Home / Animais / Alimentação da ariranha: o que elas comem?

Alimentação da ariranha: o que elas comem?

As ariranhas são animais mamíferos e pitorescos que, ao alimentar-se, colocam a cabeça fora da água e seguem nadando para trás. Trata-se de carnívoras do topo da cadeia alimentar e podem consumir até dois quilos de peixes por dia.

Elas têm um cardápio muito seletivo, de preferência peixes de água doce, como traíra e piranha, ovos, crustáceos, molúsculos, mamíferos aquáticos, pássaros aquáticos, caranguejos, ovos e répteis. Passam o dia em bandos de até dez animais, caçando, descansando e socializando à beira do rio.  Quando os alimentos escasseiam esses grupos saem para caçar cobras, pequenas sucuris, cobras e jacarés.

Endêmica do Brasil, a ariranha (Pteronura brasiliensis), conhecida como lontra-gigante, é a maior espécie da família Lutrinae e chega a medir dois metros de comprimento. É um típico mamífero brasileiro que habitava muitos rios subtropicais e tropicais da América do Sul, conhecida também como onça-d´água, lobo-do-rio e lontra-gigante.

Ariranha vem da palavra tupi-guarani “ari´raña”, que quer dizer “onça-d´água, por isso, ocasionalmente, em espanhol, é chamada de lobo-do-rio ou cachorro-d´água. Assim eram referenciadas nos relatos de exploradores espanhóis, entre os séculos XIX e XX.

Como a espécie está extinta em aproximadamente 80%, atualmente vivem isoladas no Brasil, Guianas e Peru. No Brasil são encontradas nos principais santuários, dentre eles médio Rio Araguaia, nos rios Aquidauana e Negro, no Pantanal e no Parque Estadual do Cantão.

Características

  • É um animal semiaquático.
  • É um animal predador, de hábitos diurnos, barulhentos, brincalhões e curiosos.
  • Vive em bandos de até 10 animais, e passam o dia se socializando, descansando e caçando às margens dos rios.
  • É um exímio mergulhador e nadador.
  • Pode medir até dois metros de comprimento.
  • Sua cauda é achatada e comprida, medindo cerca de 65 centímetros.
  • Os machos pesam mais que as fêmeas, de 32 a 45,3 quilos.
  • As fêmeas pesam de 22 a 26 quilos.
  • Possui corpo alongado, cabeça ovalada, olhos grandes, orelhas pequenas e arredondadas.
  • Possui patas espessas e curtas,
  • Os dedos das patas possuem uma membrana que os une de um lado ao outro. Trata-se de uma membrana interdigital que auxilia a natação.
  • Sua pelagem é espessa, aveludada e de coloração castanha, com uma mancha branca na garganta. Quando molhadas parecem mais escuras.
  • Sua mordida é forte, o que é primordial para que consiga matar e digerir suas presas.
  • Vive aproximadamente 20 anos.

Ariranha é Perigosa para o Homem?

Na natureza não existem registros de ataques das ariranhas ao homem. São raros os casos em que homens foram atacados por um desses animais. O último registro é de 1977, quando o sargento Silvio
Delmar Hollembach adentrou o recinto da espécie no Jardim Zoológico de Brasília para salvar um menino que lá caiu. O sargento salvou a criança, mas morreu devido à infecção generalizada causada pelas mordidas das ariranhas.

Habitat da Ariranha

Habita regiões úmidas, águas doces como rios com lenta correnteza, riachos, pântanos, lagoas e rios. Vive em tocas que faz nos barrancos de rios e córregos com vegetação mais densa e menor declive, ou embaixo de raízes muito grandes de árvores. Costuma marcar seu território com fezes e urinas.

Espécie em Perigo

De acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN), a lontra é um animal em estado de perigo de extinção devido ao desmatamento que destrói seu habitat, à urbanização e à poluição dos rios por resíduos industriais (em especial o mercúrio utilizado na extração do ouro) e agrotóxicos. Outro fator importante é sua morte por ataques de pescadores, que não a querem como concorrente na pesca dos peixes.

Ariranha Comendo Peixe
Ariranha Comendo Peixe

As ariranhas se tornam vítimas potenciais quando se alimentam de peixes contaminados por metais. Também a caça furtiva contribui com sua extinção, mas já é mínima em relação ao passado, quando a ariranha era perseguida devido ao valor de sua pele, muito admirada nos Estados Unidos e Europa, onde era usada par fazer chapéus e casacos. A caça às ariranhas era feita sobretudo por índios, que trocavam suas peles por armas.

A caça à ariranha só diminuiu a partir de 1975, quando o Brasil passou a fazer parte de uma convenção internacional que proíbe este tipo de comércio, em especial para espécies ameaçadas, como era o caso da ariranha. Com a diminuição das caçadas e alguns projetos de preservação deflagrados para a proteção da espécie, as lontras começaram a repovoar as margens dos rios, conforme índice divulgado em 2018.

Casal de Ariranha
Casal de Ariranha

Reprodução

  • A maturidade sexual da ariranha gira em torno de dois a três anos.
  • O cio costuma durar um período de sete a dez dias.
  • Somente a fêmea que domina o grupo se reproduz.
  • Quando prenha, faz sua toca na beira do rio.
  • Sua gestação tem um ciclo de 65 a 72 dias.
  • Geralmente dá à luz no início da estação da seca.
  • Procria uma ninhada de uma a cinco crias.
  • Os filhotes permanecem na toca durante três meses, até o auge da seca.
  • É no auge da seca que os peixes são mais fáceis de capturar, pois ficam mais concentrados porque os lagos estão mais secos.
  • Enquanto os filhotes não aprendem a caçar, todo o grupo ajuda a capturar peixes para alimentá-los.
    Dois Filhotes de Ariranha
    Dois Filhotes de Ariranha

Diferença entre Ariranha e Lontra

Algumas pessoas confundem a ariranha com a Lontra. Entenda quais são as diferenças:

  • As lontras medem cerca de 120 centímetros de comprimento e são menores que a ariranha, que podem medir até dois metros.
  • As lontras pesam até 25 quilos, enquanto uma ariranha pode pesar até 45 quilos.
  • As lontras têm pelagem mais longa, mais comprida e mais clara que as ararinhas.
  • A lontra tem hábitos noturnos e a ariranha é diurna.
  • A lontra pode ser encontrada na América do Sul e do Norte, na África, Ásia e Europa, enquanto o habitat da ariranha localiza-se somente na América do Sul.

Características em Comum

  • Tanto a lontra como a ariranha são animais mamíferos da subfamília Lurrinae.
  • As duas espécies são de animais carnívoros.
  • Os dois animais são exímios nadadores.
  • Ambas se encontram em perigo de extinção.
    Lontra Deitada na Grama
    Lontra Deitada na Grama

Classificação Científica

  • Reino – Animalia
  • Filo – Chordata
  • Classe – Mammalia
  • Ordem – Carnívora
  • Família – Mustelidae
  • Subfamília – Lutrinae
  • Gênero – Pteronura
  • Espécie – P. brasiliensis
  • Nome binomial – Pteronura brasiliensis

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *