Home / Animais / Alimentação Do Basset Hound: O Que Eles Comem?

Alimentação Do Basset Hound: O Que Eles Comem?

A alimentação dos Basset Hounds, e as iguarias que eles comem, deve ser a que é tipicamente recomendada para cães de raça (de pequeno porte), além de estar de acordo com as características genéticas e biológicas resultantes dos diversos tipos de manipulações e cruzamentos aos quais eles foram submetidos.

Também é necessário atentar para o seu porte físico (tamanho e peso); e no caso dos Basset Hounds, a ração deverá ser as dos tipos Premium e Super Premium, com nutrição balanceada e em quantidades que variem de 90 a 240 gramas diárias até o animal completar 1 ano.

A ração (para filhotes) deverá ser oferecida em 3 ou 4 porções, acompanhadas de água à vontade, até que o animal complete essa idade; a partir da qual ele será considerado adulto, e irá requerer uma ração específica, em duas porções diárias de 190 a 280 gramas.

Basset Hound Correndo na Grama
Basset Hound Correndo na Grama

Porém não é demais lembrar que os Basset Hounds caracterizam-se por serem bastante gulosos; na verdade eles estão entre os mais gulosos dentro dessa comunidade dos canídeos.

Portanto, recomenda-se não ultrapassar as porções diárias indicadas, e evite oferecer guloseimas nos intervalos, sob pena de que eles desenvolvam diversos tipos de distúrbios, em especial a obesidade – transtornos para os quais os Basset Hounds possuem uma propensão toda especial.

Isso sem contar os distúrbios de coluna (resultantes dessa obesidade), problemas nas articulações, luxação de patela, entre outras doenças bastante comuns, especialmente em cães como os Basset Hounds – submetidos aos mais diversos (e controversos) processos de cruzamentos e manipulações genéticas.

As Características Da Alimentação Do Basset Hound

Basset Hound Comendo
Basset Hound Comendo

A alimentação de um Basset Hound deverá ser nutricionalmente balanceada, pois essa é uma exigência de toda e qualquer raça considerada nobre, que necessita de quantidades específicas de diversos tipos de substâncias.

Ela deverá possuir, em sua composição, proteínas de altíssima qualidade, além de doses ideais de glucosamina, mananoligossacarídeos, condroitina, entre outras substâncias que garantam a plena absorção dos nutrientes, fortaleçam o sistema imunológico do animal, preservem a saúde das suas articulações e cartilagens, entre outras ações da mesma forma benéficas.

De acordo com os especialistas nessa raça, o que um Basset Hound come influencia diretamente na qualidade da sua aparência – essa alimentação garante o brilho e a vitalidade da sua pelagem; os níveis de energia e disposição do animal; a saúde dos seus dentes, olhos e unhas; entre outros benefícios que só mesmo uma alimentação saudável pode oferecer.

Logo, as rações dos tipos Premium e Super Premium são as mais indicadas.

Elas possuem baixo teor de sódio (o que protege os rins), altíssimo teor de fibras (o que aumenta a sensação de saciedade e regulariza o intestino), além de vitaminas A, B, zinco, ferro, cálcio, magnésio, biotina, niacina, Ômega 3 e 6…

Substâncias que contribuem para a manutenção de um aspecto físico saudável, oferecem energia de sobra para o animal, preservam-no de diversos transtornos físicos; e sem contar o fato de que as rações costumam ser elaboradas de forma a estimular, ainda mais, o paladar (bastante exigente, diga-se de passagem) de raças como o Basset Hound.

A Importância De Uma Alimentação Completa Para Os Basset Hounds

Como dissemos, tudo o que os Basset Hounds comem acaba influenciando, determinantemente, no desenvolvimento das suas principais características físicas e psicológicas.

Logo, não custa observar, por exemplo, durante a pesquisa de uma ração ideal para o seu cão, a presença de substâncias como a L-carnitina, que produz uma muito bem vinda sensação de saciedade, ideal para manter bem longe deles a sombra negra da obesidade.

Casas especializadas em produtos caninos hoje em dia também oferecem rações que possuem em suas composições substâncias inusitadas, como a zeolita (um mineral), o psylium (fonte de fibras), a yucca (extrato vegetal), entre outras substâncias que atuam na quebra de moléculas de gorduras e na sua digestibilidade.

Mas também regulam as funções intestinais, garantem a qualidade das fezes, possuem ação antioxidante, melhoram o aspecto da pelagem, da visão e da sua imunidade, além de diversos e incontáveis outros benefícios capazes de alterar, por completo, a rotina e a disposição do animal.

Portanto, é da correta alimentação desses cães que depende a garantia de que eles terão, verdadeiramente, uma rotina feliz e saudável; a garantia de que eles serão capazes de alegrar a casa com todas as características físicas e biológicas que são tão apreciadas.

Sem contar a satisfação de oferecer a um ser vivo as condições ideais para o seu pleno desenvolvimento, de forma correta, racional e 100% equilibrada.

A Comida Caseira Para Cães

Essa famosa “comida caseira para cães” também pode, sem dúvida, fazer parte da alimentação diária dos Basset Hounds.

Para muitos, ela trata-se de uma novidade, mas que vem ganhando bastante força, principalmente entre os adeptos da famosa “alimentação saudável”.

De acordo com a maioria dos especialistas em veterinária, a comida caseira deverá ser oferecida para cães saudáveis, sem exigências nutricionais específicas, e de acordo com o que recomendam os principais manuais que tratam da alimentação diária dos cães.

A Comida Caseira Para Cães
A Comida Caseira Para Cães

Esses manuais recomendam que essa dieta combine porções sóbrias de carnes, vegetais, vísceras, carboidratos, legumes, cascas de ovos, entre outras combinações – de preferência em partes iguais de carnes, vegetais e carboidratos; e ainda acrescidas de não mais do que 8 ou 10% de vísceras.

Uma boa receita, de acordo com os especialistas nessa dieta, poderá conter, por exemplo, 250 g de carboidratos, 250 g de carnes, 250 g de vegetais, 60 a 80 g de vísceras, e ainda meia colher de sopa de farinha de cascas de ovos.

Como um cálculo das quantidades diárias de comida caseira para um Basset Hound, recomenda-se o fornecimento de cerca de 5 ou 6% do seu peso – ou seja, para um cão com aproximadamente 12 kg, o ideal é que ele receba uma porção diária (dividida em 2 ou 3 frações) de pouco mais de 700 gramas.

Não esquecendo, porém, que essa comida caseira (em especial os vegetais e carboidratos) deverá ser adequadamente cozida em água, sem condimentos, e com apenas uma pequena quantidade de sal; enquanto as carnes e vísceras deverão ser apenas pré-cozidas (ou mal passadas), de forma a que o sistema digestivo do animal possa recebê-las corretamente.

E no mais, é garantir que o seu cão receba, também, as doses diárias (e necessárias) de carinho, amor e atenção; além de realizar visitas ao menos semestrais a um bom especialista em veterinária.

E tudo isso somado a outros cuidados que não podem ser, de forma alguma, negligenciados quando o assunto são cães de raças consideradas nobres.

Pois esses são animais reconhecidamente sensíveis e com necessidades tão ou mais especiais e extravagantes quanto as suas próprias origens, caracterizadas por uma série de cruzamentos, e por polêmicas e controversas práticas de manipulações genéticas.

Gostou desse artigo? Deixe a resposta na forma de um comentário e continue compartilhando os nossos conteúdos.

Veja também

Alimentação do Castor: O que Eles Comem?

Os castores são mamíferos, roedores, de hábitos semi-aquáticos, conhecidos pela curiosa habilidade para construção, inclusive …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *