Home / Natureza / Frutos Múltiplos

Frutos Múltiplos

Os frutos são elementos que se subdividem em várias camadas, seja popular ou cientificamente. Suas formas, seus gostos, suas etimologias e suas funções designarão determinadas características que apontarão para qual direção esse tal fruto deve ir e como este deve ser catalogado.

Os frutos podem ser divididos entre aqueles que possuem várias sementes, ou aqueles que possuem apenas uma semente e até mesmo os que não possuem nenhuma semente; assim como os mesmos podem ser divididos pela textura da casca: se for dura e se for mole; e os frutos também são divididos entre aqueles que brotam exteriormente e os que permanecem dentro de seus invólucros e assim incrível e sucessivamente.

Para todas essas formas, existe uma determinada classificação que define os quês e porquês de tais fatos ocorrerem. Para estudar todas essas formas, basta ao visitante fazer um tour pelo site Mundo Ecologia e descobrir tudo sobre os frutos.

O Que é um Fruto Múltiplo?

Os frutos múltiplos, também conhecidos como Frutos Compostos ou Infrutescências, são frutos que se desenvolvem a partir de uma inflorescência. Mas, afinal, o que é uma inflorescência? É a parte anatômica das plantas onde estão guardadas as suas flores, que brotarão acompanhando o desenvolvimento da planta. Isto é, um fruto múltiplo nasce de uma inflorescência, que são flores, ou seja, os frutos múltiplos não passam de várias flores que, ao final de tudo, transformam-se em um fruto. E sim, isso é possível.

Cada pequena parte de cada pequena flor produz um fruto que, juntos, irão maturar envolvidos em um imbróglio para que, no final, tornem-se um fruto. Em síntese, um fruto múltiplo é um fruto que vem do fruto de várias flores compactadas que se fundem formando apenas um único fruto.

O abacaxi, por exemplo, é um fruto múltiplo, e suas características visuais o tornam a maior e melhor exemplificação para identificação e estudos. Ao analisar um abacaxi, é possível ver que cada parte (quadradinho) do fruto é a composição do fruto de uma flor; cada quadradinho daquele representa uma flor do pé de abacaxi, que se fundiu com outras flores formando um único fruto (o próprio abacaxi).

Abacaxi
Abacaxi

Outro exemplo de fruto múltiplo é a jaca, sendo esse o maior fruto existente que se dá em uma árvore. Assim como o abacaxi, é possível analisar que a superfície da jaca é composta por centenas de flores que tiveram seus ovários misturados durante a maturação, resultando em uma espetacular junção dando origem à fruta.

Variedades de Frutos Múltiplos

Os frutos múltiplos se dividem, ainda, em duas categorias, que é Sorose e Sicônio.

A sorose acontece quando há a inflorescência e tal transforma os elementos em um fruto, que é o caso do abacaxi, portanto, é plausível dizer que o abacaxi é um fruto múltiplo da categoria sorose. Essa categoria também é marcada pela carnosidade que o fruto produz.

O sicônio passa pelo mesmo processo da sorose, mas o sicônio não cria um fruto carnoso, pois na verdade cria apenas um receptáculo, que só então será preenchido. Isso acontece com o figo, cuja etimologia possui um relacionamento intrínseco com a palavra sicônio.

Lista de Frutos Múltiplos

1. Jaca

Jaca Dura Cortada
Jaca Dura Cortada

A jaca é um produto comum nos mercados brasileiros. É um fruto múltiplo, pois todas as suas sementes são um fruto que foram gerados dentro de um receptáculo.

2. Árvore do Pão

Duas Árvores do Pão Ainda no Pé
Duas Árvores do Pão Ainda no Pé

Não são comuns no Brasil; são parentes da jaca.

3. Laranjeira de Osage

Laranjeira de Osage
Laranjeira de Osage

Não são comuns no Brasil; apesar do nome, estes são parentes das amoras.

4. Graviola

Três Graviolas Sobre a Mesa
Três Graviolas Sobre a Mesa

A graviola é muito comum no Brasil, podendo nascer no quintal de casa. É também conhecida por muitos como Araticum do grande.

5. Fruta Pinha

Deliciosa Fruta Pinha
Deliciosa Fruta Pinha

Já ouviu falar em Fruta do Conde? Pois está é um fruto múltiplo conhecida como Fruta Pinha também.

6. Chirimoia

Chirimoia em Meio Suas Folhas
Chirimoia em Meio Suas Folhas

Pouco conhecida no Brasil, porém ainda comercializada em determinadas regiões e épocas do ano.

7. Araticum

Araticum no Pé
Araticum no Pé

Araticum é o nome dado a várias espécies de frutos do tipo pinha, que são infrutescências ocorridas no interior de um fruto, cada uma representando um fruto original (através de sua semente carnuda).

O Morango é um Fruto Múltiplo?

Quando o assunto é inflorescência e infrutescência, os exemplos se focam no abacaxi e na jaca, pois esses são nítidos exemplos de frutos múltiplos que tornam mais fácil a compreensão do assunto. Mas, no momento em que esse tema é abordado, um fruto que cai em questão é o morango, pois este é uma infrutescência, onde sua formação ocorreu pelo processo de desenvolvimento de várias pequenas flores e ovários, assim como o abacaxi.

Mas, diferentemente do abacaxi, o morango é considerado um Fruto Agregado, pois este não se origina de vários óvulos que resultaram em várias flores e vários frutos que formaram em um único fruto, mas sim de vários óvulos que produziram vários frutos, mas que apenas um foi fecundado, fazendo com que a semente de todos os outros frutos se agregassem naquele que fora fecundado. Ao observar o morango é possível notar que existem múltiplas sementes agregadas à fruta. Assim como o morango, outro fruto que sofre poucas diferenças e quase se torna um fruto múltiplo, são as amoras pretas, pois estas também, ao invés de serem múltiplas, são, na verdade, agregadas, e é possível observar isso através de uma análise bem feita em cima do fruto.

Portanto, é válido dizer que um fruto que nasce a partir de uma inflorescência, é uma infrutescência, ou um fruto múltiplo ou até mesmo um fruto composto (podendo, também, ser um fruto agregado). Isso somente ocorrerá quando uma planta originar várias flores, e cada flor possuir um ovário e que estes se desenvolverão coligados, formando assim uma conexão natural, fundindo-se no intuito de virar um fruto. Mas, antes que as flores originem um fruto por inteiro, cada ovário de cada flor dará um pequeno fruto, que então irão se conectar para formar um fruto maior, ou seja, um fruto múltiplo. É importante compreender que, para serem múltiplos, suas flores precisaram todas serem fecundadas e se desenvolver dentro de um invólucro. Quando o mesmo ocorre, mas apenas um óvulo é fecundado, o fruto torna-se agregado, carregando todas as outras sementes consigo.

Veja também

Histórico de Erupções do Vulcão Sinabung

Vulcão Sinabung Características

O vulcão Sinabung é um vulcão existente na Indonésia e que provavelmente teve a sua …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *