Home / Natureza / Tipos de Brócolis: Nomes

Tipos de Brócolis: Nomes

Brócolis: Um Alimento Poderoso

O brócolis é um alimento consumido há muito tempo, existem registros que já no Império Romano o alimento fazia parte da dieta do povo. É de origem europeia, da região do mediterrâneo. É um excelente alimento para nosso corpo. Era considerado pelos romanos como um alimento poderoso e valioso.

É um vegetal rico em vitaminas e mineiras, vitaminas A, B, C, além de ser fonte importantíssima de ferro, zinco, cálcio e potássio. Possui também um índice de calorias baixíssimo.

Contém ações antioxidantes, é um ótimo defensor do nosso organismo, nos previne de doenças do coração como derrame e catarata, além de combater câncer de mama, de colo e de pulmão. Além de ser ótimo para gravidas, possuir função “detox”, ajuda em problemas da vesícula, previne problemas no estomago, preserva também a saúde dos olhos, além de nos ajudar a emagrecer. Podemos ver que é um alimento rico em nutrientes.

Possui pouquíssimas calorias. Em 100 gramas do vegetal existem apenas 36 calorias. Além de possuir nestas mesmas 100 gramas, 7,14 gramas são de carboidratos, outras 2,37 gramas presentes em proteínas, possui, apenas 0,41 gramas de gorduras totais.

Brócolis Cortado
Brócolis Cortado

Possui taxa zero quando falamos em Colesterol. Já em fibras possui 3,3 gramas, 89,2 miligramas de Vitamina C e 623 IU em Vitamina A.

Estão presentes 47 miligramas de Cálcio, 0,7 miligramas de Ferro e 21 miligramas de Magnésio em 100 gramas de Brócolis. Todas estas qualidades resultam em diversos benefícios e proteção do nosso organismo.

Mas o consumo do mesmo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), deve ser moderado, não é recomendado comê-lo todos os dias, ainda mais quando falamos em pessoas com problemas na tireoide, pois o alimento é capaz de bloquear o iodo, tanto na sua utilização dentro do organismo, quanto na sua absorção, que acabam por reter algumas atividades da glândula tireoide.

Tudo o que consideramos saudável deve ser balanceado, não é porque o alimento é saudável que vamos apenas nos alimentar dele. Procure manter uma dieta equilibrada, os brócolis podem ser apenas mais um alimento presente na sua dieta, de preferencia sempre para o equilíbrio e para a mistura de vários legumes, cereais, grãos, frutas e verduras, etc.

É da mesma família que o repolho e a couve, a Brassicaceae, a família das herbáceas, que são plantas que possuem um caule lenhoso ou flexível, sua altura pode variar entre 1 ou no máximo 2 metros. Possuem um ciclo biológico bienal e perene, são plantas que demoram 24 meses para completar seu ciclo de vida biológico. O brócolis não suportam temperaturas muito altas, existem espécies que preferem climas até 23 graus e outras que aguentam até 27.

Pode-se consumi-lo desde suas folhas, suas flores e tanto os pedúnculos florais. O recomendado é que quando colhido, o brócolis deve ser consumido rapidamente, pois tem uma vida muito curta após a colheita, podendo causar alterações na cor, no sabor e no aroma.

Faz parte das hortaliças que possuem a menor durabilidade, podendo ficar com as folhas amarelas e acabando por ficar murchas muito depressa. Quando compra-la em supermercados é recomendado que o consumisse no mesmo dia, pois possuem um risco de vulnerabilidade muito alto. Porém você pode congela-lo, de preferencia os brócolis-cabeça, estes são os mais indicados para congelamento.

Geralmente são consumidos cozidos, mas quando se deseja preservar os nutrientes do vegetal o recomendado é que seja consumido cru, que também fica com um gosto muito agradável, da para comê-los em suflês e saladas.

Hoje em dia o vegetal é muito cultivado na Índia e na China, onde obtém sua maior produção e venda. A china em 2008 produziu 5.800.000 toneladas do produto. O Brasil é o maior cultivador da América do Sul. Tendo uma média de produção de 290.000 toneladas por ano, 48% de toda a produção do continente, seguido por Equador, que produz 23% e Peru, que produz 9%.

Tipos de Brócolis

Existem dois tipos de brócolis mais consumidos no mundo. São eles: os brócolis de rama, e os brócolis de cabeça. A principal diferença entre eles está no visual e no sabor, já que ambos são riquíssimos em nutrientes da mesma forma.

Brócolis de Cabeça

Brócolis de Cabeça
Brócolis de Cabeça

Os brócolis de cabeça também são conhecidos como brócolis ninja ou brócolis japoneses, que são os vegetais que possuem uma única cabeça, o talo é mais grosso e possui pouquíssimas folhas. Este também é vendido congelado. Possui uma cor verde um pouco mais claro. Pode ser consumido tanto cozido quanto cru.

Brócolis de Ramas

Brócolis de Ramas
Brócolis de Ramas

Outra variedade é o de ramas, que é conhecido também como brócolis comum, que é muito encontrado no Brasil em feiras e mercados, ele possui diferentes talos, e muitas folhas, diferente dos brócolis de cabeça. Além do visual, o que devemos levar em consideração é o sabor, pois possuem gostos diferentes, sendo necessário o consumo de ambos para saber qual é o de sua preferencia.

Porém estas duas variedades sofreram muitas mutações genéticas ao longo do tempo, variações feitas por cientistas e estudiosos do vegetal, transformando-os, deixando-os com diferentes sabores, aromas e características especificas.

Outras Variedades

Estas transformações resultaram em diferentes tipos de brócolis, como o Brócolis Calabresa, o Brócolis Chinês, Roxo, Rapini, Bimi, o Romanesco, dentre outras diversas espécies.

O brócolis Chinês é muito usada na culinária asiática, em yakisobas. Possui coloração verde escura e seus ramos são mais extensos.

Yakisoba Com Carne e Brócolis
Yakisoba Com Carne e Brócolis

Na Europa outra variedade muito utilizada é o Romanesco.  Sua mutação resulta do cruzamento entre Brócolis e a Couve Flor. Sua textura lembra muitas vezes uma couve-flor, é saboroso e seu gosto é leve. Esta variedade não é tão comercializada no Brasil como as outras, sendo mais difícil de encontrar em mercados e feiras.

Um dos mais comuns que existem é o brócolis americano, que também são conhecidos como ninja ou japonês, este que nos lembra duma pequena arvore, todo verde, com a copa cheia e cabeças grossas e maduras.

O Brócolis roxo é outra variação decorrente da mistura dos tipos de brócolis, estes possuem suas hastes, seu sabor e suas características semelhantes ao brócolis comum. A tendência é após o cozinha-lo, ele assuma a coloração verde.

Outras variação decorrente das mutações genéticas é o Rapini, também conhecido como Raab, este é ramoso, espesso e comprido, ao invés de possuir uma única cabeça como o brócolis japonês ou americano, possui diversas cabeças pequenas, assemelha-se mais ao Brócolis Chinês.

Veja também

Um Solo Argiloso Pode ser Humífero?

Quem mexe com jardinagem encontra alguns impasses pelo caminho. Um deles é justamente este: o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *