Home / Natureza / Parque Yellowstone Mortes

Parque Yellowstone Mortes

Em agosto ou setembro desse ano a guarda florestal do Parque Nacional de Yellowstone foi obrigada a prender um turista que ignorou todas as placas de aviso e se aproximou demais da fonte do Old Faithful, a ponto de aparentemente urinar nela e deitar de bruços pondo a cabeça pra dentro do gêiser. Ser preso foi o menor castigo que ele recebeu.

Aproximadamente 96% da área terrestre do Parque Nacional de Yellowstone está localizada no estado de Wyoming. Outros três por cento estão dentro de Montana, com o um por cento restante em Idaho. Yellowstone cobre 898.317 hectares de terra, maior do que os estados de Rhode Island ou Delaware, nos EUA. O parque fica no planalto de Yellowstone, a uma altitude média de 2.400 metros acima do nível do mar.

Parque Yellowstone: Caldeirão da Morte

O parque fica no topo de um grande super vulcão com uma reserva de magma tão gigantesca que sua erupção poderia causar estragos em todo o continente. Os cientistas não esperam uma erupção nos próximos milhares de anos. O parque é o lar de mais de 10.000 hidrotermais e metade dos gêiseres do mundo, muitos dos quais são tão adstringentes que um mergulho em um deles seria como um mergulho em ácido de bateria.

Há muitas maneiras diferentes de ser morto neste parque Yellowstone. É um ambiente implacável. É uma verdadeira área selvagem. Na verdade, todos os parques nacionais, onde a abundância de estradas pavimentadas, acampamentos preparados e guardas-florestais amigáveis ​​pode fazer a natureza se sentir completamente civilizada, pode fazer o turista esquecer que o ambiente natural e livre ainda representa riscos, seja devido a acidentes esquisitos ou incidentes por conta de decisões lamentáveis e imprudentes.

Nem Pense em Dar um Mergulho

Em junho de 2016 um jovem de Portland, com apenas 23 anos, saiu dos passadiços designados, os limites demarcados para turistas no parque Yellowstone, e caiu em uma das águas quentes do parque. A água a aproximadamente 100 graus celsius, provavelmente o cozinhou e matou em instantes. O Yellowstone está entre os parques nacionais mais perigosos e a morte desse rapaz foi a 22º já registrado na história dos cativantes e perigosos gêiseres térmicos do parque.

As autoridades acham que ele e sua irmã estavam provavelmente tentando dar um mergulho ilícito em um dos icônicos recursos geotérmicos do parque. Seu corpo nunca foi recuperado da piscina. As autoridades acreditam que a água ácida e extremamente quente provavelmente dissolveu seus restos mortais. A irmã nada sofreu mas levou pra casa um trauma do qual talvez nunca mais se livre.

Tragédia no Parque Yeallowstone
Tragédia no Parque Yeallowstone

Pelo menos 22 pessoas morreram e muitas outras ficaram feridas nessas maravilhas naturais desde o início do parque. Isso inclui três funcionários do parque que pularam em uma fonte termal no escuro, pensando que era apenas um pequeno riacho. Um morreu e dois foram severamente queimados. Outro jovem morreu depois de mergulhar de cabeça na piscina de 100 graus, a Celestine, em uma tentativa de salvar o cachorro de seus amigos. A primeira vítima registrada das fontes termais foi um menino de sete anos de idade em 1890, e o número total de ferimentos relacionados a gêiseres é provavelmente muito maior.

Não se Esqueça dos Ursos

Os ataques dos ursos pardos são outro perigo de grande visibilidade em Yellowstone, e cada incidente abre novamente o debate sobre a eutanásia do animal responsável. Desde 1980, houve em média apenas um desses ataques por ano, e as vítimas costumam se esquivar de ferimentos fatais. Apenas oito pessoas foram mortas por ursos no parque, embora 2011 tenha visto um par bizarro de ataques mortais a poucos quilômetros um do outro. Um urso conhecido como a “wapiti pig” que acreditaram ser o responsável foi capturado e morto , embora evidências posteriores tenham levantado dúvidas sobre seu envolvimento na segunda morte.

Estima-se que 600 ursos pardos vivem no Ecossistema Greater Yellowstone, com mais da metade da população vivendo em Yellowstone. Os ursos negros são comuns no parque e eram um símbolo do parque devido à interação do visitante com os ursos a partir de 1910. A alimentação e o contato próximo com os ursos não são permitidos desde a década de 1960 para reduzir seu desejo por alimentos humanos. Yellowstone é um dos poucos lugares nos Estados Unidos onde os ursos negros podem ser vistos coexistindo com ursos pardos. Observações de ursos negros ocorrem mais frequentemente nas faixas norte do parque e na área de Bechler, que fica no canto sudoeste do parque.

Ainda Outros Perigos

Há outros perigos mais aleatórios em Yellowstone. Um guarda florestal foi morto na década de 1920 depois de identificar erroneamente e comer as raízes venenosas de uma planta de cicuta, um casal morreu depois de atirar o carro de um penhasco, e um trabalhador no parque morreu depois de ser exposto a gás tóxico de sulfeto de hidrogênio num buraco. Quedas, exposição a altas temperaturas e afogamento também mataram pessoas no parque.

E mesmo que você nunca visite Yellowstone, você não está imune aos seus perigos se mora nos Estados Unidos. A cada poucos anos, alguém soa o alarme sobre o “supervulcão” de Yellowstone entrar em erupção, acabando com a civilização na América do Norte. A evidência de tal erupção em nossas vidas, ou a qualquer momento nos próximos milênios, é pequena. As probabilidades são de uma em 700.000 para qualquer ano. Mas se acontecer…

Os cientistas estão usando um helicóptero equipado com um dispositivo eletromagnético em forma de arco para entender melhor o comportamento de uma câmara de magma sob Yellowstone. No ano passado, os cientistas descobriram que esse enorme reservatório era quatro vezes maior do que o previsto. Isso não significa que o supervulcão seja mais perigoso, no entanto. O reservatório está lá há muito tempo e não está aumentando. Mas ainda não foi examinado de perto até agora.

Águas termais ferventes e câmaras gigantes de magma nos lembram que dar um tapa na selva com uma designação de parque nacional não a doma. Mais de 99 por cento do Yellowstone é puro sertão, e provavelmente continuará assim. Um historiador do parque afirmou: “É assim que se deve tratar um lugar como esse. Pode parecer loucura mas estamos protegendo aqui a selvageria de um ecossistema”.

Veja também

Principais Características do Agroecossistema

Como bem sabemos, todo o setor agropecuário é a base da nossa alimentação desde muitos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *