Home / Plantas / Como Tirar Muda de Bananeira Ornamental?

Como Tirar Muda de Bananeira Ornamental?

Muitas pessoas decidem começar o plantio de bananeiras, porém, mal sabem por onde começar. Há muitos pontos que devem ser analisados como o solo onde plantar, as ferramentas utilizadas e até mesmo o tipo de muda que está sendo usada.

É verdade que há uma dificuldade em todo projeto que está no início. Porém, nem mesmo com esses problemas de estabelecimento, você tem desculpa para não arquitetar o seu projeto.

As mudas de bananeiras ornamentais são um show à parte. São muito procuradas para a decoração de jardins, pois dão um encanto aonde quer que estejam. Um jeito muito fácil de conseguir as suas mudas é retirando do próprio caule da bananeira.

Ainda está com dúvidas? Prossiga com a leitura do artigo e a retirada de suas mudas não terá nenhum empecilho!

Um Pouco Sobre essa Espécie de Bananeira

Você deve conhecê-la como bananeira ornamental, já que seu nome científico — Musa Ornata — é pouco difundido. Outros nomes pelo qual ela é conhecida aqui no Brasil é banana royal e bananeira de jardim.

Sua vinda ao país foi através dos imigrantes asiáticos, que a trouxeram junto com eles quando decidiram se estabilizar no nosso território.

Ela é cultivada em todos os estados e o local onde é mais fácil encontrá-la é nas regiões onde há Mata Atlântica. Sua popularidade se deve muito ao fato de apresentar uma aparência muito similar a banana.

A Grande Família de Plantas Exóticas

Toda a família da bananeira ornamental está ligada ao fato de que são bem extravagantes. Elas abrem suas ervas de uma maneira esplendorosa, fazendo com que touceiras são formadas nos falsos caules.

Elas têm origem de países como a China, Índia, Sumatra, Indonésia e Malásia. Sua adaptação ao Brasil é muito fácil, devido ao clima. Outro motivo é que sua plantação não é muito dificultosa, sendo que um leigo pode fazer tranquilamente, caso tenha todos os apetrechos necessários.

Muda - Bananeira Ornamental
Muda – Bananeira Ornamental

O seu cultivo é feito como a maioria das árvores frutíferas, no entanto, a grande diferença está na preservação como planta ornamental. Elas estão muito presentes em quintais de origem tropical e suas folhas verdes e vivas são o grande destaque, que atrai a atenção de todos.

Como Tirar Mudas de uma Bananeira Ornamental?

O processo que é feito é bem semelhante a outras plantas, como a ravenala (mais conhecida como árvore-do-viajante), por exemplo.

Para tirar a muda a partir de brotos existentes, o ideal é que você separe apenas aqueles que estiverem saindo da planta maior. Assim que identificar, abra uma valeta ao lado do broto, até que você consiga identificar a sua ligação com o caule principal.

Assim que a identificação estiver concluída, pegue um facão para fazer a separação do broto. Cuidado para não separá-lo da raiz, pois ela pode facilitar muito o plantio dessa muda. Depois de todo esse processo, retire todas as folhas que vieram juntas, deixando somente a folha enrolada na muda.

Para fazer a cultivação, é necessário abrir uma nova cova ou ter um vaso separado exclusivamente para ela. A terra deve ter bastante esterco, assim, a muda de bananeira ornamental não terá muito trabalho para crescer.

Logo após isso, regue todos os dias a sua muda, só tome cuidado para que a terra onde ela está inserida não fique encharcada demais. Se o local onde for colocá-la é um jardim, deixe um espaço de 50x50x50 centímetros, para que ela cresça de forma saudável e não tenha nenhum empecilho.

O cuidado que você tiver no início será fundamental para a sua vitalidade. Portanto, como você decidiu plantá-la, tome todas as precauções devidas. Não deixe que animais tenham contato com ela a ponto de arrancá-la. Também tenha cuidado com o excesso de chuvas. Com essas medidas preventivas, não tem nenhum motivo para a sua plantação não dar certo.

Características da Planta

A bananeira ornamental possui a natureza tropical, isto é, se adapta facilmente aos climas mais quentes. Por este motivo que ela é relacionada como uma árvore de decoração. Além de sua beleza, sua simplicidade atrai muitas pessoas para tê-las em seus jardins particulares.

A facilidade de se adaptar a um lugar é tão grande que você pode avistá-la até mesmo em grandes centros públicos, decorando o ambiente. Não é incomum encontrá-las dentro de shoppings ou nas estradas das grandes metrópoles.

Seu tamanho é de médio porte, podendo alcançar os 3 metros de altura facilmente. Esses 3 metros também estão presentes em seu diâmetro.

Seu tempo de vida depende do quanto ela está sendo cuidada. Geralmente, sua expectativa é maior que 2 anos, porém, como recebe influência de chuvas, ventos e grandes tempestades, isso pode prejudicá-la. Apesar de ser uma planta bem resistente, os fenômenos da natureza podem levá-las a morte em pouco tempo.

Suas folhas são inconfundíveis, pois são longas, verdes, largas e grandes. Como foi dito anteriormente, a sua fragilidade é demonstrada quando está no meio de uma tempestade. Ou melhor, um vento mais forte já pode ser o suficiente para destruir a parte mais bonita dessa planta.

A multiplicação desta espécie também pode acontecer através dos rizomas, um método muito comum para propagar as plantas de uma maneira fácil.

Suas flores se formam na primavera e no verão, justamente nas épocas mais quentes do ano. Com isso, a paisagem que já era tocada pela sua aparência, agora fica ainda mais bela, pois sua inflorescência é única. Ela é composta por flores rosa, que é muito perceptível na espécie Royal.

Um fato curioso é que a sua floração pode acontecer em qualquer época do ano. O período mais quente serve para ajudá-la no processo, além de deixá-las mais radiante. Porém, até o inverno pode ser presenteado com esse feito da planta.

Veja também

Lindo Cravo Vermelho Gigante

Mudas de Cravos Gigantes

Essas variedades de cravos são consideradas as flores símbolos de vários países como Eslovênia, Mônaco …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *