Home / Natureza / Ecologia Ambiental: Conceito

Ecologia Ambiental: Conceito

A ecologia é o campo da biologia que estuda sobre o meio ambiente e os seres vivos que neles habitam. Este é um campo muito extenso e complexo, e, aqui, estudaremos sobre um conceito específico chamado “ecofisiologia”, pois “ecologia ambiental” é como se referem a este conceito.

Neste artigo debateremos o conceito de ecologia ambiental, e esta tarefa não será difícil. Como já sabemos, a ecologia está diretamente ligada ao meio ambiente, e podemos deduzir que “ecologia ambiental” se trata de algo diretamente ligado ao ambiente ecológico! Já sabemos que a ecologia é a especialidade da biologia que estuda as relações estabelecidas entre os seres vivos e o meio ambiente, mas, o que seria a ecofisiologia? É o que investigaremos aqui.

A Ecologia

Primeiramente, vamos fazer uma revisão sobre o conceito de ecologia, pois a ecofisiologia, ou ecologia ambiental, pertence a este campo tão amplo. Comecemos pela biologia: esta é a área da ciência que estuda a vida e todos os organismos vivos. Sendo assim, a ecologia consiste em um dos campos especializados da biologia. E o nosso foco, a ecofisiologia, é um campo pertencente à ecologia, como seu nome já denuncia.

A palavra “ecologia” é proveniente do grego, e deriva da palavra “Ökologie”, que é composta por “oikos”, que significa casa, e “logos”, que significa “estudo”). Desse modo, a ecologia consiste no campo da biologia que estuda a casa de um organismo, ou seja, seu habitat. Já a ecofisiologia é uma especialidade que pertence à ecologia, e tem como foco estudos sobre a biodiversidade e a sua interação com o meio-ambiente a partir da análise de funções fisiológicas; sendo assim,  “ecofisiologia” se refere ao mesmo que “ecologia fisiológica”, termo pelo qual também é conhecida a ecologia ambiental. Agora que já relembramos sobre o que se trata a biologia e a ecologia, e sobre como estas áreas do conhecimento estão interligadas, exploraremos um de seus campos específicos de estudo: a ecofisiologia.

A Ecofisiologia

Ecofisiologia
Ecofisiologia

“Ecologia ambiental” é, quase sempre, o termo utilizado na ecologia para se referir à ecofisiologia, ou, ainda, “fisiologia ambiental” e “ecologia fisiológica”; um campo de estudo amplo dentro da área da ecologia. A ecofisiologia consiste, basicamente, no estudo de como os organismos funcionam e como reagem a mudanças em seus habitats naturais. Ou seja, a ecofisiologia está inserida na área da ecologia, pois seus objetivos estão alinhados: buscam compreender a interação entre o meio ambiente e os seres vivos que neles habitam.

Para explicar um pouco mais além do básico sobre este campo de estudo, podemos dizer que consiste em uma disciplina da biologia, e do campo da ecologia, que estuda a adaptação das funções fisiológicas dos organismos diante das condições ambientais. Esta área está muito relacionada com a fisiologia comparada e com a fisiologia evolutiva. E, normalmente, é dividida entre ecofisiologia animal e ecofisiologia vegetal. Podemos resumir a ecofisiologia no estudo das transformações ambientais, e da fisiologia das espécies. Vejamos a seguir o que significam estas duas divisões da ecofisiologia.

A Ecofisiologia Animal e a Ecofisiologia Vegetal

Ecofisiologia Vegetal
Ecofisiologia Vegetal

No estudo de ecofisiologia temos duas divisões: ecofisiologia animal e ecofisiologia vegetal. A ecofisiologia animal diz respeito ao estudo do estado ou da modificação das funções fisiológicas dos animais de acordo com o estado ou a modificação das funções ecológicas do habitat no qual estão inseridos. Já a ecofisiologia vegetal estuda as funções fisiológicas das plantas diante de diferentes condições físicas, químicas e biológicas do ambiente, e tem como seu objetivo compreender os fatores que controlam o crescimento, a sobrevivência, a abundância e a distribuição espacial e temporal das espécies vegetais. Ou seja, nada além do previsto: a ecofisiologia animal trata das espécies animais e da interação delas com seus habitats, e a ecofisiologia vegetal trata das espécies vegetais e da interação delas com seus habitats.

Exemplos de Estudos em Ecologia Ambiental

Ecologia Ambiental
Ecologia Ambiental

A seguir veremos alguns exemplos concretos de estudos desta área. Na ecofisiologia animal temos como exemplo o estudo no qual são avaliadas a concentração de substâncias tóxicas e/ou poluentes (como pesticidas ou metais pesados) presentes nos habitats, e como estas interagem com o metabolismo dos animais que vivem naquele ambiente; este estudo em questão pertence à área de toxicologia, mas a ecofisiologia animal abrange muitos outros campos de estudo pertencentes às ciências biológicas.

Na ecofisiologia vegetal, temos como um ótimo exemplo o projeto de estudo de marcadores micromoleculares em plantas vasculares: padrões de ocorrência e interações quimioecológicas, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Curiosidades sobre a Ecofisiologia

Como pudemos ver através dos exemplos de estudos em ecofisiologia, tanto na ambiental quanto na vegetal, este campo de estudo tem como foco a interação das espécies em função das características do meio ambiente. Outro aspecto importante sobre este campo, e que ainda não foi citado, é o fato de que suas pesquisas não são restritas somente à fisiologia, mas integram também correlações com a teoria evolutiva, o comportamento dos animais e dos vegetais, a dispersão e a sistemática, visando os variados níveis de organização dependentes uns aos outros. Sendo assim, podemos classificar a ecofisiologia como um campo de estudo majoritariamente comparativo.

Ou seja, esta área é capaz de nos dizer como as conformações ecológicas determinam alterações nas funções fisiológicas, além de morfológicos, dos animais e dos vegetais ao longo da história evolutiva dos diferentes clados filogenéticos. As alterações em questão são evidenciadas através de transformações, padrões selecionados e adaptados; sendo alguns já extintos, e outros que ainda resistem.

A seguir, resumiremos em poucas palavras o campo de estudo em questão através de poucos conceitos! Sendo a ecologia o estudo da interação dos organismos com o meio ambiente, e a fisiologia o estudo das múltiplas funções mecânicas, físicas e bioquímicas nos organismos tanto animais quanto vegetais; ou seja, o estudo do funcionamento do organismo, sabemos o que “ecofisiologia” pode significar. Além disso, com tudo que aprendemos sobre a ecofisiologia neste artigo, agora temos uma boa noção sobre o que se trata esse campo de estudo da biologia que pertence à ecologia. A ecofisiologia busca, em suma, a compreensão de como os aspectos fisiológicos afetam a ecologia dos seres vivos e vice-versa!

Veja também

Um Solo Argiloso Pode ser Humífero?

Quem mexe com jardinagem encontra alguns impasses pelo caminho. Um deles é justamente este: o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *