Home / Animais / Animais Marinhos Com a Letra Q

Animais Marinhos Com a Letra Q

Podemos chamar de animais marinhos todos aqueles animais que ao longo da vida vivem apenas ou principalmente no mar. É importante entendermos que nem todos os animais que tem a água como habitat natural vivem no mar, isso porque a água do mar é salgada e muitas espécies não se acostumam com esse ambiente e conseguem viver apenas na água doce.

Os animais marinhos muitas vezes acabam ficando um pouco esquecidos pelas pessoas; isso porque eles estão distantes de nós no dia a dia e não podem ser domesticados como nossos cachorros e gatos. Porém, eles ainda assim são extremamente interessantes e muito estudados pela Ciência, além de possuírem uma grande importância para todo o ecossistema terrestre.

Portanto, no artigo de hoje iremos listar especificamente os animais marinhos que possuem nome (popular ou científico) iniciando com a letra Q. Assim, você pode ir estudando esses animais por ordem alfabética, deixando o estudo muito mais organizado e interessante!

Quimera

Na mitologia grega, a Quimera é um ser híbrido que tem a habilidade de soltar chamas pelas narinas. Porém, na vida real ela é um peixe que tem sua evolução relacionada à do tubarão e da raia. A quimera pode ser encontrada em grande quantidade em águas frias, e sendo mais específico, no fundo do mar – principalmente na zona abissal (área muito escura e fria do mar).

Por viver no fundo do mar, a quimera pode ser um peixe um pouco diferente do convencional: ela não possui escamas e o seu maxilar superior é junto ao seu crânio; esse maxilar possui apenas seis dentes, que são utilizados na hora de se alimentar de outros peixes e invertebrados.

Uma curiosidade é que existe muito misticismo ao redor da figura da quimera e isso acontece por alguns motivos: a relação do nome com o personagem mitológico, o local em que a quimera vive e a quantidade mínima de informações que existem sobre o animal. Por isso, vamos ficar aguardando mais notícias sobre a quimera e seus mistérios!

Quahog

O Quahog é um molusco (da espécie Arctica islandica) que teve sua origem no Atlântico Norte. Ele é encontrado dentro das conchas em que habita e é um animal extremamente antigo e resistente à ação do tempo e às mudanças externas em seu habitat. Isso porque no ano de 2006 pesquisadores encontraram um Quahog que possuía mais de 500 anos de idade, e ele provavelmente ainda viveria por muito mais tempo se não tivesse sido pego para ser utilizado em pesquisas.

Apesar de muito antigos, não se sabe ainda muitas informações sobre os Quahog e quais os seus hábitos; já que eles são extremamente pequenos e acabam sendo esquecidos entre toda a dimensão e variedade de animais que existem no mar. Porém, é sempre bom lembrar: quando você pegar uma concha na praia, pode ser que esteja com um pequeno Quahog na mão!

Queensland Blenny

O Queensland Blenny é um peixe da espécie Ecsenius mandibularis muito conhecido ao longo de todo o território da Austrália. Se trata de um animal marinho que possui corpo pequeno (para os parâmetros marinhos) e branco levemente transparente; sendo que sua cabeço possui um tom mais puxado para a cor roxa e seus olhos são pretos com detalhes em branco, dando um grande contraste.

É interessante lembrar que além de ser um animal marinho, o Queensland Blenny tem como seu habitat natural um local específico da Austrália: A grande barreira australiana de corais, localizada em Queensland. Isso acabou dando uma mair visibilidade para a espécie, já que o local é foco de holofotes e pesquisas científicas durante todo o ano.

Quillfish

O peixe quillfish (da espécie Ptilichthys goodei) é a única espécie de peixe do gênero Ptilichthys conhecida até os dias de hoje. Ainda não se conhece muito sobre esse animal, mas sabe-se que seu corpo é alongado e pode chegar a medir 35 centímetros. Sua região nativa é o Oceano Pacífico, mais especificamente desde o mar de Bering até Oregon.

Algo muito interessante a se comentar é como o Quillfish foi descoberto por pesquisadores de maneira despretensiosa e inusitada: ele foi encontrado no estômago de um salmão jovem, sendo que seu corpo ocupava 82% do corpo de seu predador. Após essa descoberta, o peixe também já foi visto outras vezes nadando na superfície do mar durante a noite, já que ele é atraído pelas luzes dos barcos e ela é bem mais forte na superfície.

Como já dissemos, ainda não se sabe muito sobre os hábitos do Quillfish, mas é de conhecimento dos cientistas que, apesar de ser um animal de hábitos principalmente marinhos, ele também consegue passar algum tempo na areia; inclusive fazendo pequenas escavações para se alimentar de animais menores ou ficar escondido na hora de atacar.

O Cuidado Com Os Animais Marinhos

É muito importante ressaltarmos que o mar é basicamente uma terra sem lei: as espécies que o habitam são infinitas e tudo o que descartamos no mundo acaba indo parar nessas águas de alguma maneira. Por isso, é de extrema importância que as pessoas se conscientizem na hora de jogar lixo de forma descontrolada ou utilizar muitos materiais como o plástico sem que haja necessidade; não existe um local para o qual nós mandamos o lixo, todo o lixo que descartamos continua no planeta Terra, nós apenas não o vemos mais.

Portanto, na hora de utilizar plástico é interessante que você se lembre de todos os animais que viu aqui no Mundo Ecologia e perceba que nós dividimos o mundo com eles! É obrigação do ser humano cuidar do meio ambiente para que todos possam viver nele em harmonia; portanto, faça a sua parte e proteja também os animais marinhos com letra Q que mencionamos nesse artigo, com certeza com o passar dos anos todos perceberemos as diferenças e ficaremos gratos.

Gostou de estudar os animais por ordem alfabética e quer continuar seguindo por meio desse método? Sem problemas, nós te ajudamos a continuar essa lista! Leia também: Animais marinhos com a letra R e amplie ainda mais seus conhecimentos!

Veja também

Galinha Modern Game: Características, Ovos, Como Criar e Fotos

Não, não estamos falando de um joguinho de vídeo game, e nem de algum novo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *