Home / Natureza / Nome Científico da Bananeira-de-Jardim

Nome Científico da Bananeira-de-Jardim

Esse tipo de bananeira recebe esse nome por ser uma espécie da planta que chama atenção por seus formatos e cores, que são diferentes das bananeiras rústicas e selvagens.

Existem subgrupos da bananeira-de-jardim, por isso não existe apenas um tipo, mas variações que ocorrem devido aos ambientes externos, localização geográfica e riqueza do solo, além das mutações genéticas ocorridas pelo intermédio de atividades humanas, que geram polinizações e fertilizações entre espécies para criar novas subespécies.

As variedades de bananas são enormes, e é sempre possível observar pessoas com dúvidas sobre quais bananas são quais em um mercado. O fato é que as bananas vão muito além das bananas encontradas em mercados e feiras.

Para se ter ideia, a banana atravessa mais de mil variedades, algumas encontradas somente no Brasil e outras somente em outros locais do mundo.

A banana comercial é um dos poucos frutos do mundo que não possuem sementes, mas a maioria das bananas selvagens apresentam várias sementes.

A banana comercial é um fruto partenocárpico, pois é um fruto que se dá sem a necessidade de fecundação. Isso é algo raro na natureza, mas a banana comercial faz isso normalmente, seja de forma natural ou induzida artificialmente.

Nome Científico da Bananeira-de-Jardim e Algumas Subespécies

O nome científico da banana-comum é Musa spp, e faz parte da família Musaceae, assim como a maioria das bananeiras-de-jardim. Assim, como existe um número grande de tipos de bananeiras-de-jardim, aqui será listado as principais bananeiras-de-jardim, que são as mais utilizadas em ornamentações.

1. Musa Ornata

Musa Ornata
Musa Ornata

Conhecida como bananeira-de-jardim, banana-royal e bananeira-ornamental, é uma bananeira que possui uma flor roxa de aspecto incrível, e é usada para ornamentar lugares privados e públicos. Sua origem é asiática, mas atualmente está distribuída pelo mundo inteiro.

2. Heliconia Rostrata

 Heliconia Rostrata
Heliconia Rostrata

É um tipo de bananeira-de-jardim, ou bananeira-ornamental que enche os olhos por sua extrema beleza. Também é conhecida como bananeira-do-brejo ou banana-papagaio. Pode ser encontrada nas regiões norte da América do Sul.

3. Canna x Generalis

Canna x Generalis
Canna x Generalis

A bananeira-da-Índia, também conhecida por cana-do-brejo, cana-Índica e bananeirinha-de-jardim é uma variação genética da planta. Diferentemente das outras, a bananeirinha-de-jardim faz parte da família Cannaceae.

4. Musa Velutina

Musa Velutina
Musa Velutina

Chamam a atenção pela sua cor roxa. É dela que a fama de potássio nas bananas tem origem. Também é chamada de bananeiras, figueiras-de-Adão e pacobeiras.

5. Musa Coccinea

Musa Coccinea
Musa Coccinea

Uma bananeira que parece ser artificial, pois sua cor vermelha não é encontrada com tanta ênfase na natureza. Também é chamada de bananeira-escarlate e bananeira-vermelha.

Como Obter e Plantar Bananeira-de-Jardim?

Se a intenção for ter um contato mais próximo com as bananeiras-de-jardim, é possível fazer a aquisição das mesmas comprando suas sementes de vendedores confiáveis.

É possível ornamentar um jardim com as mais belas variedades de bananeiras-de-jardim, basta encontrar suas sementes no local correto.

Em muitos casos, a venda das sementes de bananeira-de-jardim é feita junto com um manual de instruções, para que as pessoas saibam manejar o plantio, já que as sementes e mudas de bananas não-comerciais não são tão baratas.

O tempo de germinação das sementes varia dependendo da espécie, onde algumas podem começar a germinar com um mês, enquanto outras, maiores, levam cerca de 3 meses.

Os preços das mudas ou sementes variarão dependo da incidência da planta. Quanto mais difícil de encontrar a planta, mais cara sua muda ou suas sementes.

Antes de realizar o plantio da bananeira-de-jardim, é importante pesquisar sobre a variedade que será plantada, pois o ambiente tem que ser ideal para seu desenvolvimento pleno.

Algumas variedades podem exigir solos mais áridos que outros, ou até mesmo temperaturas diferentes.

As bananeiras-de-jardim são caracterizadas pelo modo invasivo que se comportam, podendo invadir e matar áreas de outras plantas, por isso é altamente indicado que haja a poda constante de suas ramificações, para que as mesmas não se alastrem pelo jardim e acabem coletando todos os recursos de subsistência das plantas aos arredores.

O Fruto da Bananeira-de-Jardim é Comestível?

Muito se pergunta sobre os frutos das bananas-de-jardim, pois as bananas são diferentes das bananas convencionais.

As bananas convencionais são as comercializadas pelo mundo inteiro, como a banana-da-terra, a banana-prata e a banana-maçã, por exemplo. Mas quando falamos de bananeiras-ornamentais, seus frutos assumem características e formatos diferentes, como cores não-convencionais e sementes, coisa que muitas pessoas acreditavam não possuir.

A banana comercial é um fruto gerado sem a fecundação de uma flor, mas as bananas selvagens são frutos provenientes de uma planta, que possui uma flor e que há a polinização e fecundação da mesma, gerando sementes frutíferas que perpetuarão a existência da planta na natureza.

Existe até mesmo bananeira-de-bonsai, que pode ser cultivada em vasos e ainda geram bananas que podem ser comidas.

É viável consumir as bananas provenientes de bananeiras-de-jardim, que além de serem um deleite aos olhos, devido suas cores e formas exuberantes, ainda proporcionam alimentos extremamente saudáveis e ricos em minerais e vitaminas.

Bananeiras-de-Jardim Distribuídas Pelas Matas Brasileiras

A única forma de encontras as bananeiras-de-jardim no Brasil em estado selvagem, é encarando biomas como o cerrado e a Floresta Amazônica, onde tais frutos são a principal alimentação de animais herbívoros como morcegos, papagaios e a maioria dos macacos.

É possível distinguir as bananeiras-de-jardim das bananeiras convencionais analisando a cor dos frutos e a forma com as quais germinam.

A bananeira-de-jardim (Musa ornata), assim como as bananeiras-comuns, desabrocham uma flor, que em seu caso terá a cor roxa, e de seu pedúnculo várias pequenas bananas rechonchudas começarão a nascer, até pegarem peso o suficiente para o pedúnculo pontar para baixo suas lindas bananas roxas.

Considera-se que a espécie Musa balbisiana é a espécie que originou as atuais espécies de bananas distribuídas pela Ásia e Europa.

No Brasil, a Musa balbisiana, assim como a Musa acuminata, são espécies que deram origem as demais espécies, que são tantas (passando os milhares), que é difícil rastrear a fonte original que fora o incipiente da criação de novas espécies e subespécies.

Veja também

Um Solo Argiloso Pode ser Humífero?

Quem mexe com jardinagem encontra alguns impasses pelo caminho. Um deles é justamente este: o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *