Home / Animais / Tudo Sobre Coelhos

Tudo Sobre Coelhos

Nos últimos anos tem-se observado um aumento considerável no número de acessos ao Google para obtenção de informações sobre tudo o que diz respeito a animais de estimação exóticos, como os coelhos, por exemplo.

E o resultado desse interesse é que, segundo dados do IBGE (2017), o Brasil passou a figurar em 4º lugar em número de domicílios com algum tipo de animal de estimação — um exército de mais de 130 milhões de cães, gatos, peixes, aves, répteis, entre outros animais exóticos, que hoje são considerados, por muitos, os melhores parceiros de homens e mulheres nos momentos de solidão.

Os coelhos, por exemplo, diferentemente do que se imagina, não são roedores; eles são mamíferos, pertencentes à família dos leporídeos e aos gêneros Oryctolagus e Sylvilagus.

Essa espécie, por incrível que pareça, possui hábitos noturnos, mas uma curiosidade aguçada — uma das suas principais características — torna-os disponíveis em praticamente todas as horas do dia.

O fato de serem dóceis, mansos, adestráveis, limpos e inteligentes, não deve ser motivo para negligências quanto a algumas características particulares que eles possuem, e que, muitas delas, têm a ver com os cuidados com a sua saúde.

De acordo com a American Rabbit Breeders Association órgão americano com status de autoridade em praticamente tudo sobre coelhos —, estes animais precisam ser mantidos, boa parte do tempo, em gaiolas, especialmente durante o seu transporte, ou para evitar fugas. No entanto, esta precisa ter as dimensões adequadas para a sua acomodação e segurança.

Lindo Coelho Branco de Olhos Vermelhos
Lindo Coelho Branco de Olhos Vermelhos

O recomendado é que o seu comprimento seja multiplicado pela largura descontado o espaço necessário para a colocação de vasilhames para a ração e observadas as características e os hábitos particulares de cada animal.

Na verdade, o que a maioria dos veterinários afirmam é que para que a escolha desse tipo de companhia não se torne um pesadelo, o ideal é analisar, na hora da compra, as suas personalidades, e se elas, de alguma maneira, entram em conflito com o seu estilo de vida.

Como Criar Coelhos de Forma Adequada?

Os entusiastas que tratam de tudo o que esteja relacionado com a rotina de coelhos, não têm receios de afirmar que as gaiolas são as suas residências oficiais.

Mas para que realmente sintam-se como reis e rainhas, é necessário que elas possuam dimensões adequadas para acomodá-los com conforto e segurança.

Para isso, vale a técnica indicada acima de multiplicar o comprimento pela sua largura e descontar os espaços onde ficarão os vasilhames de rações.

Dessa forma, construída com base no tamanho e peso do animal, ela oferecerá condições para que ele movimente-se, estique as pernas, distraia-se com a pedra de cálcio e uma madeira (que devem ser fornecidas para que eles afiem os dentes e as presas), faça as suas refeições, necessidades fisiológicas, entre outras, que lhe garantam uma rotina tranquila e saudável.

É preciso atentar para o fato de que os coelhos são animais biologicamente fortes e resistentes, e que podem viver entre 14 e 16 anos. Logo, as principais causas de estresse, ansiedade e demais transtornos à sua saúde são, justamente, as precárias condições de higiene e de alimentação fatores que, mantidos adequadamente, garantem-lhes uma vida longa e sem graves transtornos de saúde.

Outro detalhe importante, é o fato de que os coelhos, do ponto de vista das outras espécies, são animais extremamente vulneráveis. Seria interessante, portanto, analisar os riscos da sua convivência com cães de grande porte, cobras e demais animais selvagens, que porventura tenha como animais de estimação.

Outros detalhes também devem ser levados em consideração: Nunca, e em hipótese alguma, acostume-se com o hábito de levantar os coelhos pelas orelhas. Nem tudo o que se fala sobre como lidar com coelhos deve ser levado em consideração. E essa foma de manipulá-los é um dos vários mitos que envolvem essa espécie tão singular.

Por fim, é importante conversar com um veterinário experiente acerca da esterilização e vacinação de animais domésticos. As práticas mais modernas de convívio entre animais e humanos, recomendam a correta vacinação e a esterilização com o objetivo de controlar a população dessas espécies no seio da sociedade.

Tudo o Que se Sabe Sobre a Reprodução dos Coelhos

Não vem de hoje a fama dos coelhos quando o assunto é, digamos, as suas habilidades sexuais, ou melhor, a seriedade com que encaram essa tarefa. No entanto, não há nada de tão incomum ou de excepcional assim em seus hábitos sexuais.

Talvez o que chame a atenção é que essa espécie é capaz de acasalar durante o ano inteiro, sem o caráter de sazonalidade de outras.

Ao reunir macho e fêmea em uma gaiola, o contato sexual é quase imediato. E num período não superior a 1 mês a fêmea dará a luz entre 6 e 8 filhotes.

Os preparativos para esse momento deverão ser observados com cuidado. Será necessário colocar dentro da gaiola uma espécie de caminha de madeira (com 30 cm de comprimento x 35 cm de largura x 30 cm de altura) forrada com ramos, palhas ou mato seco. Este será o local que receberá os filhotinhos.

Filhotes de Coelho
Filhotes de Coelho

Mas será preciso também manter-se atento às suas condições no ninho. Periodicamente, você deverá conferir o seu estado. Se estão aquecidos, se nenhum deles morreu, se estão recebendo a devida atenção da mamãe, etc.

Caso esteja tudo de acordo, em um período de 1 mês eles já estarão circulando, entusiasmados, pela gaiola. E após mais dez dias, já não necessitarão mais de tantos cuidados da mãe.

De acordo com os veterinários, a partir de 5 meses de idade um coelho (macho ou fêmea) estará apto a reproduzir. E esta capacidade ocorre praticamente o ano todo (com uma pequena queda entre os meses de setembro e outubro), quando a fecundidade da fêmea sofre uma certa oscilação.

A Alimentação e Tudo o Mais Sobre a Dieta dos Coelhos

O ideal é que a dieta dos coelhos contenha no mínimo entre 15 e 25% de vegetais, além do feno, que também deve ser fornecido, já que é a principal alimentação dessas espécies.

Essa alimentação deverá ser completada com uma ração de qualidade, a ser fornecida juntamente com vegetais, como: cenoura, beterraba, brócolis, couve-flor, rabanete, salsinha, cebolinha, nabo, entre outros.

Só o que se recomenda é evitar produtos industrializados para o consumo humano (como os enlatados, doces e chocolates, por exemplo), além de alguns grãos, arroz, feijão, batata, pepino, alface, entre outros vegetais e leguminosas que considerar de pouco valor nutritivo.

O importante mesmo, segundo os veterinários, é evitar variações na dieta dos coelhos, dando preferência, sempre, àqueles alimentos com os quais eles já estão acostumados, e que são próprios da sua condição de animais essencialmente herbívoros.

Outro detalhe, ainda nesse universo que envolve tudo sobre a alimentação dos coelhos, é com relação à alimentação dos filhotes.

Não é um consenso, mas boa parte dos veterinários aconselham que os vegetais sejam introduzidos à sua alimentação somente após os três meses de vida. Antes disso, o leite materno, e logo após o feno e a ração adequada, é que deverão representar a base da alimentação desses animaizinhos.

Gostaria de contribuir para o aperfeiçoamento desse artigo? Compartilhe conosco as suas experiências com a alimentação dos coelhos, em um comentário, logo abaixo. E continuem acompanhando as nossas publicações.

Veja também

Como Eliminar Escorpiões? Armadilhas Para Escorpiões

Habitantes de desertos, savanas ou florestas, às vezes até hospedeiros de nossas casas, símbolos mitológicos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *