Home / Animais / Sapo Comum Tem Veneno?

Sapo Comum Tem Veneno?

Há muitos sapos considerados comuns pelo mundo. Mas é claro que nem sempre o espécime que é comum lá na França, por exemplo, seja o mesmo que é comum aqui. No Brasil o sapo considerado mais comum é o espécie bufo marinus, o famoso sapo cururu. Pensando nesse sapo, voltemos pra pergunta de nosso artigo.

Sapo Comum Tem Veneno?

Bem, as aparências enganam. E infelizmente tenho de confirmar que nosso cururu é um assassino! O Bufo marinus mata cães e gatos. Esta espécie de sapo pode ser encontrada em todo o mundo, exceto em climas extremamente frios.

O Bufo tem glândulas por trás de seus olhos que secretam uma substância gordurosa e branca que age como um impedimento para os predadores. A toxina também está na pele do sapo. Esta substância é tóxica para os animais que entram em contato com ela.

Um cachorro pode lamber o sapo e ingerir toxinas suficientes para ficar muito doente ou morrer. Pequenas raças de cães são mais facilmente afetadas porque não é preciso muito veneno para matá-los, como seria para uma raça grande.

E pra piorar as coisas, não há antídoto para a toxina Bufo. Dependendo da quantidade de toxina que o seu cão ingeriu e do tamanho do seu cão, o veneno pode levar à parada cardíaca. Espuma pode ser vista vindo da boca do cão, semelhante à dos sintomas da raiva. A temperatura do seu animal de estimação subirá rapidamente e o cão poderá começar a ter convulsões.

Para saber se o seu cão foi envenenado, verifique a cor das suas gengivas; eles devem ser rosa. Se seu animal de estimação foi exposto ao veneno do Bufo, suas gengivas ficarão muito vermelhas. Se você suspeitar que seu cão entrou em contato com um sapo cururu, administre os primeiros socorros imediatamente!

Administrando os Primeiros Socorros

Lave imediatamente a boca e os olhos do cão com água em abundância porque a toxina é rapidamente absorvida pela membrana mucosa da boca. A secreção do sapo também é muito pegajosa, então você pode ter que usar um pano para esfregar o interior da boca do cachorro.

Lembre-se também que quando você coloca a mão dentro da boca de um cachorro, você pode ser mordido. Mas isso é necessário para salvar a vida do seu animal de estimação. Procure um veterinário imediatamente, não importa a hora, com a sorte de existir uma emergência veterinária em sua região.

Faça alguém dirigir pra você enquanto cuida do seu cão no banco de trás pois talvez possa precisar de uma ressuscitação cardiopulmonar a qualquer momento. Com a ingestão desse veneno, seu animal de estimação pode entrar em parada cardíaca.

Se você ainda não sabe como realizar uma ressuscitação cardiopulmonar em seu animal de estimação, sugiro que você aprenda como ciente agora do risco que esse tipo de sapo traz. Pergunte ao seu veterinário para mostrar-lhe como fazê-lo.

Tem esse Sapo Onde Você Mora?

Como um dono de animal responsável, você deve ser capaz de identificar o Bufo Marinus para que você possa evitar que ele mate seus animais de estimação. Mas uma advertência: não mate o sapo! Ele não vai atacar seu cão ou gato. Seu veneno é sua defesa mas sua tendência é fugir.

Eles são grandes e feios com corpos rechonchudos e pernas curtas. Existem tipos tão grandes quanto um prato de jantar. Os mais jovens podem não ser tão grandes, mas são igualmente perigosos. Eles são geralmente marrons e com verrugas na pele. Alguns têm uma cor acinzentada.

Eles vivem perto da água, em lugares como lagoas ou canais. Sua piscina no quintal também pode atraí-los. As piscinas infantis com água parada também as atraem. Eles têm bolsos inchados chamados glândulas paratóides localizadas atrás dos olhos. Eles usam essas glândulas para esguichar veneno.

Eles adoram ração para animais de estimação, por isso não deixe de fora recipientes com comida de cachorro no quintal ou varanda. Eles são geralmente comuns após o anoitecer. É bom evitar deixar seus animais soltos depois do pôr do sol, a menos que esteja lá para cuidar deles.

Algumas Informações Mais Técnicas

O sapo adulto possui grandes glândulas paratóides atrás dos olhos, e outras glândulas estão localizadas em suas costas. Quando ameaçado, estas glândulas segregam um líquido branco leitoso conhecido para bufotoxina. Mas como se explicou, tudo isso são defesas que o sapo só usará ao sentir-se acuado.

O sapo-cururu não é perigoso para os seres humanos, a menos que o veneno que ele planeja afeta as membranas mucosas, incluindo os olhos, onde causa a dor severa, cegueira temporária e inflamação. Há casos de mortes humanas somente porque tiveram a bela idéia de comer esse sapo.

Além de toxinas, o sapo-cururu é capaz de inspirar um monte de ar em seus pulmões para inflar seu corpo, e, portanto, parecem cada vez maior o rosto de um predador. O sapo-búfalo tem um poderoso coaxar, que é ouvido muito bem à noite em áreas onde é encontrado.

O sapo cururu foi introduzido em várias partes do mundo, particularmente no Pacífico, para lutar contra as pragas agrícolas. Estas apresentações têm sido geralmente bem planejado, e este sapo é definitivamente as espécies mais estudadas introduzidas.

São sapos muito úteis principalmente em zonas agrícolas para o controle de pragas, pois é um sapo de dieta muito variada que inclui roedores, insetos, aves, pequenos répteis incluindo pequenas cobras, etc. Mas pode realmente se interessar por plantas, alimentos ou resíduos domésticos, incluindo as rações animais.

Se mantiver seu quintal livre dessas tentações, ele pode ser muito útil em livrá-lo de ratos ou cobras. Não mate os sapos. Em caso de proliferação desenfreada, chame a saúde pública de sua região.

Além de seu interesse anteriormente declarado no controle de pragas nas culturas, o sapo cururu é usado para vários usos comerciais ou não comerciais. Sapos cururu também pode ser usado para testes de gravidez, como animal de estimação, para pesquisa de laboratório e para a produção de artigos de couro. As tentativas de utilizar o corpo como fertilizante também foram realizados.

Veja também

Escorpião Preto Andando em Terras Asiáticas

Habitat do Escorpião Preto: Onde eles Vivem?

Os escorpiões, ao mesmo tempo que parecem ser animais assustadores, são seres fascinantes também. Obviamente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *