Home / Natureza / Escalada Vulcão Villarrica

Escalada Vulcão Villarrica

Subidas do vulcão são populares com várias subidas guiadas atingindo o topo durante o verão. E vamos usar a experiencia da Laurinha pra te servir de informação sobre essa escalada turística. O bom da Laurinha é que ela não tem nenhuma experiência com esse tipo de passeio e é muito medrosa. O perfil ideal pra nos mostrar como é fácil e divertido subir o vulcão Villarrica.

Um Resumo Primeiro

Antes vamos conhecer um pouco a respeito do vulcão. Villarrica é um dos vulcões mais ativos do Chile, elevando-se acima do lago e da cidade de mesmo nome. O vulcão também é conhecido como Rucapillán, uma palavra mapuche que significa “Casa do Pillán”. É o mais ocidental de três grandes estratovulcões que se inclinam perpendicularmente à cadeia andina ao longo da Falha Gastrográfica. Villarrica, junto com Quetrupillán e a porção chilena de Lanín, estão protegidos dentro do Parque Nacional Villarrica.

Villarrica, com sua lava de composição basáltica-andesítica, é um dos cinco únicos vulcões mundialmente conhecidos por ter um lago de lava ativo dentro de sua cratera. O vulcão geralmente gera erupções estrombolianas, com ejeção de piroclastos incandescentes e fluxos de lava. O derretimento da neve e do gelo glaciar, assim como as chuvas, freqüentemente causam grandes fluxos de lama e detritos.

Com a Palavra, Laurinha

Laurinha é uma blogueira de aventuras de 24 anos. Vamos a parir de agora deixar ela detalhar sua experiência com o vulcão Villarrica e absorva daí o que achar válido pra você, ok?

“Então você está pensando em enfrentar a fera nevada do Chile, o vulcão Villarrica? Muito legal! Digo logo que não será fácil, mas valerá a pena! Creio que já fez suas pesquisas e reservou uma agência né? Vou só acrescentar algumas coisinhas que imagino que você precisa saber. Pra começar, caso não saiba ainda, o vulcão Villarrica é um dos vulcões mais ativos do Chile. Na verdade entrou em erupção, se não me engano, em março de 2015 e ficou fechado para subidas até novembro ou dezembro daquele ano. São quase 3.000 metros de altitude, então é bom mesmo que você esteja preparado pra essa situação climática.

Você já terá uma boa visão do vulcão da pequena vila de Pucòn, se o dia estiver bom. Mas pra chegar até lá, ainda terá uma viagem em torno de 45 minutos pra percorrer. Escalar o vulcão Villarrica foi uma das experiências mais incríveis e, confesso, aterrorizantes da minha vida. Eu estava tão indecisa, nervosa mesmo, sem ter nenhuma certeza se eu ia fazer isso, tanto que me torturei por dias antes de tomar a decisão. Eu seria capaz de completar esta caminhada? Meu medo de altura interviria? A jornada valeria o preço? Finalmente, na véspera do meu último dia em Pucón, sem saber quando ou se eu teria outra chance, algo em mim estalou, e decidi ir em frente. Estou grata pelo tempo ter ajudado e eu não perder essa maravilhosa oportunidade!”

Talvez Seja Necessário Esperar

“A primeira coisa que você deve saber antes de ir a Pucón para fazer essa subida ao vulcão Villarrica é que talvez você possa ter de esperar um pouco.

A Cidade de Pucón no Chile
A Cidade de Pucón no Chile

As condições do tempo têm que ser bem precisas para os passeios, para embarcar nesta aventura, e a triste verdade é que raramente o tempo favorece. Embora existam tempos melhores ou piores para experimentar, o tempo em Pucón é geralmente muito difícil e imprevisível. As condições podem mudar instantaneamente, impossibilitando o planejamento de uma data exata para essa caminhada. Eu conheci algumas pessoas em meus albergues que já estavam esperando 4 ou 5 dias até obterem o ok e seguirem caminhada. E também tenho amigos que começaram a caminhada, ficaram no meio do caminho, e depois que o tempo piorou, foram instados a voltar atrás. É uma chatice né, mas convenhamos, você não preferiria mais prevenir do que remediar?

Ah, e outra coisa importante sobre isso tem haver com a sua escolha de agência. Não farei propaganda aqui porque não convém, mas aconselho que você se certifique cuidadosamente de escolher uma agência de qualidade, com ótimos profissionais experientes pra te auxiliar nessa aventura maravilhosa, mas perigosa. Eu também nisso fiquei bem indecisa até escolher a minha no local (porque só fiz isso lá. Até a ida a vila de Pucòn eu estava por conta própria). Tive sorte de fazer uma boa escolha!”

Equipamentos Seguros e Confortáveis

“Seja qual for a companhia que escolher, certifique-se de experimentar todo o seu equipamento e tudo o que estiver na sua bolsa antes de sair do escritório. Você precisa ter certeza de que tudo se encaixa corretamente e você esteja completamente confortável de antemão, para que você possa concentrar toda a sua atenção nas instruções dadas e na subida. Confie em mim, você não vai querer nada te distraindo enquanto estiver caminhando até o declive nevado escorregadio. Mandei meus guias trocarem minhas botas três vezes diferentes! Eu sei que posso até ter parecido neurótica. Os dois primeiros pares estavam meio que me incomodando, talvez do tamanho errado ou simplesmente não me sentia bem. Mas, no final, eu cheguei em casa sem bolhas e não tinha queixas de sapatos na minha escalada, ao contrário de alguns outros na minha caminhada, que provavelmente aceitaram seus equipamentos e se sentiram sem graça de reclamar antes.

Equipamentos de Escalada Organizados na Parede
Equipamentos de Escalada Organizados na Parede

Quanto a segurança do equipamento, é claro que alguém da empresa deve fazer isso por você , mas não faz mal verificar com seus próprios olhos. Nossos pacotes tinham uma máscara de gás para a emissões de enxofre, dois pares de luvas, um machado de gelo, capacete, grampos e um trenó para descer a montanha. Certifique-se de que está tudo lá e em boas condições de funcionamento. Pode parecer um detalhe insignificante, mas uma das minhas luvas, por exemplo, tinha buracos nos dedos e não reclamei. Durante o percurso, essa mão ficou significativamente mais fria do que a outra o tempo todo. E realmente começou a congelar em determinados pontos e foi difícil segurar o machado de gelo. Isso poderia ter sido completamente evitado se eu tivesse verificado de antemão e pedido para trocar por um par diferente.”

Esteja Bem Preparado

Bem, comer alimentos que são ricos em carboidratos na noite anterior a um dia de exercício intenso lhe dará um empurrão extra e uma reserva de energia que você com certeza precisará ao escalar este vulcão. Também certifique-se de ir para a cama cedo e dormir o suficiente! Definitivamente eu teria levado mais comida do que costumo comer em um dia, porque parece que queimamos uma tonelada de calorias nessa caminhada. Eu levei um sanduíche grande, 2 barras de proteína, uma barra de chocolate, misturas de nozes e uma maçã.

Eu sugiro empacotar coisas que são fáceis de comer e muito acessíveis, pra quando você estiver comendo na lateral de uma montanha e lhe der um impulso de alta energia instantânea. Ah sim, e claro, leve muita água! Eu não levaria nada complicado de comer, nem alimentos como bananas, abacates, pêssegos ou qualquer coisa assim, alimentos que derrame ou possa abrir facilmente. Você terá muito equipamento em sua mochila e não importa como você empacota esses produtos, eles serão esmagados. Houve pessoas no meu grupo cujas bananas viraram purês, sujando seus pertences.

Se o teleférico estiver funcionando, sugiro que você o use, sem constrangimento. Ele economizará mais de uma hora de seu tempo de caminhada e te ajudará a poupar energia para quando você mais precisar mais acima. A realidade infelizmente é que, às vezes, o teleférico está fora de serviço. Ou não está funcionando corretamente, ou faltou funcionários pra operar o teleférico, enfim, seja qual for o motivo, esteja preparado para andar essa hora extra, se necessário. Mas se o teleférico estiver funcionando, não seja bobo. Vá no teleférico!

Últimas Dicas

Você sabe que neve também queima, não é? A reflexão UV na neve é ​​intensa e muito prejudicial para a pele e para os olhos. Recomendo que você use óculos de sol durante toda a caminhada e não deixe de usar também protetor solar para sua pele. Ah, pelo amor de Deus, por favor, não esqueça de um pouco de óleo para seus lábios. O meu protetor labial ajudou muito, mais ainda assim começou a descascar e ferir meus lábios no retorno da minha viagem. Uma proteção para o pescoço (uma bandana ou lenço) pra mim foi crucial para cobrir meu rosto nos momentos de vento forte ou sopro de gelo. Eu também usei para cobrir meus ouvidos quando ficavam muito frios e, na hora que fomos ver a lava de perto, usei o lenço do pescoço para proteger minha máscara de gás.

Homem com o Rosto Coberto de Neve
Homem com o Rosto Coberto de Neve

Bom, já admiti que eu estava com muito medo né? Antes de decidir subir, eu estava mesmo. Mas eu encontrei conforto no fato de que milhares de pessoas vão todos os anos, a maioria tão inexperientes quanto eu. Se eles conseguiram, você também pode fazer isso! Eu consegui! Embora possa parecer uma experiência assustadora no início, as agências de turismo de renome são altamente treinadas e sabem realmente o que estão fazendo. Como mencionei antes, eu acertei na escolha que fiz de agenciadores e eles mantiveram um olhar atento sobre todos nós, dividindo o grupo quando necessário e atendendo às necessidades específicas de todos muito bem.

Se você tem medo de altura como eu. lembre-se de dar um passo de cada vez. Coloque um pé na frente do outro e não olhe muito para cima ou para baixo enquanto estiver nas encostas mais íngremes. Basta seguir em frente devagar, seguir as instruções com cuidado e você estará realizando uma das mais espetaculares aventuras de suas viagens!

Veja também

Qual é o Ecossistema Típico de SP?

A Floresta de Araucária é um ecossistema típico do estado de São Paulo (SP). O …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *