Home / Natureza / Clima e Temperatura do Grand Canyon

Clima e Temperatura do Grand Canyon

O Grand Canyon se localiza no sudoeste dos Estados Unidos, no Estado do Arizona, que faz parte dos Estados fronteiriços com o México, assim como o Novo México, Califórnia e o Texas, em uma região que é reconhecida pelas altas temperaturas e pelas paisagens secas.

Apesar do Grand Canyon ser uma região montanhosa que não demonstra conter vegetações relevantes, é importante saber que entre as formações rochosas existe vida animal e vegetação frutífera, além de rios e até mesmo cachoeiras, rios e córregos, que podem ser abastecidos com a água da chuva, que são intensas na região, com o derretimento das grandes massas de gelo que se acumulam durante o inverno e pelo Rio Colorado, que atravessa uma extensa parte das 200 milhas de extensão do Grand Canyon, desaguando no golfo californiano.

Além de ser um dos pontos turísticos mais famosos dos Estados Unidos, é o desfiladeiro mais famoso do mundo inteiro, sendo um incrível cenário para fotos inesquecíveis e também para gravações de filmes famosos, tais como Na Natureza Selvagem, Transformers, Thelma e Louise, V.H.S, Dirty Joe e o mais famoso, 127 horas, que diferentemente dos demais filmes, é filmado exclusivamente no desfiladeiro.

Em todos os filmes é possível notar que a temperatura sempre é alta durante o dia, mas pouco se fala da temperatura do Grand Canyon durante a noite, por exemplo. Acompanhe este artigo e descubra tudo sobre como funciona o clima nessa região incrível, que demonstra ser bela e assustadora ao mesmo tempo.

Conheça o Clima do Grand Canyon

É quente, correto? Mas o quão quente, afinal?

A movimentação de turistas tem seu ápice no verão, já que é o clima ideal para poder se usufruir da excelente paisagem que o desfiladeiro fornece. No verão, é possível que as temperaturas, durante o meio-dia, de acordo com os termômetros do Parque Nacional Bright Angel Campground (que possui dois termômetros logo na entrada do Grand Canyon, onde um fica na sombra e outro debaixo do sol, para que a diferença seja notada pelos visitantes) apontem, segundo o termômetro que fica na sombra, diariamente, aos 60º, porém, nas entranhas do desfiladeiro, a temperatura pode chegar a 110º, enquanto que o termômetro que fica no sol chega aos 140º, somente porque o termômetro tem essa limitação, o que indica que a temperatura pode ser ainda maior.

Inacreditável, não é mesmo? Mas a realidade é essa. Para visitar o Grand Canyon em um dia ensolarado de verão americano, será necessário muito protetor solar.

Muitos americanos não visitam o Grand Canyon nos meses de julho e agosto, mas muitos turistas acabam sendo pegos desprevenidos pelo calor desértico da região, que pode acabar atrapalhando os planos de quem tinha a pretensão de conhecer o local de forma mais abrangente.

Há uma presença grande de esportistas se aventurando nas regiões do Grand Canyon, seja nos enormes lagos com caiaques, seja nas imensas paredes praticando alpinismo, e é comum ver que essas pessoas, que dependem quase que inteiramente do clima para poderem ter um bom desempenho e praticar o esporte de forma mais segura, fazem essa prática nos meses de outubro e novembro, que é quando o inverno atinge o País, e mesmo assim, as temperaturas durante um dia de sol pode chegar a 40º.

Como é o Grand Canyon no Inverno?

Segundo alguns visitantes, é a melhor época para se visitar o desfiladeiro, já que o brilho do sol sobre as finas camadas de gelo faz com que a paisagem assuma um aspecto incrivelmente belo, sem contar que há um número menor de pessoas, evitando assim as multidões e aglomerações.

Os dias durante o inverno são mais curtos, então as visitas são sempre feitas de manhã, já que leva algumas horas para que os principais pontos do local sejam visitados.

No mês de novembro e dezembro, o clima durante um dia ensolarado pode chegar aos 40º, no máximo, enquanto as noites ficam abaixo de zero. No verão, as temperaturas à noite ficam entre 20 e 30º.

Existe Temporada de Chuva no Grand Canyon?

Sim! Basicamente, chove quase todos os dias no Grand Canyon, especialmente à tarde, quando após o intenso calor, nuvens começam a se formar e despejam bastante água durante algumas horas.

Há, ainda, a época das monções, que ocorrem no semestre final de junho até o semestre inicial de setembro, que nessa parte da América não são tão agressivas, mas trazem bastante nuvens carregadas.

Existe um grande perigo de transitar pelo Grand Canyon nessas épocas, já que em determinados locais, a chuva não escoa e piscinas profundas se formam em paredes rochosas próximas das outras.

Precauções e Exigências do Serviço do Parque Nacional do Grand Canyon

É difícil encontrar o clima perfeito no Grand Canyon. Geralmente quem tem a oportunidade de apreciar climas amenos são os moradores do Estado do Arizona que moram na vizinhança, como na cidade de Kingman e Flagstaff, além das tribos de nativos-americanos que moram nas redondezas do Grand Canyon (alguns moram até mesmo dentro do Grand Canyon, em pequenas comunidades que vivem dentro de cavernas).

Fora essas pessoas, quem visita o desfiladeiro tem que fazer uma pesquisa intensa sobre o possível clima que encontrarão no dia, podendo, ainda, se decepcionar com alguma mudança repentina no céu. Tudo isso significa que é bastante imprevisível saber como o clima e a temperatura se manterão dentro de algumas horas, significando que, apesar de estar calor, há a possibilidade de chuvas e até mesmo tempestades em questão de horas.

O Parque possui centenas de avisos sobre as precauções que devem ser tomadas mediante chuva, especialmente sobre as chuvas que acompanham trovões e raios.

É recorrente a morte por raios nas ramificações do Grande Canyon, por isso existem guias explicando que é necessário ficar atento ao som dos trovões, por exemplo, e que se os trovões estiverem em intervalos de 30 segundos, é urgente que a pessoa procure por abrigo, seja numa construção ou em um carro, e que não fique em áreas expostas e nem debaixo de árvores.

O clima do Grand Canyon não é considerado instável, apenas pode surpreender os turistas desavisados. As temperaturas que os termômetros locais registram são altíssimas ou baixíssimas, e uma análise precisa ser feita antes de qualquer pessoa querer passar algumas horas para visitação ou para se aventurar nas entranhas do mais famoso desfiladeiro do mundo.

Veja também

Um Solo Argiloso Pode ser Humífero?

Quem mexe com jardinagem encontra alguns impasses pelo caminho. Um deles é justamente este: o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *