Home / Natureza / Como Plantar um Pé de Couve-Flor em Casa?

Como Plantar um Pé de Couve-Flor em Casa?

O pé de couve-flor é uma hortaliça que, além de encantadora aos olhos por sua beleza – isso por se tratar de um conjunto de flores, chamado de inflorescência – também tem um sabor muto suave e agradável ao nosso paladar.

Ela é uma hortaliça originária da Costa Ocidental Europeia, Costa Norte Mediterrânica e Ásia Menor. Se tornou uma hortaliça lucrativa por não ter muita restrição de plantio e por ser consumida dos modos mais variados possíveis.

Mas não é só de beleza que o pé de couve-flor é composto, sendo assim, vamos saber mais sobre essa hortaliça tão importante.

Principais Características do Pé de Couve-Flor

A couve-flor é da família das Brassicaceae, sendo da espécie Brassica oleracea, e é riquíssima em nutrientes e vitaminas.

Para ter uma ideia de como a couve-flor é importante, ela conta com vitaminas B, C, E e provitamina A; fósforo, magnésio, ferro, potássio, cálcio e oligoelementos. Além disso, também possui uma quantidade baixíssima de proteínas, sódio, carboidratos e gorduras.

Sendo tudo de bom como ela é, ganhou diversos fãs desde sempre, principalmente nessa geração que está muito mais preocupado com a saúde.

Também existem vários tipos de pé de couve-flor, sendo alguns deles:

  • Pé de couve-flor galega

  • Pé de couve-flor manteiga

  • Pé de couve-flor crespa

  • Pé de couve-flor palmeira

  • Pé de couve-flor tronchuda

  • Pé de couve-flor portuguesa

  • Pé de couve-flor forrageira

Uso Medicinal da Couve-flor

O couve-flor já é considerado um alimento funcional, e uma de suas funções mais conhecidas é a regulação do trânsito intestinal, e muito utilizada por pessoas com problemas de gastrite e úlcera.

Por isso, muita gente prefere plantar sua própria couve-flor, pois uma opção muito mais barata que comprar nos supermercados – mesmo não sendo tão cara – ou procurar fazendas orgânicas para comprar.

Apesar do pé de couve-flor poder ser plantado nos mais diferenciados terrenos e climas, é necessário saber plantar e cuidar dele até que já esteja pronto para consumo.

E se você é ter um lindo pé de couve-flor na sua casa que você quer, vem comigo que vou te ensinar tudo sobre a plantação de couve-flor!

Antes do Plantio: Conhecer a Preparação do Terreno

Como todas as plantas, é necessário com cuidado anterior ao plantio para que dê tudo certo no desenvolvimento da mesma.

  • Clima e Luz:

Em relação ao clima, podemos concordar que ela resiste bem ao calor – quando já está mais desenvolvida – e também ao frio. Porém, não abuse do calor em nenhum momento, pois poderá ter o efeito contrário.

Assim, o melhor clima para cultivar um pé de couve flor é a divisa entre o frio e o calor, um clima mais ameno. Ou seja, você poderá escolher qualquer época do ano que esteja mais amena para cultivar, mas evite o inverno.

Quando ocorrer o plantio, pode deixar a luminosidade cair diretamente sobre o pé de couve-flor, mas se a temperatura estiver muito alta, procure deixar em meia luz.

  • Terreno:

O ideal é que o substrato utilizado retenha uma boa quantidade de umidade, mas que não encharque, precisando de uma boa drenagem, para que não afete as raízes. Necessita de uma boa matéria orgânica.

O recomentado é fazer o cultivo com a terra preta, que deverá ser misturada à duas partes de turfa e de terriço.

Mãos à obra! Plantando o pé de Couve-Flor em Terreiros

Para plantar o pé de couve-flor, você terá duas opções: utilizar sementes, que são vendidas em envelope por cerca de R$2,00 e em latas por cerca de R$30; ou utilizar rebentos tirados de outro pé de couve-flor já adulto.

Existe um modo correto de plantio para cada um desses tipos, que serão explicados aqui.

Plantando com Sementes

  1. Escolha as sementes:

    Temos três tipos de cultivares de pé de couve-flor, e você deverá escolher de acordo com o clima e a estação em que vai plantar seu pé de couve-flor.

    Crianças Plantando Semente de Couve-Flor
    Crianças Plantando Semente de Couve-Flor
  • Precoces de verão: resistentes ao calor; temperatura entre 20º e 25º Célsius; ciclo de 80 dias.

  • Frio moderado: cultivares para transição de estações; temperatura entre 15º e 20º Célsius.

  • Frio Intenso: cultivares muito resistentes ao frio; temperatura de 5º a 10º Célsius

  1. Plante as sementes:

    Coloque as sementes, cerca de 2 ou 3 a cada meio metro quadrado. Coloque numa profundidade razoável, para que a raiz tenha liberdade.

  2. Regue:

    Regue com moderação, para que não enxarque. Quando o pé de couve-flor se desenvolver, lembre-se de não molhar suas folhas.

  3. Cuide do desenvolvimento da planta:

    Meninos Cuidando do Desenvolvimento de Um Pé de Couve-Flor
    Meninos Cuidando do Desenvolvimento de Um Pé de Couve-Flor

    Na primavera, adicione um pouco de adubo orgânico ao substrato.

  4. Colha a couve-flor:

    Apenas quando os botões já estiverem abertos. Não faça a colheita em momentos muito quentes e lembre-se de sempre deixar algumas folhas para manter o cultivare.

Plantando Com Mudas

  1. Escolha a muda:

    Para que ela consiga se desenvolver, é necessário que seja plantada apenas quando tiver no mínimo 10 centímetros de altura e cerca de 5 folhas em seu caule.

    Vaso Com Mudas de Couve-Flor
    Vaso Com Mudas de Couve-Flor
  2. Plante a muda:

    Faça o plantio num fim de tarde ou num dia nublado. Coloque as mudas numa profundidade do solo de cerca de 1cm. Caso tenha mais de uma muda, plante cada uma com um espaçamento entre 25 centímetros e 50 centímetros.

  3. Regue:

    Assim que plantar você já pode regar, mas lembre-se de nunca molhas as folhas do seu pé de couve-flor, para que não crie fungos e murchem.

  4. Cuide do desenvolvimento da planta:

    Assim como com as sementes, também é interessante que adicone adubo orgânico durante a primavera.

  5. Colha:

    A colheita geralmente pode ocorrer depois da 16º semana, mas apenas o faça depois que a couve-flor desabroche. Lembre-se de deixar algumas folhas no cultivare.

Plantando o Pé de Couve-flor em Vasos

Felizmente, para o plantio do pé de couve-flor em vasos o procedimento é o mesmo, você só terá que se atentar a alguns aspectos específicos desse tipo de plantio:

  • Seu vaso deve ter furinhos na parte inferior, para que o substrato não fique muito úmido.
  • Deixe o vaso num local que não receba iluminação durante todo o dia.
  • Não se esqueça de colocar o pratinho em baixo do vaso com um pouco de terra.

Veja também

Estudantes de Ecologia

Técnico em Ecologia

O técnico em ecologia é a pessoa que desempenha várias tarefas técnicas no campo e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *