Home / Animais / Aranha Portia é Venenosa? Características e Nome Científico

Aranha Portia é Venenosa? Características e Nome Científico

As aranhas portia na verdade são várias espécies pertencentes ao mesmo gênero taxonômico. São conhecidas pelo seu movimento de saltar (ou de catapultar-se sobre a presa) característico, o que torna a sua estratégia de caça ainda mais elaborada.

O gênero Portia foi definido no ano de 1878, através do pesquisador Friedrich Karsch, e abriga 17 espécies, que podem ser encontradas em locais como a China, Malásia, Madagascar, Mianmar, Nepal, Índia, Vietnã, Filipinas, Sri Lanka e Taiwan. Essas espécies possuem uma expectativa de vida estimada em 1,5 anos.

Neste artigo, você conhecerá importantes características sobre essas aranhas, sua estratégia de caça e percepção sensorial. A característica saltadora é comum às aranhas do gênero, mas será que essas espécies também são consideradas venenosas? Essa dúvida também será respondida ao longo da leitura do texto abaixo.

Então venha conosco, e tenha uma excelente e produtiva leitura.

Aranha Portia Sequência de Classificação Taxonômica

Antes de chegar ao gênero Portia, há uma sequência hierárquica de classificação científica definida por:

Reino: Animalia;

Filo: Arthropoda;

Subfilo: Chelicerata;

Classe: Aracnideae;

Ordem: Araneae;

Infra-ordem: Araneomorphae;

Família: Salticidae;

Gênero: Portia.

Aranha Portia Nome Científico de Algumas Espécies

Algumas espécies de aranha portia incluem a Portia africana, espécie endêmica na porção Oeste e Central da África (com destaque para o Quênia); a Portia albimana, encontrada na faixa que se estende da Índia ao Vietnã; a Portia assamensis, comum entre a Índia e Malásia; a Portia crassipalpis, encontrada em países como a Singapura e Bornéu; a Portia fimbriata, endêmica no Nepal, Sri Lanka, Taiwan e Austrália; a Portia heteroidea, encontrada na China; a Portia hoggi, comum no Vietnã; a Portia jianfeng, cuja localização se restringe ao território chinês; a Portia labiata, encontrada entre o Sri Lanka e as Filipinas; a Portia orientalis, encontrada em Hong Kong; a Portia quei, endêmica na China e no Vietnã; a Portia schultzi, espécie no contimente africano, mais precisamente em áreas como a porção central, porção leste, Madagascar e África Austral; a Portia strandi, encontrada na Etiópia; a Portia taiwanica, a qual, conforme o nome sugere, pode ser encontrada em Taiwan; e, por fim, a Portia songi, Portia wui e Portia zhaoi, todas as três endêmicas na China, assim como boa parte das aranhas do gênero.

Aranha Portia Características Físicas

Aranha Portia Fotografada de Perto
Aranha Portia Fotografada de Perto

No quesito comprimento corporal, essas aranhas são consideradas relativamente pequenas. As fêmeas possuem comprimento corporal estimado em 5 a 10 milímetros; ao passo que, no caso do macho, esses valores atingem a média de 5 a 7 milímetros.

Os olhos dessas aranhas são complexos e possibilitam uma acuidade espacial fantástica. Ao todo são 8 olhos, no entanto há 3 pares de ‘olhos secundários posicionados ao longo do cefalotórax que proporcionam um importante complemento ao campo de visão (o qual pode atingir até 360°C). Os olhos principais são um par de olhos medianos anteriores voltados para a frente, os quais são adaptados à visão de cores e à acuidade espacial. A cor desses olhos principais pode variar de vermelho à ultra-violeta.

Mesmo com o complexo mecanismo proporcionado pelos olhos, a aranha portia leva um tempo relativamente longo para conseguir ver objetos, visto que a obtenção de imagens através de olhos tão pequenos quanto o dela é um processo que demanda muita digitalização. Com a demora do processo, esta aranha fica vulnerável a predadores maiores, ou melhor, muito maiores, assim como pássaros e sapos.

Aranha Portia é Venenosa? Como Funciona a Sua Estratégia de Caça

A aranha de portia não é venenosa. Para capturar a presa, a principal estratégia de caça utilizada é o mimetismo, ou seja, elas ficam imóveis na teia confundindo-se com fragmentos de folhas. Quando essas presas estão aderidas na teia, e próximas o suficiente para que sejam mordidas, a aranha portia se lança em sua direção.

É importante considerar que, apesar de algumas características genéricas, há técnicas de caça específicas e instintivas para as presas mais comuns.

No caso de presas consideradas perigosas, a aranha portia pode fazer desvios a fim de encontrar o melhor ângulo de ataque. Alguns desses desvios podem levar até mesmo uma hora de duração.

Uma curiosidade é que o cérebro desses animais é consideravelmente menor do que o cérebro dos predadores mamíferos, logo os ‘problemas’ táticos são solucionados com um pouco mais de lentidão.

A presa favorita das aranhas portias é formada pelas chamadas “aranhas construtoras de teia”, as quais podem apresentar entre 10 a 200% do tamanho da pórtia. Uma boa estratégia para atrair essas presas costuma ser emitir sinais de vibração na teia que imitem a luta de um inseto capturado.

Aranha Portia Reprodução

A estratégia de acasalamento adotado pelos machos da aranha portia é diferente da estratégia adotada por outras aranhas saltadoras, estratégia na qual os machos montam as fêmeas e, no caso da portia.

O macho da aranha portia mostra as suas pernas, as estica de forma rígida e as sacode de modo a chamar a atenção da fêmea. Em seguida, o macho monta a fêmea de modo habitual, no entanto, a fêmea solta uma linha de reboque e acasala no ar. As aranha portia apresenta a peculiaridade de poder acasalar fora ou dentro da teia.

O canibalismo, antes ou após a cópula, é uma prática frequentemente realizada pelas fêmeas.  Quando o macho é morto antes da cópula, o esperma é removido e o macho é comido em seguida.

Filhote de Aranha Portia se Alimentando
Filhote de Aranha Portia se Alimentando

Aranha Portia Características da Movimentação

Há uma postura muito peculiar adotada por essas aranhas, quando elas não estão não estão caçando ou acasalando, é a chamada “postura de repouso enigmática”, na qual as suas pernas são puxadas para próximo ao corpo, enquanto que os seus palpos são puxados para o lado das quelíceras. Essa disposição das pernas e palpos obscurece o contorno dos apêndices.

Durante a caminhada, a maioria das espécies de pórtia exibe uma marcha lenta e pausada, fator que colabora com a sua necessidade de discrição no ambiente. Na caminhada e nos intervalos regulares também ocorrem movimentos como a agitação contínua das pernas e a agitação dos palpos para cima e para baixo.

*

Depois de conhecer muitas e importantes informações sobre a aranha portia, o convite é para que continue conosco e visite também outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Atila. A aranha mais nerd. Disponível em: < http://scienceblogs.com.br/rainha/2013/01/aranha-ner/>;

Wikipédia in English. Portia (Spider). Disponível em: < https://en.wikipedia.org/wiki/Portia_(spider)>.

Veja também

Rottweiler Marrom: Caraterísticas, Comportamento e Fotos

A definição mais comum do Rottweiler – Um cachorrão com cara de mau. Seus criadores …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *