uma Arara e “Falar”?

Como já dito antes, ao contrário do papagaio, a arara tem um pouco mais de dificuldade em falar, mas, é possível estimulá-la. Você pode fazer isso através de exercícios práticos. Por exemplo: faça um teste e descubra quais palavras o seu bichinho responde melhor. “Olá”, “Tchau” e “Noite” podem ser algumas das possibilidades. Nesse caso, é preciso paciência para ir fazendo as tentativas e eliminando as possibilidades.

Coloque entusiasmo e ênfase quando for dizer as palavras repetidamente para a arara, chamando a atenção da ave. Mostre bastante alegria, pois isso será um incentivo, e observe ela tentando imitar as palavras. As que ela conseguir, use como parte do “treinamento”.

Daí, o que precisa ser feito é uma repetição constante dessa palavra (ou palavras) que melhor a arara consegue imitar. Preferencialmente, separe algumas guloseimas (frutas, por exemplo) como um incentivo. Gravações também podem funcionar, mas não é muito recomendado, pois o ideal é a interação entre humano e ave.

Homem Ensinando Arara a Falar
Homem Ensinando Arara a Falar

Porém, é preciso ter em mente mais uma vez: é necessário ter paciência. Algumas dessas aves demoram meses, e até anos para conseguirem uma imitação adequada (isso quando conseguem). Uma dica é que se as palavras estiverem muito difíceis de serem aprendidas, tente outros sons, como assobios.

As Espécies Mais Representativas de Araras

Dentre as mais significativas espécies de araras, algumas se destacam, não somente por conta de sua inteligência (o que inclui terem mais facilidade para imitar a voz humana), como também estão entre as mais exuberantes do tipo.

Uma delas á a arara Canindé, que também é chamada de arara azul, e que pode ser encontrada em toda a bacia Amazônica, bem como nos rios Paraguai e Paraná. Gosta de se manter em grupos de muitos indivíduos (até 30, pelo menos), e praticamente não há diferenças físicas entre machos e fêmeas.

Outra que merece ser mencionada é a araracanga, também chamada de arara Macau, e que é uma das maiores de sua família. É também uma das mais coloridas, num misto de vermelho, amarelo, azul, verde e branco. É uma das araras mais sociáveis que existem, e possui hábitos diurnos, também formando grandes grupos de indivíduos, com o intuito de procurarem comida, protegerem-se e dormirem mais abrigados.

Pois é, agora que já sabe que é possível uma arara falar, você pode tentar através das dicas dadas aqui neste texto. Certamente, será uma experiência gratificante.

Veja também

O Que são Fungos Demáceos? E Os Dimórficos?

O homem está constantemente exposto a fungos. A maioria tolera essa exposição sem consequências enquanto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *