Home / Animais / Alimentação do Rinoceronte: O Que Eles Comem? É Carnívoro?

Alimentação do Rinoceronte: O Que Eles Comem? É Carnívoro?

Sem dúvidas, o mundo animal é incrivelmente interessante. As diferentes espécies trazem diversas curiosidades que encantam os humanos há muito tempo. Dentre essas espécies, estão os rinocerontes, considerados um dos animais mais esquisitos e curiosos do mundo.

Com características muito peculiares, o rinoceronte representa parte da grande diversidade do mundo animal. A seguir, falaremos um pouco mais sobre ele, bem como sobre sua alimentação. Confira.

Origem e Características do Rinoceronte

O rinoceronte é um animal mamífero, de grande porte, da família Rhinocerotidae e pertence a ordem Perissodactyla, que são os mamíferos com dedos ímpares. Seu nome vem de duas palavras do grego e significa nariz-chifrudo. Eles vivem nas savanas e florestas da África e da Ásia, mas no período da pré-história já viveram na América do Norte e na Europa.

Dentre suas principais características, estão a pele bem grossa que pode ser de até sete centímetros de grossura, seus cascos com três dedos, suas orelhas bem pequenas e os chifres na ponta do nariz, que podem ser dois ou um, de acordo com a espécie e crescem durante toda a vida do animal. O chifre não é formado de osso, mas sim de pelos que são muito compactos e formam a estrutura dura no formato de chifre, que em algumas espécies pode medir até 1 metro.

Seu olfato e audição são muito bons, porém a visão é um pouco ruim. É um animal que possui poucos pelos, seu corpo é grande e pesado, enquanto as pernas são desajeitadas e curtas, mesmo assim um rinoceronte pode atingir 70 km/h numa corrida, abrindo trilhas por onde passa.

Os machos são animais que marcam seu território através de montes de urina e fezes. Além disso, gostam de banhos de lama, que além de refresca-los funciona como um repelente contra insetos. Apesar de os machos serem bastante solitários, durante a reprodução podem permanecer junto da fêmea por até quatro meses.

Rinoceronte se Alimentando

A expectativa de vida desse animal é de cerca de cinquenta anos. Ele é um excelente nadador podendo ficar dentro da água por muitas horas, principalmente para aliviar as picadas de insetos. É um animal grotesco e antissocial, porém tem um fiel amigo que é o Tchiluanda, um pequeno pássaro da África que cata os carrapatos que estão nele e ainda o avisa quando algum inimigo está se aproximando.

Espécies

Atualmente existem 5 espécies de rinocerontes. Duas delas vivem na África e as outras três na Ásia:

  • Rinoceronte Negro: possui dois chifres, sendo que o da ponta pode medir até 1 metro. Chamado de chifre escavador, é muito forte e derruba arbustos facilmente. Alvo de caçadores, é raro encontrar essa espécie.
Rinoceronte Negro
  • Rinoceronte Branco: é o maior de todas as espécies, pode medir até 1,70 metros e pesar mais de três toneladas e possui dois chifres.
Rinoceronte Branco
  • Rinoceronte Indiano: é o maior da espécie que vive na Ásia. Mede 1,70 metros e pesa até 1,8 toneladas. Possui um chifre, que mede 30 centímetros, na cor preto azulado. É uma espécie rara e protegida por lei.
Rinoceronte Indiano
  • Rinoceronte de Sumatra ou Sumatrense: é o menor rinoceronte que existe, mede até 1,50 metros e pesa até 900 quilos. É um animal peludo, com dois chifres e vive nas florestas das colinas.
Rinoceronte Sumatra
  • Rinoceronte de Java ou Javanês: possui apenas um chifre e trata-se de uma espécie quase extinta. Assim como o rinoceronte sumatrense vive nas colinas.
Rinoceronte de Java

Alimentação do Rinoceronte: é Carnívoro?

Basicamente, todas as espécies de rinocerontes são herbívoras, se alimentando exclusivamente de plantas. Isso é bastante curioso, visto que ele é um dos maiores mamíferos que existem. Dentro de sua alimentação estão frutos caídos no chão, galhos moles e folhas verdes.

Mesmo sendo todos herbívoros, cada espécie possui suas peculiaridades na hora de se alimentar. Vejamos, então, os detalhes de cada uma.

Rinoceronte Branco

Os rinocerontes brancos habitam as pastagens e as savanas, assim se alimentam principalmente de grama e grão mais curtos. Bebe água até duas vezes no dia e em épocas de seca, consegue ficar sem beber água por até cinco dias. Ele passa metade do dia se alimentando e um terço do dia descansando.

Rinoceronte Negro

A alimentação do rinoceronte negro é baseada em folhas e frutos colhidos diretamente nas árvores. Nela estão inclusas mais de 220 espécies de planta e, mesmo assim, sua dieta é considerada restrita, onde o animal escolhe seus alimentos baseado na qualidade e também na quantidade. Assim como o rinoceronte branco, a espécie consegue ficar até cinco dias sem água em épocas de seca.

Rinoceronte de Sumatra

Esse rinoceronte pode consumir até 50 quilos de comida em um dia. Sua alimentação inclui mais de 100 espécies de mudas, galhos, folhas e rebentos e acontece durante a manhã e também ao anoitecer. Como a maioria das plantas que ele consome existem em poucas quantidades, o rinoceronte de Sumatra está sempre alterando sua alimentação em lugares diferentes.

Rinoceronte de Java

O rinoceronte de java gosta de plantas que crescem em áreas da floresta que são ensolaradas, assim ele se alimenta de galhos, rebentos, folhagens novas e frutas caídas no chão. Além disso, ele derruba mudas para poder pegar os alimentos, podendo comer até 50 quilos de comida no dia. Da mesma forma que o rinoceronte de Sumatra ele precisa de sal na sua dieta, assim animais dessa espécie já foram avistados bebendo água do mar para prover essa necessidade.

Rinoceronte Indiano

Esse rinoceronte se alimenta, exclusivamente, de gramíneas, onde estão inclusos arbustos, frutas, folhas das árvores e ainda plantas aquáticas flutuantes ou submersas. Eles se alimentam a noite e também de manhã.

Como pode-se perceber, o rinoceronte não é um animal carnívoro, apesar de todo seu tamanho e robustez.

Outras Informações

Os rinocerontes podem se adaptar bem em ambientes fora do seu habitat. Um exemplo disso, são os animais que vivem em zoológicos de todo o mundo, com expectativa de vida de até 45 anos.

Quanto a reprodução, após o acasalamento a fêmea leva entre 420 e 570 dias para gerar o filhote. Cada gestação acontece a cada dois anos e dá origem a apenas um filhote, que nasce com cerca de 25 quilos e mama até os dois anos de idade, se tornando independente após os 5 anos.

Assim como a maioria dos animais do mundo selvagem, correm o risco de extinsão. Isso porque os rinocerontes são alvos de caça, onde muitos caçadores buscam esse animal para usar parte de seu corpo na medicina. Além disso, na Ásia, muitos acreditam que os chifres do rinoceronte têm “poderes mágicos”, assim o animal se torna muito valioso. Lá, um quilo desse animal é vendido por US$65 mil na Ásia.

Desse modo, diversas instituições lutam para preservar esse animal, que assim como todos os animais, é muito importante para o nosso ecossistema.

 

Veja também

Curiosidades Sobre o Gato Mourisco e Fatos Interessantes

A fauna é a parte da Ecologia que engloba todos os animais existentes na natureza, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *