Home / Natureza / Curiosidades Sobre o Vulcão Santa Helena

Curiosidades Sobre o Vulcão Santa Helena

Os vulcões são aberturas na crosta terrestre, por meio das quais há liberação de larvas, cinza, vapor d’água e gazes potencialmente tóxicos (a exemplo do dióxido de Enxofre).

A maioria dos vulcões ativos do mundo está atualmente posicionada nas regiões de fronteiras entre as placas tectônicas. Os Estados Unidos, particularmente, é um país com grande quantidade de vulcões em atividade e com potencialidade para causar grandes desastres ambientais e necessidade de evacuação.

Neste artigo, vamos conhecer um pouco mais sobre um destes vulcões do território Yanke: o vulcão Santa Helena, localizado no estado de Washington.

Então, venha conosco e boa leitura.

Vulcões Norte-Americanos

O estado do Alaska é o recordista em número de vulcões, ao total são 97. A maioria deles está inativo, outros tiveram a sua última erupção no Pleistoceno e no Mesoceno, e outros nos séculos XVIII, XIX e XX. Em 2017, ocorreu a erupção dos vulcões Iha Bogoslof e Monte Cleveland; e em 2016, o Monte Pavlof.

Os estados/ territórios do Havaí, Oregon, Califórnia e Washington também apresentam um grande quantitativo de vulcões extintos e em atividade. A maioria dos vulcões de Oregon está inativos a milhares de anos atrás, ou, no caso do caso do vulcão Western Cascades, a alguns milhões. As últimas erupções vulcânicas foram registradas no ano de 1866, pelo vulcão Monte Hood e, em 1966, pelo vulcão Gorda Ridge.

No Havaí, a maioria dos vulcões está extinto a milhares e milhões de anos atrás. No entanto, neste ano de 2018, o vulcão Kilauea entrou em erupção, porém sem representar riscos, pois não foi registrado um fluxo piroclástico intenso. Outro fator relevante é que este vulcão está localizado em uma área de Parque Nacional, logo não demandou o remanejamento de populações locais.

No estado da Califórnia, os pouquíssimos vulcões ativos tiveram a última erupção registrada nos anos de 1680 (Cinder Cone and The Fantastic Lava Beds), 1786 (Monte Shasta) e no ano de 1917 com dois vulcões, o Lassen Peak e o Lassen Volcanic Center.

O estado de Washington apresenta três vulcões ativos, dentre eles o Monte Baker, o Monte Ranier e o vulcão Santa Helena.

 Monte Baker
Monte Baker

Territórios como o Arizona, Califórnia, Colorado, Idaho, Missisipi, Missouri, Nevada, New Hampshire, Novo México, Dakota do Sul, Texas, Utah e Virgínia apresentam vulcões com última erupção estimada em períodos pré-históricos.

As ilhas Marianas do Norte, ou Marianas Setentrionais, são caracterizadas por um estado livremente associado dos Estados Unidos, formado por 14 ilhas. Neste local, há erupções datadas do ano de 1883,1887, 1967, 1989, 1993. As mais recentes são as registradas pelos vulcões Ahyi Seamount, no ano de 2001; Northwest Rota-1, no ano de 2004; e pelo vulcão Anatahan, no ano de 2006.

O maior super vulcão do mundo é o vulcão de Yellowstone, localizado no estado norte-americano de Wyoming. Acredita-se que, caso este vulcão entrasse em erupção, sua atividade geraria efeitos globais e demandaria remanejamento populacional de grande parte dos estados vizinhos.

No entanto, ele está inativo a muito tempo. Acredita-se que o último fluxo de lava tenha ocorrido a 70.000 anos atrás. Sua cratera possui 90 Km de extensão, e a sua caldeira é 40 vezes maior que a caldeira do vulcão Santa Helena, protagonista deste artigo.

Vulcão Santa Helena: Curiosidades

O Nome

O vulcão Santa Helena, também conhecido como Monte Santa Helena (em inglês Mount St. Helens), é um dos vulcões pertencentes ao estado norte-americano de Washington.

Ele também recebe a denominação de Louwala-Clough, Lawetlat’la e Loowit pelos nativos do local.

O nome Santa Helena foi atribuído em homenagem a um diplomata britânico chamado Lord St. Helens, amigo do famoso explorador George Vancouver, o qual realizou um levantamento da região no final do século XVIII.

Medidas

A altitude do local equivale a 2549 metros, com proeminência de 1404 metros.

Composição

Este vulcão tem formato cônico, e é considerado um estratovulcão. É formado por rocha de lava arrefecida, com intercalação de cinza, pedra-pome e outros materiais.

Ao longo da montanha, é possível notar a presença de camadas de basalto e andesito. Algumas cúpulas de lava dacito também já foram notadas no local, a maior delas formou o conhecido cume, o qual foi destruído durante uma super erupção no ano de 1980.

O basalto, andesito e dacito são consideradas rochas ígneas vulcânicas, ou seja, são formados pelo resfriamento do magma derretido. O basalto é considerado uma das rochas mais abundantes da crosta terrestre; é rico em Silicatos de Magnésio e Ferro, tem coloração escura, granulação fina e possui fenocristais. O andesito possui composição intermediária calcoalcalina; com coloração variando entre cinzenta, cinzenta escura e negra. O dacito é uma rocha vulcânica formada pelos minerais plagioclásico, quartzo, ortoclase, piroxênio, anfibólio e biotita.

Vulcão Santa Helena: Localização Geográfica

O vulcão Santa Helena está localizado no condado de Skamania, estado de Washington, porção Noroeste Pacífico dos Estados Unidos.

Condado de Skamania
Condado de Skamania

A localização do vulcão está posicionada a 154 Km em relação ao Sul da cidade de Seatle e a 80 Km do Nordeste de Portland (no estado de Oregon).

Este vulcão faz parte da cordilheira das cascatas. A cordilheira das cascatas é uma grande cadeia de montanhas presentes na parte ocidental da América do Norte, que inclui tanto montanhas não vulcânicas quanto vulcões. A extensão desta cordilheira abrange o Sul da Columbia Britânica, o Canadá, Washington, Oregon e também a porção norte da Califórnia.

Além de compor a cordilheira das cascatas, ele também faz parte do Anel de Fogo do Pacífico, área com grande número de terremotos e forte atividade vulcânica.

Vulcão Santa Helena: A Super Erupção de 1980

Por ser considerado um estratovulcão, as erupções do vulcão Santa Helena são quase sempre bastante impactantes, e caracterizadas por intensos fluxos piroclástico. Este foi o caso da erupção de 18 de Maio de 1980.

Acredita-se que esta erupção tenha sido desencadeada por um terremoto de 5.1 grau de magnitude. O resultado foi simplesmente catastrófico: 57 mortes; destruição de 300 casas, 47 pontes, 30 Km de estrada de ferro e 300 Km de rodovias.

Com a erupção, a altura do próprio vulcão foi reduzida de 2950 metros para 2549 metros. Onde havia o topo, formou-se uma cratera com largura de 1650 metros.

Muitos afirmam que a erupção vulcânica de 1980 foi uma das maiores catástrofes naturais dos Estados Unidos. Após este impactante incidente foi criado o Monumento Nacional Vulcânico de Santa Helena, destinado a permitir estudos científicos e preservar o vulcão.

Agora que você já conhece as curiosidades sobre o vulcão Santa Helena, continue conosco e conheça outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Apolo 11. Há 37 anos, vulcão do Monte Santa Helena explodia nos EUA. Disponível em: <https://www.apolo11.com/vulcoes.php?posic=dat_20170519-095032.inc>;

LNEG. Dossiers Temáticos- Vulcanismo. Disponível em: <http://www.lneg.pt/CienciaParaTodos/dossiers/planeta_terra/vulcanismo>;

WIKIPÉDIA. Lista de vulcões dos Estados Unidos. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_vulc%C3%B5es_dos_Estados_Unidos>.

Veja também

Estudantes de Ecologia

Técnico em Ecologia

O técnico em ecologia é a pessoa que desempenha várias tarefas técnicas no campo e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *