Home / Natureza / Vulcão Etna – Última Erupção

Vulcão Etna – Última Erupção

Você sabe quando foi a última erupção do Vulcão Etna? A história desse gigante italiano é recheada de mistérios e curiosidades. Neste artigo vamos lhe apresentar as características, história, e claro, quando foi a última erupção do vulcão Etna. Confira!

Localização e História do Vulcão Etna

O Vulcão Etna localiza-se na Itália, mais precisamente na parte Oriental da Sicília, próximo as províncias de Catânia e Messina. A Sicília localiza-se no sul da Itália e é a maior ilha de todo o Mediterrâneo, tendo Palermo como cidade capital.

Com seus incríveis 3.350 metros de altitude e 35 km de base, o Etna é considerado o maior vulcão da Europa.  E junto com os vulcões Vesúvio e Stromboli, compõe o grupo dos três vulcões ativos da Itália. É considerado patrimônio histórico da UNESCO e o 5º maior vulcão ativo do mundo.

Ele possui uma formação de estimados 100 mil anos. Quando intensos movimentos no subsolo, o choque das placas tectônicas resultaram em enormes montanhas na superfície e algumas delas, foram caracterizadas como vulcão; isso porque a lava pode ser expelida pela cratera da montanha.

É fascinante encontrarmos a história de milhares de anos da Terra remontada e sobrepostas nas diferentes formações rochosas e tipos de solo.

As formações geológicas são muito antigas no que diz respeito a quantidade de anos atras que elas foram formadas, sendo assim, o tempo geológico nao pode ser comparado com o tempo humano, pois é muito mais antigo que qualquer ser humano que já tenha estado sob a superfície terrestre.

Para ter uma idéia, estima-se que a Terra tenha 4,5 bilhões de anos; que o Monte Roraima, localizado no Estado de Roraima, no Brasi,l possui uma idade de 2 bilhões de anos e ainda existem outras dezenas de formações milenares espalhadas pelo mundo; agora, a presença de humanos, os primeiros representantes datam de 200 mil anos atrás,mas quando falamos do homem inteligente estão apenas há 12 mil anos.

Podemos concluir que, se a idade da Terra fosse comparada a 1 dia inteiro (24 horas) a humanidade estaria apenas nos 3 minutos finais. A terra, as formações geológicas estão na superfície há milhões e milhões de anos, enquanto o humano acabou de chegar. 

Vulcão Etna – Características

Este monumento da natureza, de 3.350 metros de altura possui as bocas (crateras) no cume da motanha – Cratera do Sudeste, Cratera do Nordeste, Boca Nova e Voragem; com tamanho estimado de 200 metros cada uma.

Sua base é composta basicamente por acidentes de eventos pirocásticos, explosões, erupções ocorridas ao longo da presenção do vulcão na superfície terrestre.

O Vale do Bove é uma das principais estruturas do vulcão. Estima-se que ele foi formado há 15 mil anos a partir de intensas erupções e explosões que acarretaram no desmoronamento da parte lateral do vulcão. É uma imensa depressão que tem abertura para o mar.

Monte Etna na Itália
Monte Etna na Itália

A extensão do Vale do Bove é de 8 quilometros e a largura é de 5 km. É uma paisagem muito bonita, alta e que a partir de suas “marcas” causadas pelos eventos piroclásticos conta a sua história.

O Etna está situado em meio a duas placas tectônicas na rota de colisão. As placas são a Euroasiática e a Africana, que juntas resultam em imensas falhas na superfície terrestre e resultam nas atividades vulcânicas da região.

O que muitos nao sabem, é que o vulcão italiano em determinado período já esteve submerso em águas marítimas; estima-se que foi há mais de 500.000, onde suas mais antigas rochas revelam o passado da montanha.

Suas primeiras erupções eram em baixo do mar, ou seja, o magma expelido pelo vulcão tinha contato imediato com a água. Esse processo resultou nas “lavas em almofadas” que ficou conhecido em inglês como “pillow lavas” – lavas que tiveram rápido resfriamento em contato imediato com a água e resultaram em rochas esféricas, achatadas, alongadas de composição majoritariamente basáltica. O nome vem da aparência das rochas, que são muitas vezes redondas e assemelham-se às almofadas.

Se as erupções subaquáticas são datadas de estimados 500.000 anos, as erupções na superfície terrestre datam de 300.000 anos. Desde então o vulcão Etna nunca parou suas atividades; e há 15.000 anos intensificou-as, resultando em várias erupções em um curto período.

A Explosão Histórica do Vulcão Etna

Ela aconteceu em 1669 e é a maior erupção do vulcão já registrada. Foi uma explosão de ampla magnitude, que atingiu a cidade de Catânia e avançou para o mar. As erupções foram intensas durantes março e abril daquele ano, resultaram em caldeiras vulcânicas e no formato cônico do Monte Rossi.

As cinzas e as lavas do vulcão avançaram quilômetros de distância e deixou milhares de pessoas e sem teto e resultou na morte de 20 mil pessoas. Estima-se que outras 14 cidades e povoados sofreram impactos decorrentes das erupções vulcânicas.

A última forte erupção registrada pelo vulcão Etna foi em 2009, onde liberou cinzas, fumaça e lavas. Não foi tão intensa e devastadora, mas assustou e deu fortes sinais de que está ativo, vivo e que a qualquer momento pode explodir e devastar longas áreas.

Vulcão Etna – Última Erupção

No curso de sua história o vulcão Etna registra inúmeras erupções e explosões que foram de grande magnitude, mas nenhuma se compara a de 1669.

São frequentes as erupções ocorridas na região, pois o vulcão está em constante atividade no subsolo e na crosta terrestre. Quando as placas tectônicas se movimentam e chocam-se, o magma é movimentado e muitas vezes, ocorrem erupções que explodem e expelem magma há uma altura bastante elevada.

É um dos maiores vulcões em atividade do mundo. E o principal vulcão da Europa. O monte Etna praticamente domina a Ilha da Sicília, localizado ao Nordeste.

A última erupção deste vulcão é datada de março de 2017, isso mesmo, é um vulcão que está em atividade e entrou em erupção recentemente. Expeliu lavas, explosões incandescentes, cinzas e deixou a população Siciliana em alerta; porém, ocorreu tudo bem e a população não foi prejudicada, as lavas não afetaram a área da cidade e ninguém se feriu. 

E desde março desse ano vem tendo decorrentes explosões, que levou a equipe de vigilância do vulcão intensificar suas atividades para nao sofrerem com nenhum imprevisto.

Veja também

Estudantes de Ecologia

Técnico em Ecologia

O técnico em ecologia é a pessoa que desempenha várias tarefas técnicas no campo e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *