Home / Natureza / Tudo Sobre o Vulcão Popocatépetl

Tudo Sobre o Vulcão Popocatépetl

Considerado o segundo vulcão mais alto do México, o vulcão Popocatépetl é um estratovulcão em plena atividade.

Ele é monitorado 24 horas por dia por 4 câmeras de vídeo que fiscalizam a sua atividade. Essa grande preocupação do governo local deve-se ao fato de que 27 milhões de pessoas habitam um raio de até 100 quilômetros em relação a esse vulcão, e, quando ele entra em erupção, libera fluxos piroclástico que podem atingir longas distâncias.

O vulcão Popocatépetl é responsável por deixar a população do centro do México em estado de sobressalto constante. Muitos alarmes estão atualmente instalados nas localidades próximas ao vulcão, prontos para serem ligados no momento em que o mesmo entrar em atividade.

A última erupção do vulcão Popocatépetl ocorreu no ano passado (2017), mais precisamente na data de 19 de Setembro, resultando no catastrófico número de 330 mortes.

Neste artigo, você descobrirá tudo sobre o vulcão Popocatépetl, suas curiosidades e características.

Então venha conosco, e boa leitura.

Vulcão Popocatépetl: Características

O vulcão Popocatépetl possui 5426 metros de altitude da base ao cume. A montanha deste vulcão é considerada a segunda mais alta do México. O primeiro lugar fica a cargo do Pico de Orizaba ou Citlaltépetl, com 5610 metros de altitude.

O formato do vulcão Popocatépetl o classifica como um estratovulcão.

Os estratovulcões são conhecidos pela grande violência nas erupções. Podem ser chamados de vulcões compostos por apresentar alternância de camadas em sua estrutura, as quais correspondem a fluxos de lava arrefecida, cinza e blocos de pedra que não foram derretidos.

Nos estratovulcões, existe um sistema de condução da lava conectado a uma câmara magmática localizada abaixo da superfície. Lembrando que quando o material vulcânico está presente nesta câmara, ele recebe o nome de magma; e quando é ejetado para fora do vulcão, é chamado de lava.

A grande intensidade das erupções de estratovulcões deve-se ao aumento da pressão no interior da câmara magmática, geralmente pelo acúmulo de gazes e outros materiais. Como consequência a esse aumento de pressão, o magma é expelido com grande impulso, podendo gerar, inclusive, fluxos piroclásticos.

O grande potencial de letalidade dos estratovulcões está, na verdade, ligado aos fluxos piroclásticos.

Os fluxos piroclásticos são partículas compostas por cinza, pedra e gases quentes capazes de viajar em altíssima velocidade, podendo até mesmo atingir 160 Km por hora (velocidade superior a de uma carro em movimento). Os gases quentes, frequentemente, detém temperaturas extremamente elevadas, com valores mínimos de 100 graus Celsius e valores máximos 1500 graus Celsius.

A maioria das erupções vulcânicas com fluxos piroclástico resulta em mortes, exceto nos casos em que há evacuação prévia da população que habita os arredores.

Vulcão Popocatépetl: Localização Geográfica

Vulcão Popocatépetl no Mapa
Vulcão Popocatépetl no Mapa

O vulcão Popocatépetl está posicionado na região de fronteira entre 3 estados mexicanos, são eles o estado de Morelos, o estado de Puebla e o estado do México.

O estado de Morelos tem aproximadamente 1,9 milhões de habitantes, e a capital é a cidade de Cuernavaca. O estado de Puebla possui 6,169 milhões de habitantes, e a capital é a cidade de Puebla de Zaragoza. O estado do México é o estado mais populoso do país, com mais de 14 milhões de habitantes, sua capital é a cidade de Toluca.

O estado de Morelo e do México situam-se na região central do país; enquanto que o estado de Puebla está localizado no centro-sul.

O vulcão Popocatépetl está posicionado a exatos 70 quilômetros da Cidade do México. Esta cidade, anteriormente conhecida como Distrito Federal, é capital do país e a sede dos poderes federais dos estados. Ao todo, o México possui 32 estados (ou unidades federativas), incluindo o seu ‘Distrito Federal’ (cidade do México.

O vulcão Popocatépetl está dentro do Parque Nacional Izta-Popo Zoquiapan. Este parque foi criado no ano de 1935, atualmente ele é administrado pela CONANP (Comissão Nacional de Áreas Naturais Protegidas). Esta comissão administradora é um órgão federal da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais.

O Parque Nacional possui uma área de extensão de 40.000 hectares. Ele abriga, além do vulcão Popocatépetl, o vulcão Iztaccíhuatl.

Vulcão Popocatépetl: Etimologia

Na língua local náuatle, Popocatépl significa “montanha fumegante”, em alusão à sua intensa atividade.

O idioma náuatle também pode ser chamado de asteca ou mexicano na sua fase clássica, pertence ao grupo amerindígena chamado família uto-asteca.

O povo indígena náuatle tem uma ampla distribuição ao longo das altas planícies mexicanas, e em algumas áreas da América Central.

Vulcão Popocatépetl: A Erupção de 19 de Setembro de 2017

No dia 19 de Setembro, um terremoto de magnitude compreendida em 7,1 graus atingiu a área central do México. Esse terremoto precipitou a erupção do vulcão Popocatépetl que estava prevista apenas para o mês seguinte (Outubro). No entanto, o tremor de terra, somado à alta pressão exercida no interior da câmara magmática foram suficientes para resultar em erupção.

Os ventos foram responsáveis para que a chuva de cinzas se deslocassem em direção à cidade de Morelos. Esta cidade, inclusive, também foi uma das mais atingidas pelo terremoto.

O terremoto gerou danos estruturais e rachaduras em muitos edifícios do local; algumas cinzas vulcânicas também se depositaram no telhado desses prédios. A recomendação do governo local é proceder a retirada dessas cinzas, pois com as chuvas, elas podem ficar mais pesadas e ocasionar desabamentos.

Vulcão Popocatepetl no México
Vulcão Popocatepetl no México

Durante a erupção de 2017, muitos fragmentos incandescentes foram expelidos a uma distância de 600 metros a 1 quilômetro de distância.

A atividade vulcânica se extendeu por aproximadamente 6 horas. As cinzas chegaram até 5 aldeias da cidade de Morelo, dentre elas Atlatlahuacán, Ocuituco, Oaxtepec, Jiutepec, Yautepec. No Estado do México, as aldeias atingidas foram Ecatzingo e Atlautla.

Esta erupção foi tão intensa que gerou alteações na profundidade e diâmetro da cratera do vulcão Popocatépetl. Este veredito foi emitido por especialistas que pertencem ao Centro Nacional de Prevenção de Desastres (CENAPRED). As atuais medidas da cratera são de 370 metros de diâmetro e 110 metros de profundidade.

Vulcão Popocatépetl: Histórico de Erupções

No dia 15 de Junho de 1999, também desencadeado por um tremor de terra de magnitude semelhante à registrada no episódio de 2017, o vulcão registrou uma intensa erupção. Esta erupção foi reproduzida novamente um ano depois, em 2000.

*

Agora, que você já sabe tudo sobre o vulcão Popocatépetl, inclusive sobre a sua última erupção, continue conosco e conheça outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

FLORES, E. Um dos maiores vulcões do México sofreu alteração significativa após erupção. Disponível em: < https://br.sputniknews.com/americas/201711279938986-vulcao-mexico-popocatepetl-erupcao-cratera-video/>;

REINA, E. El País. Vulcão Popocatépel entra em atividade após terremoto no México. Disponível em: < https://brasil.elpais.com/brasil/2017/09/27/internacional/1506532860_263006.html>;

Wikipedia in English. Izta-Popo Zoquiapan National Park. Disponível em: < https://en.wikipedia.org/wiki/Izta-Popo_Zoquiapan_National_Park>.

Veja também

A Importância do Ar Para a Saúde

A importância do ar para a saúde está no fato de que é nele que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *