Home / Natureza / Urubu de Cabeça Branca

Urubu de Cabeça Branca

O urubu de cabeça branca é uma ave da espécie Trigonoceps occipitalis, pertencente à família Accipitridae, e é uma espécie de abutre que vive no continente africano. Pode ser facilmente encontrado nas regiões de savanas pousado nos galhos das árvores Baobás. É um tipo de ave que faz parte do grupo dos falconiformes, e diferente do que se pensa os urubus de cabeça branca na verdade não são urubus, mas sim uma espécie de abutre.

Abutre de Cabeça Branca
Abutre de Cabeça Branca

Porém recebe o nome de urubu por possuir a aparência e hábitos bem semelhantes à desses animais tão conhecidos por nós. São aves bem conhecidas também como pertencentes ao grupo dos abutres do velho mundo.

Características do Urubu de Cabeça Branca

Os abutres ou Urubus de Cabeça Branca, como são popularmente conhecidos por aqui, são animais relativamente grandes. Possuem cerca de 80 centímetros e pesam cerca de 5 quilos, podendo alcançar até 2,30 metros de envergadura. Diferente do que normalmente acontece, as fêmeas do Urubu de Cabeça Branca são mais pesadas que os machos.

Suas penas possuem coloração preta na região das costas e asas, que ao chegarem mais próximos dos seus pés e extremidade inferior das asas vão se mesclando junto às penas brancas. A cor de sua cabeça é predominantemente branca, exceto nas regiões onde há a ausência de penugem cuja coloração da pele é rosada.
O seu bico é forte e curvado, apresentando um tom azulado em sua base e laranja em sua extremidade. Suas pernas, assim como a região do rosto, possuem ausência de penugem, e apresentam coloração rosada.

A Alimentação do Urubu de Cabeça Branca

O urubu de cabeça branca tem hábitos alimentares necrófagos, ou seja, se alimentam do corpo de animais em decomposição. Possuem hábitos basicamente diurnos, e se mostram bem agressivos com outros urubus, abutres ou qualquer outro animal que queira compartilhar de seu alimento. Diferente do que ocorre com outras espécies, esta ave não aceita competir para conseguir seu alimento.

Urubu se Alimentando
Urubu se Alimentando

O seu bico, assim como a sua garra o ajudam abrir e explorar melhor a carcaça da qual irão se alimentar, além de permitir que eles possam caçar pequenos animais na natureza, como pequenos répteis por exemplo.

Outras Curiosidades

Como é possível observar, os Urubus de Cabeça Branca são animais bem exóticos e de costumes um pouco diferentes quando comparados a outras espécies, até mesmo da mesma família.

Essas aves costumam viver isoladas ou no máximo em casal, justamente pelo instinto agressivo que vem à tona quando vê a possibilidade de ter que dividir o seu alimento. Quando se reproduzem, essas aves procuram a parte mais alta dos Baobás para poder construir o seu ninho. Após construí-lo a fêmea põe apenas um único ovo, e fica ali, chocando o mesmo por um período de aproximadamente 56 dias, até que o seu filhote nasça.

Coloração do Urubu de Cabeça Branca Filhote
Coloração do Urubu de Cabeça Branca Filhote

O filhote de Urubu da Cabeça Branca possui coloração totalmente branca quando nasce, porém sua penugem vai escurecendo a medida que ele vai crescendo, até que ele fique com as mesmas características de um animal adulto. Além disto, assim como todas as aves pertencentes à família de abutres, o Urubu de Cabeça Branca se vale das correntes de ar a fim de realizar a economia de gasto energético. Suas asas são grandes e fortes, o que também permite que eles possam voar por muito mais tempo em busca de alimento ou durante a migração por exemplo.

A Diferença Entre Abutres e Urubus

Embora sejam animais com hábitos e aparências bem semelhantes, os urubus e os abutres são aves distintas. A fim de te ajudar a diferenciar um do outro, vamos citar algumas características específicas de cada uma dessas aves.

Abutres da Família Accipitridae na África
Abutres da Família Accipitridae na África

Os abutres são animais da família Accipitridae como já foi dito anteriormente, típicos do continente africano, europeu e asiático, por isso recebem o nome de abutres do velho mundo. Ao todo, existem documentadas dezesseis espécies deste animal espalhados pelo mundo, e embora se assemelhem aos urubus justamente pela aparência, podem também ser diferenciados por meio dela.

Os abutres são animais da família Accipitridae como já foi dito anteriormente, típicos do continente africano, europeu e asiático, por isso recebem o nome de abutres do velho mundo. Ao todo, existem documentadas dezesseis espécies deste animal espalhados pelo mundo, e embora se assemelhem aos urubus justamente pela aparência, podem também ser diferenciados por meio dela.
Os abutres têm como características o tamanho relativamente maior que os urubus, assim como bicos e garras anatomicamente diferentes e com características mais fortes e propensas a caça. Além disto, possuem uma excelente visão que é uma das principais ferramentas utilizadas para auxiliá-lo na alimentação, a fim de identificar o seu alimento ou possível alvo de caça enquanto plaina.

Já os urubus, são conhecidos como os abutres do novo mundo, por habitarem exclusivamente o continente americano. São aves que pertencem à família Cathartidae, assim como os condores. Ao todo, estão documentadas a existência de apenas cinco espécies dessa ave.
Como características possuem um tamanho médio em relação aos abutres, e diferente destes possuem o bico e as garras nem um pouco fortes. Diferente dos abutres, a principal ferramenta que utilizam para procurar alimento é o seu olfato, embora também tenham uma boa visão.

Fora isto possui hábitos semelhantes, como a alimentação, baseada no consumo de animais em decomposição e o aproveitamento das correntes de ar para poupar o gasto de energia.

Risco de Extinção

Infelizmente, os Urubus de Cabeça Branca também se encontram vulneráveis á extinção, uma vez que além de sofrer com a degradação do meio em que vive, perdendo seu habitat devido à falta de consciência humana, também são afetados pela extinção e caça de outros animais da savana africana que serviam como fonte de alimento para essas belíssimas aves.
Fora isto, ainda existe o envenenamento como fator preocupante para a manutenção da espécie. A população vem diminuindo em um ritmo rápido, sendo quase que completamente extinta em alguns lugares devido ao envenenamento local de alguns grupos de Urubus de Cabeça Branca.
Assim como qualquer animal, essas aves possuem uma importante função no equilíbrio do ecossistema, sendo responsáveis pelo controle da quantidade de matéria orgânica em decomposição exposta ao meio ambiente, controlando através de sua alimentação a disseminação de doenças e até mesmo o controle do número de animais, como os pequenos roedores do qual se alimenta, evitando que os mesmos aumentem a sua população em demasia, o que salienta ainda mais a importância da preservação da espécie.

Veja também

Principais Características do Agroecossistema

Como bem sabemos, todo o setor agropecuário é a base da nossa alimentação desde muitos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *