Home / Natureza / Carcará do Norte

Carcará do Norte

O Carcará do Norte é uma ave que possui todas as características físicas de um gavião. A única diferença é seu tamanho, que comparado aos gaviões, é um pouco menor. Seu bico é tão pontudo quanto de um gavião, mas não tão forte.

Apesar de ser quase uma irmã gêmea dos gaviões, os carcarás são completamente diferentes nos aspectos comportamentais, tendendo a se comportar mais como os urubus do que com as outras aves rapineiras.

A principal característica do Carcará do Norte é o fato da ave passar mais tempo no solo do que no ar. A procura por restos de animais em decomposição é unânime, e isso faz o Carcará do Norte se parecer mais com uma galinha do que com um gavião, pois essas vivem no solo, procurando minhocas e sementes no solo, rastelando e forrageando o mesmo com suas garras.

O Carcará do Norte possui a aparência de um gavião, hábitos alimentares de um urubu e comportamento natural de uma galinha. Conseguem acreditar? É uma ave bastante peculiar!

Carcará do Norte
Carcará do Norte

Acompanhe o resto do artigo e descubra mais sobre essa ave, que é considerada uma ave extremamente aproveitadora, que briga por comida, que rouba comida de outros animais, assim como seus ninhos.

Hábitos Alimentares do Carcará do Norte

Por mais que seja uma ave rapineira, a mesma não usa seus principais aspectos para a caça, como suas poderosas garras e seus olhos de incrível alcance. Como foi citado anteriormente, o Carcará do Norte se alimenta, basicamente, de carcaças e animais em decomposição, assim como os urubus. Na maioria das vezes, os urubus, que são criaturas calmas, dividem suas carcaças com os carcarás, que são criaturas ríspidas, que só não afastam o urubu por esse ser uma ave grande e pesada, mas se for possível o carcará carrega os restos embora para comer sozinho. Mas, como o carcará é uma ave pequena, esta não consegue, por exemplo, destroçar uma carniça, deixando esse trabalho para os abutres.

Sendo assim, o Carcará do Norte é uma ave omnívora, ou seja, come tudo o que estiver a seu alcance. Mesmo assim não é comum ver essa ave se alimentando de plantas, por exemplo, mas a dieta carnívora e ovípara é frequente.

O cardápio do Carcará do Norte inclui outros pássaros de pequeno porte, seres rastejantes, como cobras e minhocas, além de lagartos e roedores, que são seus pratos principais, e até mesmo um dos motivos pelo qual o carcará passa a maior parte do tempo no solo. É possível, ainda, ver essas aves correndo atrás de suas presas, ao invés de voarem e darem voos rasantes.

Distribuição Geográfica do Carcará do Norte

Felizmente, é uma ave que abrange quase o mundo inteiro, então é possível encontrar essa variedade de ave de rapina desde o Brasil até a Austrália, por exemplo.

Sua moradia principal fica na América do Sul, compondo grande parte do território nacional, principalmente a floresta amazônica e Roraima. Países fronteiriços como Colômbia, Peru, Venezuela, Guiana e Suriname também são residências para inúmeros exemplares da espécie.

O nome do Carcará do Norte se dá pelo fato de que é muito mais comum encontrar esse tipo de Carcará ao norte do Brasil. Essas aves ainda compõem grande parte da América Central, principalmente no México, e assim alcançam os Estados Unidos, sendo bastante conhecidas no Texas. São aves amantes do litoral, por isso em regiões como a Califórnia, o Arizona e a Flórida, é fácil encontrar o Carcará do Norte.

Carcará do Norte Pousado
Carcará do Norte Pousado

O Gavião Carcará do Norte é uma ave de fácil adaptação, já que a alimentação não é tão específica, e por isso é comum ver esse tipo de ave em vários tipos de ambiente, seja em mata fechada, seja em prados, seja em cerrados, em praias e até mesmo em regiões populacionais, fazendo seus ninhos em árvores ou em buracos em troncos.

Principais Características do Carcará do Norte

É uma ave que se distingue pelos hábitos alimentares e pelo fato de ser altamente oportunista, isto é, além de comer várias coisas que outras aves rapineiras não comem, como restos de animais podres e outras aves de porte menor, o gavião Carcará do Norte se aproveita de várias ocasiões para comer a caça de outros animais.

O Carcará do Norte somente anda em bandos, pois dessa forma é mais fácil espantar uma outra ave que esteja saboreando alguma refeição, e depois as mesmas brigam entre si, cada uma dando apenas uma “bicada” por vez no alimento, pois outra ave sempre estará pronta para atacar.

Os bandos de Carcarás do Norte são compostos por até 20 aves, e cada uma delas briga pelo mesmo alimento. São aves de difícil convívio, especialmente quando precisam se alimentar.

As outras aves, além de cuidarem para não terem o alimento roubado pelo Carcará, também precisam ficar atentas aos seus próprios ovos, porque os mesmos são pratos deliciosos para o Carcará do Norte.

Reprodução do Carcará do Norte

São aves monogâmicas, possuindo apenas um parceiro durante a vida. A fêmea tende a chocar de 3 a 4 ovos por gestação, em um ninho que é preparado, na maioria das vezes, alguns dias após a copulação. É possível ainda que um macho já tenha um ninho pronto, pois os mesmos tendem a ficar em ninhos abandonados, e em algumas ocasiões, ninhos roubados de outros tipos de pássaros.

Os filhotes serão alimentados de restos de carniça desde cedo, assim como por minhocas mastigadas pelos pais. Esses começam a bater as asas com cerca de três meses de vida. No quarto mês começam a sair do ninho para caçar comida própria. A partir desse momento, não retornam mais para os pais, e se o fizerem, os pais expulsam os mesmos, hábito muito comum entre qualquer tipo de ave na natureza.

Veja também

A Importância do Ar Para a Saúde

A importância do ar para a saúde está no fato de que é nele que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *