Home / Plantas / Abobrinha é Fruta?

Abobrinha é Fruta?

Diante de tantas dúvidas geradas em torno do tomate, do morango, outro vegetal enfrenta a mesma dúvida. A abobrinha é fruta? Não. A abobrinha não é uma fruta.

Ela pertence ao gênero (Cucurbita) e é um fruto. Vocês se recordam sobre algumas matérias que discutimos aqui sobre fruta que não é fruta e fruto que não é fruto? Pois bem, vamos relembrar o que é um fruto: No caso da abobrinha, que é consumida como um legume é na verdade um ovário inchado da flor.

Na planta da abobrinha existem flores femininas e flores masculinas. As flores  femininas tem o ovário que chamamos de abobrinha.  Botanicamente o ovário de uma planta que contêm as sementes é chamado de fruto.

Mas, como essas palavras, levantamos o seguinte: Nem todo fruto é fruta, mas toda fruta é um fruto.

A dúvida permanece não é mesmo? A resposta é fruto. Sim, a abobrinha é um fruto. Botanicamente o ovário de uma planta que contêm as sementes é chamado de fruto.

Pronto, a abobrinha é fruto! Assim como berinjela, pepino, chuchu entre outros.

Características da Abobrinha

A abobrinha é muito parecida com o pepino, embora botanicamente se encontre mais próxima da abóbora. Todas as variedades de abobrinha têm uma consistência interna branca ou amarelada, semelhante à do pepino, porém, mais consistente.

Morfologia da Abobrinha
Morfologia da Abobrinha

Por seu sabor agradável (ela lembra um pouco o sabor da noz) e suas propriedades dietoterapêuticas, a abobrinha ganhou merecida reputação ante as hortaliças.

Apesar de a abobrinha pertencer á mesma espécie botânica da abóbora, ela apresenta características próprias. Vamos a alguns exemplos:

  • Contém pouco betacaroteno – diferente da abóbora que é muito rica nessa provitamina.
  • Possui 1,16% de proteínas, quantidade muito semelhante à da abóbora.

Suas propriedades medicinais a fazem uma aliada ao emagrecimento e dietas hipocalóricas; os nutrientes variados (vitaminas, sais minerais e antioxidantes) tornam o seu consumo cheio de benefícios para saúde e uma das queridinhas entre nutricionistas.

O nome já indica um grau de parentesco com a abóbora – a diferença entre elas é que é colhida antes da polpa endurecer, de forma a apresentar maior composição de água e menos calorias para os consumidores do que a versão grande. Abaixo você confere as propriedades nutricionais deste alimento. Vamos conhecer um pouco mais desse produto, entre eles, a composição da abobrinha.

Origem da Abobrinha

A abobrinha tem suas origens na América do Norte (ao Sul) e no Peru, porém, é cultivada em quase todos os países do mundo.

No Brasil, a abobrinha é cultivada durante o ano todo nas Nordeste, Norte, Centro-Oeste e Sudeste. Na região Sul, seu plantio acontece apenas a partir de agosto.

Existem dois tipos de abobrinha encontradas no Brasil. Entre elas, podemos citar a abobrinha tipo menina e a abobrinha do tipo italiana. As cores também são variadas, podendo ser de coloração verde escuro, verde claro e até mesmo amarelo.

Nutrientes da Abobrinha

A abobrinha é um fruto com sabor muito apreciado, bem como, sua textura que é leve e por ser um alimento de baixa caloria, sendo que em 100g tem apenas 20kcal.

A abobrinha é rica em niacina e além de possuir vitaminas do complexo B, vitamina A, potássio, fósforo, cálcio, sódio e magnésio.

A abobrinha pode ser servida em salada, sendo crua, assim como pode ser refogada, assada, grelhada, frita e ainda pode compor diversos pratos como no suflê salgado, recheio da omelete e ainda pode fazer o papel da massa na lasanha e até ralada de comprido para fazer espaguete, sendo usada no lugar da massa também.

Ela é composta por grande quantidade de fibra e água, tornando-se um alimento de fácil digestão e muito importante para o trato intestinal, tem ainda uma ação vermífuga, sendo assim, excelente no controle de enjoos.

Propagação da Abobrinha

Sua propagação acontece por meio de sementes e estas são facilmente encontradas em lojas para produtos agropecuários, bem como em alguns supermercados.

O Cultivo da Abobrinha

Os agricultores dizem que o plantio da abobrinha pode ser feito em qualquer tipo de solo, porém, o solo arenoso e argiloso é o mais recomendado, sendo que o ph deve estar entre 6 e 6,5. A temperatura preferida para o seu cultivo fica em torno de 20 a 34 graus Celsius.

Propriedades da Abobrinha

A abobrinha destaca-se por suas propriedades emolientes sobre o aparelho Digestório devido ao seu conteúdo em mucilagem. Também é ligeiramente diurética, esses aspectos faz dela muito apropriado nos seguintes casos:

  • Dispepsia (má digestão)
  • Gastrite
  • Cólon irritável
  • Colite (inflamação do cólon)
  • Dietas de emagrecimento – ela contém muito pouco gordura e calorias, com uma considerável quantidade de proteínas.
  • Afecções cardiovasculares – é o caso de hipertensão arterial, arteriosclerose e afecções coronárias.

Composição da Abobrinha

Conheça abaixo, no quadro a seguir, a composição nutricional da abobrinha em sua versão italiana (por ser encontrada mais facilmente). Os valores sempre são considerados em cima de uma porção de 100 g em uma versão crua.

 

CÁLCIO 16 mg
CALORIAS 17 kcal
CARBOIDRATOS 3,11 g
FERRO 0,37 mg
FIBRA 1,5 g
FÓSFORO 38 mg
GORDURA TRANS 0
GORDURAS SATURADAS 0,084 g
GORDURAS TOTAIS 0,18 g
MAGNÉSIO 18 mg
POTÁSSIO 261 mg
PROTEÍNA 1,21 g
VITAMINA A 15 µg
VITAMINA B1 0,045 mg
VITAMINA B2 0,094 mg
VITAMINA B3 0,41 mg
VITAMINA C 14,9 mg
VITAMINA E 0,12 mg
VITAMINA K 4,3 µg

Abobrinha Emagrece?

A abobrinha, como qualquer alimento, não é capaz de promover o emagrecimento, pelo menos não isoladamente, porém, é uma boa opção para perder peso.

Rica em água e com valores insignificantes de gordura ela fornece a saciedade e, além de conter pouquíssimas calorias.

Uma abobrinha média crua tem somente 7g de carboidrato, sendo que destes 2g são somente de fibras, dessa forma, ela é bastante utilizada para quem segue a dieta low carb. Ela é capaz de proporcionar uma energia limpa, que dificilmente será acumulada no organismo em forma de gordura total ou localizada.

Veja também

Como Plantar Cravos por Estaca

A Grande Mudança da Nossa Espécie Os seres humanos, conhecidos cientificamente como Homo sapiens, é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *