Home / Animais / Tudo Sobre Gansos

Tudo Sobre Gansos

Já aconteceu com você de assistir passar lá no céu um bando de aves todas juntas na forma de um V bem grande, gritando um som parecido com o grasnar de patos? São gansos, uma ave com uma muito apreciada diante dos vários benefícios que podem proporcionar. Dizem que tem uma carne muito nutritiva e saborosa. Seus ovos e suas penas também são comercialmente muito aproveitados. Mas, se preferir, podem ser ótimos bichinhos de estimação ou muito úteis para vigiar sua propriedade. Vamos falar com mais detalhes dessas aves tão interessantes?

Conhecendo os Gansos e Sua História 

Gansos são classificados cientificamente em uma família que inclui todos os tipos de aves aquáticas, incluindo cisnes e patos. Os gansos e os cisnes são considerados os maiores nessa classificação, cujas características que facilmente os identificam incluem os longos pescoços e a coloração acromática. o peculiar do ganso nessa família é o fato de que, diferente dos outros, passam a maior parte de sua vida em terra e não na água. As duas principais  classificações científicas dos gansos são Anser e Branta. O total de gansos catalogados pelo mundo gira em torno de 30 espécies e as principais raças conhecidas são ganso sebastopol, ganso africano, ganso toulouse, ganso embden ou bremem e o ganso chinês branco ou chinês pardo. Cada uma dessas tem uma peculiaridade.

Ganso com Linda Plumagem
Ganso com Linda Plumagem

O ganso da raça sebastopol é considerada a melhor produtora de ovos de todas; sua fêmea pode produzir tantos ovos que não dá conta de chocar sozinha, sendo preciso providenciar uma chocadeira elétrica ou usar uma galinha chocadeira para ajudar. O ganso africano é facilmente identificado por uma longa e comprida faixa bem escura na parte de trás de seu pescoço, que segue comprida desde sua cabeça até a raiz de suas asas. O ganso da raça toulouse é considerado o mais pesado dentre as espécies, podendo chegar a ter mais de 15 quilos; sua carne, especialmente seu fígado, é muito requisitado na culinária francesa. O ganso alemão embden é aquele das penas todas brancas e de olhos azuis; suas belas penas são as mais visadas no comércio de confecção de enchimentos. E, por fim, o ganso da raça chinês branco ou pardo é do tipo que mais se vê no Brasil; por sua resistência é a raça que melhor se adapta ao nosso clima e também é o melhor na categoria de vigilante para uma propriedade. A maioria da espécie pode viver entre 10 a 25 anos quando criados na natureza. Quando criados em cativeiro, essa sobrevida pode se estender por pelo menos mais 05 anos. Mas há relatos pontuais de gansos que viveram muito mais do que essa média. Em geral, os gansos são migratórios, mas os cativos desde filhotinhos não o são.

A história da origem dos gansos é considerada muito antiga. Embora seja difícil precisar quando exatamente porque sua identificação fóssil se confunde muito com a de outras aves, existem descobertas arqueológicas na América do Sul que podem incluir sua existência desde a pré história. Fatos mais antigos que realmente comprovam sua existência são de alguns desenhos encontrados nas pirâmides egípcias. Desde então, os gansos vieram chamando atenção durante os séculos, conquistando simpatia e interesse e encontrando cada vez mais civilizações desejosas de criá-los. Para os soldados da Roma Antiga, por exemplo, os gansos foram de crucial importância na guerra contra os gauleses; graças a aptidão de alarme da raça chinês pardo, salvaram os guardas romanos de por pouco serem surpreendidos pelo inimigo no capitólio.

Comportamentos Da Espécie e os Cuidados Necessários

A alimentação de gansos confere a quem o criar muito pouco trabalho. Os gansos são aves herbívoras, com tendências omnívoras, ou seja, sua alimentação se resume a grama, capim, grãos, verduras, legumes, insetos, ervas daninhas, minhocas, etc. Recomenda-se contudo que, para crescerem saudáveis e para equilibrar a ingestão de  nutrientes, quem os criar se preocupe em acrescentar alguma ração adequada conforme a idade de seus gansos. Alguns também gostam de comer pão, mas isso não é muito nutritivo pra eles. Eles também apreciam peixes e milho. Se você tem uma propriedade em particular onde teimosamente cresce capim e ervas daninhas, pode tentar incentivar seus gansos a comer já desde novinhos. Podem desenvolver um gosto por isso e ajudá-lo na “capina” de sua propriedade.

Embora os gansos sejam aves bastante rústicas e capazes de sobreviver nos mais diversos climas, principalmente os cativos para criação precisam ser treinados a reconhecer e se acostumar com seus abrigos do sol e da chuva. Água é uma preciosidade que os gansos amam e necessitam. Portanto, sua instalação precisa prover água limpa em abundância, com espaço e profundidade para banhos e mergulhos rotineiros, especialmente no calor. É válido manter seus gansos dentro de espaços protegidos contra predadores, e amplo o suficiente para se locomoverem com boa liberdade. Isso inclui os ninhos para postura de ovos, que precisam ser individuais para cada fêmea. Se sua criação for pequena como, por exemplo, um macho e duas fêmeas, basta montar um pequeno cerco de tela, algo em torno de 12 metros quadrados com uma altura superior a 01 metro. Dois metros quadrados dentro desse espaço já é o suficiente para a construção de um abrigo que os proteja do sol e chuva e, para os ninhos, pneus velhos forrados com serragem e palha já vai resolver.

Entre os gansos, a época do acasalamento costuma ocorrer a partir dos 8 meses de idade, invariavelmente no segundo semestre do ano. Dificilmente na primeira postura as fêmeas irão por mais de 20 ovos, mas podem surpreender. Quando a postura começar, será numa média de um a dois ovos diários por fêmea. As fêmeas quando ficam chocas, são cuidadosas e ciumentas, podendo ficar bem agressivas. Leva em média um mês todo o período entre a postagem e a eclosão dos ovos, dependendo da raça. Seja muito criterioso com a escolha do lugar em que será instalado o ninho das fêmeas pois não é recomendado nenhuma mudança de local desses ninhos durante ou após o período de incubação.

Outras Peculiaridades da Espécie

As penas de ganso são muito visadas para enchimento de travesseiros, edredons e até colchões. Mas arrancá-las arbitrariamente causaria bastante estresse, sofrimento e dor as coitadinhas. O jeito certo de adquirir essas penas é aguardar um período natural da espécie conhecido como muda. Uma vez por ano, geralmente na época da estação mais fria, os gansos costumam perder as penas de suas asas e de sua cauda, um evento que dura cerca de 40 ou 50 dias. Esse é o período ideal para recolher suas penas, sem precisar agredi-las.

Travesseiros Pluma de Ganso
Travesseiros Pluma de Ganso

Os filhotes só começarão a alçar voo a parir dos 02 meses de idade. Mesmo assim eles ainda ficarão atrás de seus pais por onde forem por vários meses. Os gansos são umas das poucas aves que fazem isso, que não se separam de sua família após sua independência. Gansos da natureza, não cativos, quando atingem a fase de procriação, voltam até seu local de origem, não importa quão longe esteja, para procurar sua companheira de acasalamento lá, junto ao seu grupo natal. Isso pode envolver as vezes viagens superiores a 5.000 quilômetros até chegar de volta ao local onde nasceu.

Os gansos desenvolvem fortes vínculos de fidelidade e afeto a seu grupo. Também são monogâmicos. Se um ganso ficar doente ou se ferir, outro ou outros de seu grupo são capazes de deixar sua formação original, seu bando, para cuidar e proteger do incapacitado e permanecerão com ele até que morra ou se recomponha. No caso de um par com quem acasalou falecer, o outro ganso ficará meses ou anos sem se acasalar novamente. Talvez nunca mais o faça outra vez. A morte de um companheiro, inclusive, faz o outro ganso até se recolher e chorar pela perda.

Gansos Andando em Grupo
Gansos Andando em Grupo

Defina seu Objetivo e bom Proveito

Como se viu, existe muitas particularidades que tornam o ganso uma ave desejável. Defina, portanto, qual será o seu interesse em criá-los e adote a espécie certa para sua necessidade. Seja para um lucrativo negócio de abate ou comercialização de ovos, ou como um excelente e eficiente guardião de sua propriedade, ou até mesmo para mera ornamentação e exibição de uma linda ave de plumagens atraentes, os gansos sem dúvida são uma espécie que tem todas as opções para oferecer. Recebendo de você a dedicação, os recursos essenciais e o espaço conveniente, esteja certo que seus gansos só te darão regozijo e satisfação!

 

Veja também

Queimadura de Piolho de Cobra

A Lei da Selva Desde de que a vida surgiu no planeta Terra, há 3,5 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *