Home / Plantas / Banana Mysore

Banana Mysore

A banana é a fruta preferida dos brasileiros, e faz sucesso no mercado agrícola por aqui.

Ao redor do mundo, essa preferência também é bem grande. Existem muitas variedades da fruta, cada uma com o seu gosto e textura particulares. A banana, que teve a sua origem asiática, e deu muito certo como produto de exportação. Graças ao cruzamento de espécies, a fruta foi amplamente difundida e hoje está presente em mais de 150 países.

No Brasil, há muitas espécies da fruta em circulação, porém as mais consumidas são a banana ouro, banana prata, banana da terra, banana maçã e banana nanica. Recentemente, a banana pão também está sendo consumida com frequência, principalmente no preparo de pratos e sobremesas. Leia mais no artigo como comer banana pão.

Alguns dados apontam que, ao redor do mundo, exista cerca de 1000 espécies de banana; as quais estão divididas em 50 subespécies. Acredita-se que anualmente, em todo o mundo, sejam consumidas 100 bilhões de bananas. Estatística incrível, não acha?

Mundialmente a banana Cavendish é a mais popular, e também a mais consumida (apesar de não ser conhecida aqui no Brasil). Leia mais no artigo Todos os tipos de banana do mundo.

Neste artigo vamos falar sobre mais uma variedade da fruta, a banana Mysore, você já ouviu falar dela?

Acredito que, provavelmente não. Então venha conosco, e boa leitura.

Banana Mysore: Características Gerais

A banana Mysore é uma cultivar, ou seja, uma fruta obtida por meio de melhoramento genético . É originária da Índia e do Paquistão.

Melhoramento Genético da Banana
Melhoramento Genético da Banana

Seu sabor é adocicado. A casca é fina. Nos seus países de origem, a banana Mysore também pode ser chamada de pisang Ceylon, Klue Kai Ferang, Pisang Keling, Poovan, Thousand Grain e Pisang Klotek.

Banana Mysore: Características da Bananeira

Esta bananeira apresenta folhagens verdes, nas quais pode haver um revestimento ceroso de tom rosado, na porção inferior.

O tronco tem uma tonalidade marrom, com uma nervura central vermelha. O sistema radicular desta planta é muito forte, o que a confere grande resistência a ventos.

Entre o plantio e a colheita, o tempo de espera é de 20 meses. A bananeira madura pode apresentar uma altura compreendida entre 10 a 16 pés.

Banana Mysore: Áreas de Cultivo

Entre as espécies de banana cultivadas na Índia, a banana Mysore é uma das mais difundidas e comercializadas em várias regiões do país. Isto acontece, pois esta variação tem uma grande adaptabilidade também a climas secos. E, inclusive, é a cultivar com maior importância econômica do estado indiano de Tâmil Nadu.

Além da Índia e Paquistão, a banana Mysore também é plantada em outros países, a exemplo da Austrália.  No Brasil, apesar desta variedade não ser conhecida, já foram encontradas áreas destinadas ao seu plantio, a exemplo de espaços semiáridos no estado da Paraíba.

A banana Mysore é uma cultivar de genoma AAB, assim como outras espécies como a Maoli-Popoulo, Plantain, Pone e Silk.

Banana Mysore: Pragas e Doenças

Durante o cultivo da banana Mysore, agricultores devem estar atentos à infestação por pragas como brocas, gafanhotos e nematódeos de raízes. Esta bananeira também é naturalmente suscetível à doença do Panamá e à Sigatoka negra.

A doença do Panamá é causada pelo fungo Fusarium oxysporum f. sp. Cubense, presente em praticamente todos os países produtores de banana do mundo. Causa rachaduras e manchas (devido à descoloração vascular); além da quebra e amarelecimento das folhas.

A Sigatoka negra é uma infestação causada pelo fungo Mycosphaerella fijiensis, que foi descoberto pela primeira vez nas Ilhas Fiji, em 1963, recebendo o nome de “estria negra” (black leaf streak). É caracterizado por lesões de cor escura nas folhas e frutos da bananeira.

A prevenção contra essas pragas e doenças inclue o uso de inseticidas, a correção do pH do solo (de modo a gerar condições menos favoráveis ao aparecimento de fungos), o controle e a fiscalização das populações de nematódeos. Outras medidas incluem evitar o uso de material de plantio infectado, assim como evitar reaproveitar o espaço no qual o solo esteja infectado.

Banana Mysore: Informações Nutricionais e Benefícios

Por mais incrível que pareça, a banana Mysore é riquíssima em ferro e pode estimular a síntese de hemoglobina para pessoas portadoras de anemia. O alto teor de potássio tem um papel importante na regulação da pressão arterial.

A banana Mysore tem uma grande importância na resolução de distúrbios gastrintestinais, seja a diarreia, ou até mesmo, a constipação. Estudos apontam que a fruta pode aliviar azias e úlceras.

Tem um papel importante no controle de infecções, tais como infecções do trato urinário e infecções cutâneas (como feridas e abscessos).

A variedade de benefícios á saúde que esta fruta proporciona, a permitem, inclusive, ser usada para fins terapêuticos (complementares ao tratamento medicamentoso), principalmente em países nos quais há grandes problemas de saúde pública, como a Índia e o Paquistão.

A concentração de amido é maior quando a banana está verde, e as taxas deste polissacarídeo são semelhantes às demais espécies da fruta. Um estudo realizado aqui no Brasil no ano de 2017 se propôs a investigar o uso do amido da banana (particularmente da espécie Mysore) como tecnologia alternativa para o desenvolvimento de produtos alimentícios ( a exemplo dos molhos, sopas e patês).

Banana Mysore: Curiosidades Sobre o País de Origem

A banana, de modo geral, teve origem no leste asiático (região que hoje compreende os países da China, Mongólia, Japão, Coréia do Norte e Coréia do Sul), a partir de dois ancestrais comuns: a Musa acuminata e a Musa balbisiana.

Apesar da origem, dados de 2011 apontam a Índia o maior país produtor de banana do mundo, totalizando a inacreditável marca de 16, 81 milhões de toneladas, por ano.

As variedades da fruta mais consumidas na Índia são de espécies obtidas por meio de melhoramento genético, e incluem a banana Mysore, banana thaen kunnan e a banana monthan.

Cacho de Banana Thaen Kunnan
Cacho de Banana Thaen Kunnan

Todas as três espécies tem um valor nutricional muito grande, no entanto a mais importante, em termos de aporte mineral, é a banana thaen kunnan, a qual contém concentrações de Cálcio, Vitamina C e, até mesmo Betacaroteno.

Agora que você aprendeu um pouco mais sobre a banana Mysore, pode continuar conosco e conhecer outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

All about bananas. Disponível em: <http://www.bananalink.org.uk/all-about-bananas>;

CORDEIRO, Z. J. M.; MATOS, A. P.; FILHO, P.E. M. Embrapa. Mal-do-Panamá. Disponível em: < http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/Agencia40/AG01/arvore/AG01_44_41020068055.html>;

FONTES, S. M.; CAVALCANTI, M. T.; CANDEIA, R. A.; ALMEIDA, E. L. Characterization and study of functional properties of banana starch green variety of Mysore (Musa AAB – Mysore). Food Sci. Technol, n. 2, v. 37, Campinas-SP, 2017;

Musa Mysore. Disponível em: <http://www.bananas.org/wiki/Musa_Mysore>;

Sigatoka negra. Disponível em: <https://www.agrolink.com.br/problemas/sigatoka-negra_1719.html>;

SURIYAVATHANA, M.; JEEVITHA, M. Biochemical characterization of three species of banana (Musa paradisíaca) growing in Kanjamalai. J. Dairying, Foods & H.S, n. 30, v. 3. Salem-Índia, 2011, 206-08.

Veja também

Como Plantar Cravos por Estaca

A Grande Mudança da Nossa Espécie Os seres humanos, conhecidos cientificamente como Homo sapiens, é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *