Home / Plantas / Banana Prata Catarina

Banana Prata Catarina

A banana prata é uma das espécies mais consumidas aqui no Brasil. Aliás, ela é a fruta mais consumida no mundo. Do norte ao sul, a maioria esmagadora da população adora tê-las em sua fruteira. Não podemos deixar de falar de um fruto tão popular e, ao mesmo tempo, tão rico em sua diversidade.

A banana possui diversos benefícios. Existem até doenças que melhoram o quadro em poucos meses, apenas se você adicionar a banana na dieta. Isso é incrível, não é? Como pode um fruto tão comum e tão barato dar benefícios permanentes para a saúde?

Hoje, iremos falar de um tipo de banana nem tão conhecido, porém igualmente saboroso aos paladares de qualquer pessoa. O artigo irá comentar sobre a banana prata Catarina. O que será que ela traz de vantajoso para o nosso organismo? Quais são as propriedades únicas desse tipo de fruta? Descubra no decorrer do artigo!

Mais uma Espécie no Grupo das Bananas-Anãs

Como você acabou de ler no subtítulo, a prata Catarina faz parte do grupo das bananas nanicas. Porém, como o nome sugere, ela não é pequena (na verdade, nenhuma nanica é. Seu tamanho pode chegar aos 20 centímetros sem problemas).

Esse tipo foi desenvolvido recentemente, fazendo com que a estética da fruta seja incrivelmente superior a outras. Outro motivo de ser tão boa é que sua produtividade está bem acima da média, comparada com outras espécies de bananas.

Sua maior característica é que ela é o tipo que mais resiste a doença “mal-do-panamá”, uma enfermidade que acomete as bananeiras, podendo levar a perda total dos frutos.

O Que é o Mal-do-Panamá?

Ela é uma doença que atinge as bananeiras. Seu fungo causador está em todas as partes do mundo. Uma característica marcante e que intriga muitos produtores é que ele consegue ficar até 20 anos no solo sem morrer. Ainda há a possibilidade de ele estar em hospedeiros intermediários.

No Brasil, ele afeta todas as espécies de banana que são cultivadas, porém, a principal bananeira afetada é a que produz banana-maçã.

As suas maneiras de propagação são através de ervas sadias que entram em contato com plantas adoecidas. Há também a possibilidade de um material infectado entrar em contato direto com as raízes, fazendo com que a bananeira que antes era saudável, fique doente.

Como se não bastasse isso, o fungo também pode ser transportado por animais, pela irrigação, pelos sistemas de drenagem ou inundação e até pela movimentação do solo.

Seus principais sintomas são a má formação do caule das bananeiras e o amarelamento de suas folhas. Além disso, aparecem manchas vermelhas no seu pseudo caule. Isso indica a manifestação do fungo na sua planta.

Uma das melhores maneiras de evitar que sua planta fique com esse mal e tratando cuidadosamente. O que pode ser feito também é:

  • Evitar solos com históricos da doença;
  • Fazer a correção do pH do solo;
  • Manter os fungos sob controle;
  • Fazer a nutrição adequada do solo sempre que possível.

Tudo o que foi dito pode manter a saúde de sua bananeira. Porém, outra prática — e que está sendo cada vez mais adotada pelos cultivadores — é a plantação das bananas prata Catarina, que são as espécies mais resistentes a essa doença.

Só para se ter uma ideia da gravidade disto, o número de bananeiras perdidas por causa dessa infestação é quase 100%, no caso da banana maçã. Já a banana prata, principalmente a Catarina, o número de perdas fica em torno de 20%.

Outro mal que atinge as bananeiras, porém, essa espécie é bem resistente, é contra a “fuligem do fruto”. Uma doença que faz com que as frutas fiquem bem escurecidas, sendo impróprias para o consumo.

Outras Características

Ao contrário de outras espécies de banana, a quantidade de frutas que ela dá no primeiro cultivo é quase 100%. Enquanto outras precisam de um tempo — e de várias colheitas — para chegar a um número de cachos significativo, a Catarina já dá suas frutas rapidamente e em grande quantidade.

Sua colheita é outro fator muito atrativo para os produtores: a banana prata anã — seu nome mais conhecido — dura por muito tempo, comparada a outros tipos. Depois de colhida, ela dura até 10 dias sem ficar inadequada para o consumo humano.

Sua polpa é mais consistente e seu gosto é mais doce. Por estes motivos, ela é a mais indicada para a produção de doces, como a bananada e tortas com a fruta. Ela também é ótima para ser frita, por causa de sua ótima consistência.

Benefícios da Fruta

Primeiramente, é sempre importante lembrar que ela não é indicada para quem possui intestino preso. Suas vantagens são muitas, entre elas:

  • Ajuda a combater a depressão: O triptofano presente auxilia na produção de serotonina, hormônio responsável pelo relaxamento mental e corporal, além de regular o bom humor;
  • Reduz o colesterol no sangue: Isso acontece porque a banana estimula a liberação de sódio através da urina;
  • Evita as tão incômodas câimbras: Um de seus principais componentes é o potássio, que além de energizar os músculos, diminui a sensação de enjoo;
  • Ótima para diarreia: A banana prata anã possui um alto índice de fibras solúveis, que dão a sensação de saciedade. Com isso, a diarreia consegue ser neutralizada;
  • Excelente alimento para perder peso: Para quem está em dieta ou deseja eliminar alguns quilos, a banana é muito recomendada. Muitos motivos já foram apresentados neste tópico. Além deles, ela ainda possui uma grande quantidade de vitaminas e sais minerais, necessários em qualquer dieta.

A banana prata Catarina é um dos alimentos que mais auxiliam o corpo. Além disso, sua plantação é extremamente simples, aliado a um fruto bem resistente. Independente de como é o seu contato com esta fruta, seja nas plantações ou nos pratos, você está fazendo um bem muito grande a si mesmo.

Veja também

Gênero Bellis

Mini Margaridas Coloridas

“Ele me ama, ele não me ama.” A margarida clássica é na verdade mais do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *