Home / Natureza / Mauna Kea ou Everest: Qual é Mais Alto?

Mauna Kea ou Everest: Qual é Mais Alto?

Qual a Montanha Mais Alta do Mundo?

Para responder essa questão, podemos olhar sob duas perspectivas diferentes. As montanhas que estão acima do nível do mar, onde a base está na superfície terrestre, que o pico mais alto; ou a que possui parte submersa na água e parte na superfície, ou seja, a que chega mais alto ou a que tem maior extensão. Altitude ou altura.

Consideramos altura como medida vertical da base da montanha até seu cume; e altitude é o cume da montanha em relação ao nível do mar, também é uma medida vertical. São duas maneiras diferentes de olharmos para poder saber qual a montanha mais alta.

O Monte Everest é a montanha que alcança o ponto mais alto do planeta terra; alcançando os incríveis 8.848 metros, sendo que sua base está na superfície terrestre. Mas se alterarmos a perspectiva e levarmos em conta as montanhas que possuem sua base abaixo do nível do mar; que de tão alta, emerge a superfície e ainda possui uma alta extensão, veremos que o Everest não é a maior montanha do planeta, e sim o vulcão Mauna Kea, que possui um total de 10.203 metros de altura.

O Vulcão Mauna Kea

O Mauna Kea é um extinto vulcão localizado na Ilha do Havaí. Ele está submerso 5.898 metros em águas marítimas; e, possui na superfície terrestre, acima do nível do mar, outros 4.205 metros. Com um total de 10.203 metros, podemos considerar o vulcão Mauna Kea como a montanha mais elevada do Planeta Terra. Lembrando que o vulcão não é o que atinge o pico mais alto, e sim a montanha de maior elevação.

Mauna Kea em havaiano significa “Montanha Branca”. Isso se deve ao fato de seu pico, seu ponto mais alto ser coberto pela neve todo inverno; o que a deixa muito bonita, atraindo os olhares de todos, de modo que é muito contemplada pelo povo havaiano.

Você pode estar se perguntando: “Mas os vulcões são montanhas?” É considerada montanha uma formação geológica que possua alta elevação, que seja de grande magnitude e longa extensão; para uma elevação ser considerada montanha é necessário que ultrapasse os 3.000 metros de altura.

Um vulcão é formado a partir de movimentos das placas tectônicas, de intensas atividades no subsolo; e que explodem, entram em erupção, liberando lavas, cinzas e fumaça. A partir da câmara magmática, o vulcão expele a lava diretamente do núcleo da terra.

Os intensos movimentos das placas tectônicas resultam em enormes montanhas na superfície terrestre. Algumas são formadas como caldeiras vulcânicas, que possuem fendas para liberar a lava. Um vulcão entra em erupção de tempos em tempos. Muitos estão ativos e a qualquer momento podem entrar em ação, já outros, como é o caso do Mauna Kea, estão extintos.

A última erupção vulcânica registrada pelo Mauna Kea foi há 4.500 anos, o que o faz ser considerado um vulcão inativo; onde não possui mais frequências de movimentos tectônicos. Sendo assim, o extinto vulcão Mauna Kea é sim uma montanha e a maior do mundo, pois possui grande extensão, que está dividida acima e abaixo do nível do mar.

O Monte Everest

Vamos entender um pouco mais a cerca da montanha que atinge o pico mais alto mundo. Ela localiza-se no continente asiático, na cordilheira do Himalaia, entre a China e o Nepal. É dono do cume mais alto da Terra, o que atrai a atenção de muitos alpinistas que desejam escala-lo.

Além do desafio, das dificuldades encontradas, a recompensa quando o alpinista chega ao topo da montanha e avista aquela paisagem coberta pela neve, toda esbranquiçada, os sinais de recompensa são maiores que o cansaço e qualquer dor. É uma escalada de superação, que exige total preparo – mental e físico dos alpinistas.

O Monte Everest é uma das montanhas mais perigosas e trágicas de todo o planeta; estima-se que mais de 200 pessoas morreram tentando escala-la. Em contraponto, é um dos lugares mais fantásticos que um ser humano possa estar; observar toda a beleza do entorno da montanha não deve ter preço.

Formação do Monte Everest

É o pico mais alto do mundo, isso é fato. Mas como a montanha foi formada? Há 60 milhões de anos, os decorrentes movimentos das placas tectônicas resultaram nas maiores montanhas do mundo. O Monte Everest é apenas mais uma montanha entre nove que formam o conjunto de montanhas do Himalaia.

Faz parte de um paredão de montanhas gigantesco que separa o Tibet(região autônoma da China) e o Nordeste da Índia. É cercado por diversas montanhas menores que ele, constituindo um conjunto com mais de 30 montanhas.

O que muitos não sabem, é que existe um povoado lá nas alturas do Himalaia; é o povo Xerpa, que são habitantes de lugares altos, preferem a calmaria e o sossego das montanhas. Eles se instalam e passaram a viver lá há mais de 500 anos, e conhecendo aquelas terras como ninguém; oferecem um excelente serviço de guia turístico, carregadores e auxiliares.

As primeiras expedições foram realizadas em meados de 1920, por alpinistas britânicos que tentaram chegar ao cume da montanha e não obtiveram sucesso algum. Quando em 1953, Tenzig Norgay, um nepalês de etnia Xerpa, alpinista e guia juntamente com Edmund Hillary um alpinista neozelandês; entraram para a história da humanidade e conseguiram alcançar o cume da montanha mais alta do planeta.

Monumentos da Natureza

Tanto o Monte Everest, quanto o vulcão Mauna Kea são gigantes da natureza, resultados de processos que aconteceram há milhões de anos. Atrai os olhares e a atenção de todos, pois realmente são de extrema magnitude e compõem gigantescos paredões rochosas. Ao mesmo que são tão belos, são muito perigosos e para atingir o cume, é necessário muito preparo e determinação.

Everest vs Mauna Kea
Everest vs Mauna Kea

Para não esquecermos, se levarmos em conta a altitude, a maior montanha é o Monte Everest, pois atinge o pico mais alto; já quando falamos da altura, o maior é o vulcão Mauna Kea, não atinge o pico mais alto, pois parte dele está submerso.

O fato é que são monumentos da natureza, belezas naturais, que proporcionam exuberantes paisagens. Ambos são contemplados pelas populações locais e por todos os turistas e alpinistas que passam – ou não, por lá.

Veja também

Principais Características do Agroecossistema

Como bem sabemos, todo o setor agropecuário é a base da nossa alimentação desde muitos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *