Home / Natureza / A Linguagem Corporal dos Papagaios

A Linguagem Corporal dos Papagaios

O papagaio é uma ave internacionalmente reconhecida pelo fato de ser uma ave que consegue imitar vários sons, inclusive de palavras humanas, dando a sincera impressão de que os mesmos conseguem conversar, quando na verdade, apenas reproduzem o que ouvem.

Já foi registrado que os papagaios conseguem ter um vocabulário que varia entre 200 até 300 palavras. Bastante impressionante, não?

Como se não bastasse esse fato altamente curioso da natureza, o mesmo animal ainda consegue se expressar através de movimentos que indicam alguns estados físicos e comportamentais. Isso significa que o papagaio consegue demonstrar descontentamento, estresse, júbilo e excitação com determinados movimentos.

Essas ações compõe um padrão comportamental que só pode ser entendido través dessa linguagem corporal que os criadores devem estudar para aprender a interpretar o que se passa com a ave.

O papagaio mais famoso do Brasil, o Louro José, por exemplo, que faz parte do programa Mais Você com a Ana Maria Braga, é, de certa forma, uma referência ao animal, que habita o Brasil mais do que qualquer outro lugar do mundo. Sua participação no programa é falar com a apresentadora e com o público, o único aspecto em qual pecaram foi em não representar movimentos corporais, que é uma característica forte de algumas aves, como as cacatuas.

Passos Para Compreender Como um Papagaio Age

Algumas espécies de papagaio não falam, ou até mesmo falam uma ou duas palavras, no máximo. No entanto, a linguagem corporal prevalecerá, independente de variedade.

Os movimentos que todas os papagaios produzem são os mesmos, e por isso é importante a quem cuida das aves, reconhecer o que cada movimento representa.

Essa atividade demanda tempo e dedicação, que somente os verdadeiros apaixonados pela natureza conseguem fazer. Primeiramente, se deve reconhecer que o papagaio é uma ave que não pode ser domesticada, pois isso é considerado um crime. Ao mesmo tempo, isso não significa que a ave não possa ser domesticada no sentido de ser uma ave difícil e lidar. Na verdade, é uma ave que se adequa facilmente a diferentes ambientes.

Isso faz pensar que, se o animal, que deveria estar na natureza, vivendo normalmente, acaba sendo domesticado, o mínimo que deve ser feito pelo cuidador é compreender o que cada movimento representa. Indicador de sede e de fome ficarão claros, a partir do momento que os mesmos sempre gritam para receberem comida ou água.

Sendo assim, é de suma importância ponderar sobre a necessidade de atenção que a ave deve ter para que as mesmas consigam ter uma vida digna dentro de um lar.

Como Funciona a Linguagem Corporal do Papagaio?

Casal de Papagaio
Casal de Papagaio

Tome por exemplo os cães! É muito fácil compreender vários sentimentos dos cães através da linguagem corporal expressada pelos mesmos, não é? O mesmo acontece com os papagaios. Esses usarão suas asas, caudas e penas para se comunicarem de uma forma bastante específica, mas que, para um leigo, por exemplo, pode não representar nada.

Uma indicação de irritabilidade, ou seja, o papagaio, para demonstrar estresse, ficará com suas penas eriçadas, mas com as asas ainda fechadas, fazendo pequenos movimentos para trás e para frente. Algumas variedades soltam alguns granidos para demonstram seus descontentamentos.

Se o papagaio estiver com as asas abertas e o peito encimado, isso significa que o mesmo está contente. Isso acontece quando ele está com fome e vê que alguém lhe dará comida. Na selva, esse movimento se realiza antes das refeições também.

A Linguagem de Dois Papagaios
A Linguagem de Dois Papagaios

Quando as asas estiverem abertas, mas a cabeça do papagaio estiver para a frente com o peito para baixo, e não para cima, com o peito aberto, as penas ficarão eriçadas, demonstrando autoridade e uma possível briga acontecerá. O papagaio realiza esse movimento quando confrontado ou na frente de possíveis predadores.

Papagaios São Altamente Capazes de Aprenderem Movimentos

Mulher Ensinando seu Papagaio a Beijar
Mulher Ensinando seu Papagaio a Beijar

Além dos movimentos instintivos dos papagaios, os mesmos ainda são inteligentes o suficiente para aprenderem “truques”, assim como os cães, por exemplo, para conseguirem alcançar determinado objetivo.

Alguns papagaios aprendem palavras específicas que o dono ensina caso o mesmo queira comer, por exemplo.

Ensinar ao papagaio a palavra “comida” e dar comida a ele cada vez que o mesmo falar tal palavra, fará com que ele aprenda que, ao sentir fome, basta dizer a palavra.

Mas, vale lembrar que nem todos os papagaios falam, e por isso a linguagem corporal será a maior ferramenta que esses utilizarão para ter um convívio humano com mais excelência.

Determinar poleiros específicos é uma ferramenta ideal na hora de ensinar um papagaio a pedir comida, por exemplo. Ensinar à ave que ela deve sobrevoar até tal poleiro caso ela queira comer é uma tarefa que pode ser aprendida em questão de dias. Basta ao dono ter vontade e empenho o suficiente para querer trabalhar todas essas condições com as aves.

Preste atenção no fato de que vários desses movimentos podem ser ensinados à ave que fora domesticada. Na natureza as formas são outras. Acompanhe a seguir para descobrir alguns pontos importantes da linguagem corporal do papagaio na natureza.

Qual é a Principal Linguagem Corporal do Papagaio Silvestre

Não há a necessidade do convívio com seres humanos para que um papagaio consiga determinar movimentos e execuções obrigatórias para poderem sobreviver.

Algumas espécies de papagaios possuem uma linguagem interna intrínseca que estabelece comunicações não compreendidas por outras espécies de aves.

O Papagaio Galego é um exemplo clássico da linguagem corporal, pelo fato de ser uma variedade que não fala, os mesmos se tornaram mestres nesse sentido. Por isso, aprenda mais sobre essa variedade acessando PAPAGAIO GALEGO.

Nas aves, o movimento corporal mais importante e conhecido é o movimento do acasalamento, onde pequenas danças são configuradas, misturadas a voos para impressionar as fêmeas.

Além desse, o movimento de dominação de território é o mais conspícuo, onde as aves erguem suas asas eriçadas para ficarem do maior tamanho possível.

Ave cabisbaixa indica desde desconforto a doenças, ligando o comportamento da ave a infecções ou fraturas.

Penas eriçadas e globo ocular maior do que o normal indica pavor, ato realizado mediante predadores.

Movimentação ininterrupta e chiados indicam estresse, que se dará após a perda de território ou de filhotes, ou de solidão. O estresse muitas vezes leva o papagaio à morte em questão de horas.

Veja também

Qual é o Ecossistema Típico de SP?

A Floresta de Araucária é um ecossistema típico do estado de São Paulo (SP). O …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *