Home / Animais / Alimentação Do Sagui: O Que Ele Come?

Alimentação Do Sagui: O Que Ele Come?

O sagui é um dos tipos de macaco mais populares em praticamente todos os continentes do planeta. De pequeno ou médio porte, são primatas ágeis, ativos e saltitantes. Por isso, precisam de uma alimentação completa em nutrientes.

Quer saber sobre a Alimentação do sagui: o que ele come? Acompanhe-nos e conheça tudo sobre as necessidades alimentares desses primatas e muitas outras informações e curiosidades!

Alimentação Do Sagui: O Que Ele Come?

Os saguis, em geral, ainda que existam x de espécies desses primatas, se alimentam basicamente de seivas de plantas e árvores (conhecidas também como exsudatos), de frutos e de vegetais. No entanto, o sagui também necessita de proteína animal e se alimenta, assim, de pequenas quantidades de animais invertebrados e insetos.

Em relação a quantidade de nutrientes que um sagui jovem ou adulto necessita, leva-se em consideração os seguintes percentuais:

  • 45% de exsudatos (seiva);
  • 35% de frutas;
  • 15% de proteína animal (insetos, invertebrados, larvas, ovos, etc);
  • 5% de outros nutrientes (líquido, sementes, fibras, entre outros).

A alimentação balanceada dos saguis é de extrema importância, já que eles são primatas bastante ativos e ágeis.

Classificação Científica do Sagui

A classificação científica oficial do sagui, de acordo com Gray, 1821, é:

  • Reino: Animalia
  • Filo: Chordata
  • Classe: Mammalia
  • Infraclasse: Placentalia
  • Ordem: Primates
  • Infraordem: Platyrrhini
  • Família Callitrichidae

Características Gerais Dos Saguis

Os saguis se agrupam em cerca de 50 espécies diferentes, além de 4 gêneros distintos. No entanto, algumas características desse primata são quase iguais em todos as espécies, como:

São primatas de pequeno ou médio porte, pesando de 100 a 800 g. Possuem 2 dentes molares em cada extremidade da arcada dentária.

Tem polegares opositores muito parecidos com os dos seres humanos, possibilitando construir as suas próprias ferramentas. Ainda se diferenciam por possuírem garras afiadas no lugar de unhas, auxiliando muito na sobrevivência e proteção.

Apresentam cauda não preênsil, ou seja, que balança livremente. Devido a essa característica, eles têm uma incrível habilidade de se pendurarem em galhos de arvores pelo rabo.

Conheça Algumas Espécies De Sagui

Como já fora mencionado anteriormente, existem mais de 50 espécies de saguis. A seguir, você fica conhecendo 4 espécies de sagui que vivem no Brasil, suas características principais e hábitos alimentares. Veja:

1 – Sagui da serra (Callithrix flaviceps): conhecido como um primata do Novo Mundo (aqueles nativos ou que habitam há tempos o continente americano), é uma espécie comum de sagui no nosso país, sobretudo nas áreas de vegetação serrana dos estados do Espirito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Infelizmente, o Sagui da serra corre risco de extinção devido a destruição do seu habitat natural. De acordo com dados do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade Brasileira, havia apenas cerca 3 mil saguis da serra no Brasil até o ano de 2010.

Sagui da Serra
Sagui da Serra

Tem porte médio, se alimenta de seiva, frutos, ervas e pequenos invertebrados. Seus pelos costumam ser escuros, com destaque a pelagem da cabeça, em geral, mais claro que o resto do corpo.

2 – Sagui de tufos brancos (Callithrix jacchus): esse interessante macaco também é conhecido popularmente, no país, como Saguim, Sonhim e Sauim. O destaque fica para a sua pelagem próxima as orelhas, que é formada por tufos brancos de pelos. O restante do corpo, em geral, tem pelagem acinzentada.

Pode ser considerado de pequeno, mas que exibe uma cauda longa e com pelagem abundante.

Vive, em especial, nas regiões Sudeste, Sul e Norte do Brasil. Também é comum em áreas da Argentina.

Alimenta-se de pequenos insetos, pequenas aranhas, ovos e até filhotes de pássaros.

Sagui de Tufos Brancos
Sagui de Tufos Brancos

3 – Sagui de tufos pretos (Callithrix penicillata): também é chamado, no Brasil, de mico estrela. Destaca-se por ter o corpo coberto por pelos castanhos e tufos de pelos pretos na altura das orelhas (daí o seu nome popular, Sagui de tufos pretos).

É mais comum nos estados do Maranhão, do Piauí, da Bahia, de Minas Gerais, de Goiás, e na porção norte de São Paulo. Alimenta-se de seiva, frutos, sementes e pequenos invertebrados.

Sagui de Tufos Pretos
Sagui de Tufos Pretos

4 – Sagui de wied (Callithrix kuhlii): se trata de uma espécie endêmica brasileira de primata, ou seja, que se limita a viver nas regiões úmidas, como é o caso de Ilhéus (estado da Bahia).

É um animal de pequeno porte. Seus predadores principais são as aves de rapina, como os gaviões; serpentes, felinos, como as onças pintadas; e serpentes em geral.

Sagui De Wied
Sagui De Wied

Além disso, é um macaco que apresenta coloração escura de pelos. Podem apresentar tonalidades únicas ou mescladas de preto, castanho, cinza chumbo, entre outras. Ainda têm pequenos tufos na região das orelhas.

Alimentam-se, principalmente, de seiva e frutas. Podem comer pequenos insetos e invertebrados.

Sagui X Mico

Há muita dúvida quanto a esses dois termos. Afinal, sagui e mico são os mesmos tipos de macacos? Bem, há controvérsias entre a própria comunidade científica.

Alguns estudiosos consideram sagui e mico o mesmo tipo de macaco. Outros, no entanto, vê diferenças.

Para aqueles que consideram saguis e micos tipos de macacos diferentes, essa diferenciação se dá, em especial, pelo fato do sagui só existir no continente Americano e possuir garras muito mais afiadas que os micos.

Os micos, por sua vez, se distinguem dos saguis por habitarem diversos outros continentes do mundo e não possuírem em geral, unhas em forma de garras.

Algumas Curiosidades Sobre Os Saguis

Agora que sabemos praticamente tudo sobre, como: “Alimentação do sagui: o que ele come?”, confira algumas curiosidades interessantes sobre esses primatas:

  • O sagui macho, ao contrário de muitas espécies de macacos, tem participação fundamental na gestação e na criação dos filhotes, em seus primeiros anos de vida.
  • Muitas pessoas têm saguis como animais domésticos. Porém, isso não é recomendado, pois esses pequenos primatas podem se tornar agressivos, mordendo as pessoas e causando feridas profundas, além de transmitirem infecções – além disso, se lembre se que a caça e o comércio ilegal de saguis são proibidos, assim como mantê-los em casa sem prévia autorização do IBAMA (IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).  Esses crimes são previstos em lei e o infrator está sujeito a reclusão de 6 meses a 1 ano e pagamento de multa.
  • Os países da América do Sul que mais concentram espécies de sagui são o Brasil, a Argentina, o Chile e o Peru.

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *