Home / Animais / Nome Científico da Coruja Buraqueira

Nome Científico da Coruja Buraqueira

Ela foi principal em diversas lendas, filmes, séries de TV e tudo que se tem direito. Criou-se ao redor dela, uma sensação de mistério, como se não desse exatamente para prever seus próximos movimentos. Sua aparência ajudou nisso, os olhos grandes que parecem estar te seguindo criou ainda mais medo e lendas nas pessoas.

As corujas possuem um papel simbológico muito antigo já. Desde a Grécia Antiga, quando elas eram consideradas inteligentes, por ser o bicho de estimação de Atenas, até nos dias atuais em que para alguns representam sorte. São muitas as espécies e tipos de corujas ao redor do mundo, no Brasil há um total de 22 espécies.

E elas podem ser parecidas de longe, mas olhando de perto, mostram bem suas características diferentes. Uma das espécies que mais vem sendo estudada e conhecida pelos brasileiros é a coruja-buraqueira. Com esse nome, já causa muita dúvida, uma delas ao redor de seu nome popular e o seu nome científico. Por isso hoje, viemos falar um pouco mais sobre elas.

As Corujas

As corujas fazem parte do conhecido grupo de aves de rapina. São muito inteligentes e ótimas caçadoras. Por serem tão adaptáveis, podem ser encontradas em basicamente todos os continentes, exceto na Antártida. No total existem cerca de 220 espécies de corujas, com mais de 24 no Brasil.

Sua alimentação costuma ser igual para todas as espécies quase, alimentam-se de insetos e pequenos roedores. Outro fator interessante sobre esses animais é sua condição de ótima visão e audição. Seus olhos grandes tem uma perfeita visão, e para melhorar isso, elas conseguem mexer a cabeça em até 27o graus, dando maior campo de visão. Sua ótima visão é boa tanto para o dia, até para quando existe total ausência de luz.

Quanto a audição, muitas vezes não é nem possível ver suas orelhas. Mas elas estão ali, e fazem um papel incrível, podendo ouvir há quilômetros quando uma presa ou predador se aproxima. Suas asas são de grande importância para serem as ótimas caçadoras que são. Sua plumagem faz com que o vento bata e flua, sem causar muito impacto, deixando seu voo completamente silencioso.

A Coruja Buraqueira

Diferente da maioria das corujas, a buraqueira possui hábitos diurnos, sendo mais ativas durante o amanhecer e entardecer. Ela possui um porte pequena, com uma cabeça meio arredondada. Sua face traz olhos amarelos e sobrancelhas brancas, deixando tudo visualmente interessante. Outra coisa diferente da maioria das outras corujas, é que o macho na buraqueira é um pouco maior que a fêmea.

Seu nicho ecológico, ou seja, relações ecológicas são bem interessantes. As buraqueiras gostam de passar o dia dormindo em seu ninho e tomando um sol nas árvores. Sua alimentação acontece também durante o dia, mas se preciso, também caça noite a dentro. Ela se alimenta de ratos, insetos e até mesmo cobras. Isso beneficia o homem na agricultura demais.

Quanto a reprodução, ela começa entre março e abril. A fêmea faz um ninho nos buracos e ela e o macho ficam revezando para alargar o buraco. Depois de pronto, eles jogam capim seco no fundo para forrar. Isso é uma boa para as corujas, pois acaba atraindo insetos, que viram seu alimento depois. A coruja coloca de 7 a 9 ovos, e sua incubação dura em um período de um mês basicamente.

Algo bem interessante é que, antes do parto, o macho é o que mantém a segurança e alimentação dos filhos, enquanto que depois do parto, os cuidados com os filhotes fica totalmente tarefa do macho. Eles só saem do ninho depois de uns 40 dias, quando começam a caçar insetos e fazer as coisas por si só.

Nome Científico da Coruja Buraqueira

Buraqueira, como ficou conhecida, não é deu fato seu nome científico, e sim o nome popular. Isso acontece com basicamente todas as espécies de animais e plantas, porque normalmente os nomes científicos são mais longos e difíceis de serem pronunciados. Para entendermos melhor como é escolhido o nome científico e o que ele significa, temos que analisar todo o conjunto.

Casal de Coruja Buraqueira
Casal de Coruja Buraqueira
  • Reino: Animalia (animais).
  • Filo: Cordado (que possuem ou possuíram em algum momento a notocorda).
  • Classe: Aves.
  • Ordem: Strigiformes (aves de rapina, caçadoras e com boa audição e visão).
  • Família: Strigdae (uma das duas famílias de aves que incluem a coruja).
  • Gênero: Athene (antigamente dizia-se que era Speotyto).
  • Espécie: Cunicularia.

Tendo isso em vista, podemos chegar até o nome científico, que é a junção do gênero com a espécie. Por isso, o nome científico das corujas buraqueiras, é na realidade Athene cunicularia.

Habitat da Coruja Buraqueira

Primeiro, devemos entender o porque seu nome ser esse. O nome buraqueira, seu nome popular, veio devido ao seu habitat. Elas costumam cavar buracos no solo e vivem ali dentro quando não estão se alimentando. Elas podem cavar seus próprios buracos, mas ainda assim preferem os já feitos, de cachorros, tatus e outros animais que tendem a cavar buracos.

Só esse fenômeno já nos dá uma ideia de por onde andam as corujas buraqueiras. Elas podem ser encontradas em campos, pastagens e gramados da área urbana. Sendo totalmente adaptadas para esse tipo de cenário. Mas também são bastante encontradas no Cerrado.

Por ter seu habitat bem perto dos humanos, ou no caso do Cerrado, onde os humanos mais gostam de desmatar, que elas possuem o humano como seu último predador. Isso acontece pois elas são aves de rapina, então dificilmente encontram outros predadores fora nós.

Agora que nós conhecemos melhor sobre essa corujinha tão interessante, temos que fazer com que ela seja bem cuidada.

Veja também

Escorpião Preto Andando em Terras Asiáticas

Habitat do Escorpião Preto: Onde eles Vivem?

Os escorpiões, ao mesmo tempo que parecem ser animais assustadores, são seres fascinantes também. Obviamente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *