Home / Natureza / Sintomas da Picada de Cobra Coral

Sintomas da Picada de Cobra Coral

No Brasil, as cobras corais têm maior concentração no Sul e Sudeste, indo do Paraná até o Rio Grande do Sul, fazendo parte ainda de Países fronteiriços, como o Uruguai, Paraguai e Argentina.

A cobra coral se encontra em florestas densas, onde essas sempre rastejam por debaixo das folhas ou se estabelecem em covas e buracos, longe da visão de outras cobras menores e roedores, que fazem parte de seu cardápio. Essas cobras também sobem em árvores e são encontradas enroladas em seus galhos.

O veneno da cobra coral é um dos mais fortes que existe na natureza, porém, não é considerado o mais letal pelo fato de que o processo para efeito é mais demorado do que o de outras cobras, como o da Mamba-Negra e o da Cascavel, por exemplo.

Seu tamanho pode chegar a até um metro, e sua alimentação é ofiófaga (quando os animais se alimentam de serpentes). São seres ovíparos, e além disso também comem ovos de outros animais. São cobras que possuem dentição proteróglifa, onde os dentes cerrados são curvados para trás.

Diferença da Cobra Coral Para Outras Cobras Que Possuem a Mesma Coloração

A Cobra Coral é comumente confundida com outras cobras que possuem as mesmas cores, pois todas possuem partes vermelhas, pretas, amarelas e brancas. A maioria das cobras que possuem essas cores são chamadas de Falsas Corais ou Corais Falsas, e nenhuma delas é venenosa. Por outro lado, a verdadeira Cobra Coral é peçonhenta e seu veneno pode causar estragos fatais a humanos e animais.

É importante, ao avistar uma cobra com as cores da cobra coral, evitar o contato, pois é muito difícil, a olho nu, em meio ao mato, saber dizer se a cobra em questão é coral verdadeira ou coral falsa, e por esse motivo deve-se, como medida de precaução, evita-las. Se houver uma mordida de uma cobra coral falsa não haverá necessidade de socorro urgente, porém, se a cobra em questão for uma cobra coral verdadeira, o socorro deve ser imediato.

Uma dica importante para identificar uma cobra coral verdadeira, é ver as suas listras. Uma cobra coral autêntica sempre terá a cor vermelha e preta separada por uma listra fina amarela ou branca, enquanto uma cobra coral falsa terá a parte vermelha e a parte preta juntas para depois vir a listra amarela. Mas como foi dito, analisar isso em meio ao mato, com a visibilidade prejudicada pelo ambiente externo e levando em consideração o nervosismo do momento, é uma má ideia tentar adivinhar se é uma cobra autêntica ou não.

Qualquer profissional com entendimento em serpentes não dará um veredito final em relação à diferença entre as cobras falsas e autênticas, porque existem padrões que são intercambiáveis dentre as espécies. Isto é, por mais diferenças que possam haver, sempre haverá uma cobra que será considerada autêntica por suas características visuais, mas que, na verdade, será uma coral falsa.

Principais Sintomas em Humanos e Animais

Após a picada de uma cobra coral a vítima não sentirá nenhuma dor, exceto a pequena dor dos furos promovidos pelas presas da cobra. Porém, em questão de minutos, a região picada começará a ficar anestesiada e logo uma dor causticante terá início, e é a partir desse momento que os sintomas verdadeiros entrarão em progresso.

Sendo assim, após a picada de uma cobra coral, a vítima não sentirá diferença nenhuma, e muitas pessoas acabam achando que a picada foi feita por uma cobra coral falsa.

Os sintomas que surgem após a região começar a ficar anestesiada são:

– Desconforto estomacal e enjoo, seguido de vômito;
– Mudança na coloração da pele, ficando a vítima nitidamente pálida;
– Pálpebras insustentáveis; a vítima não conseguirá manter os olhos abertos;
– Dor intensa após sensação de anestesia;
– Dificuldade para engolir;
– Dificuldade para respirar;
– Dor de cabeça intensa;
– Paralisia.

Em animais, ainda há alguns sintomas que podem ser notados, como:

– Salivação anormal (Sialorreia);
– Respiração anormal (Taquipnea);
– Descontrole dos movimentos (Distaxia);
– Fraqueza;
– Reflexos lentos;
– Perda de voz (a voz fica extremamente fraca).

Em um estado final do veneno na corrente sanguínea, os espasmos musculares e a paralisia serão os últimos sintomas.

Medidas Necessárias Após a Picada de Uma Cobra Coral Autêntica

Os passos a serem tomados após a picada é de extrema importância para a sobrevivência da vítima.

Países onde a cobra existe em número significativo sempre terão hospitais que fornecerão o antídoto em uma dose suficientemente boa ao paciente, mas é possível que isso não ocorra tão prontamente, dessa forma é importante sempre anotar o horário em que houve a picada, dessa forma os profissionais saberão identificar com mais facilidade o estágio do veneno e a dose equivalente a ser aplicada. Dessa forma, é aconselhável seguir os passos abaixo:

– Ligar para a emergência;
– Anotar o horário da picada;
– Não se movimentar, pois isso facilitará a locomoção do veneno na corrente sanguínea;
– Se possível, analisar com detalhes a cobra para facilitar o tratamento, pois quanto mais informação, mais prático é para lidar com o veneno.

Extraindo Veneno de Uma Cobra Coral
Extraindo Veneno de Uma Cobra Coral

Não obstante essas informações, é necessário, também, ter ideia do que não fazer na hora do desespero, pois algumas dicas são comumente espalhadas entre as pessoas, como, por exemplo, extrair o veneno da cobra através de sucção oral (literalmente, chupar o veneno no local da picada). Isso não deve ser feito em nenhuma ocasião. Analise abaixo as medidas sobre o que não deve ser feito quando há uma picada de cobra coral:

– Passar álcool ou bebidas alcoólicas no local;
– Fazer bandagens;
– Colocar a boca no local da picada;
– Fazer a vítima andar ou realizar movimentos;
– Matar a cobra (lembrando que ela não fez nada de propósito, é simplesmente um animal na natureza);

O Veneno Mais Forte Do Brasil

A Cobra Coral está em primeiro lugar como cobra mais peçonhenta do País, sendo seguida pela cobra Cascavel. É importante entender que a picada de uma cobra coral pode levar à uma morte agonizante se não for tratada com emergência.

Se uma cobra coral for avistada em um local habitado por pessoas, a polícia ambiental deve ser acionada para capturar essa cobra e levar ao órgão responsável mais próximo e se deve tomar muito cuidado com as cobras corais dentro de comunidades, pois os animais podem ser vítimas do veneno da cobra também.

Veja também

Um Solo Argiloso Pode ser Humífero?

Quem mexe com jardinagem encontra alguns impasses pelo caminho. Um deles é justamente este: o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *