Home / Animais / Ganso Sinaleiro Como Criar?

Ganso Sinaleiro Como Criar?

A criação de gansos é ainda muito incomum e não se tem muitas informações de como fazer e cuidar. Entretanto, é uma boa para quem tem interesse na ave ou quer ganhar dinheiro a partir de um animal tão diferente.

São diversos os tipos de gansos, e nem todos é possível criar em cativeiros, entretanto os mais populares são facilmente possíveis de criação. Um desses tipos de gansos conhecidos é o Ganso Sinaleiro. Ele além de suas respectivas características de ganso, também serve como um estilo de cão de guarda e podem viver por muito tempo.

Se essa raça de ganso te interessou por qualquer que seja o motivo, trazemos hoje como criar o famoso ganso sinaleiro.

Sobre o Ganso Sinaleiro Chinês

Seu nome é Ganso-Sinaleiro-Chinês e é descendente do Ganso Chinês selvagem que vive em lagos da China, Japão, Rússia e ambas Coreias. O Chinês selvagem corre risco de extinção há muito tempo, pois seu habitat foi sendo destruído e a caça foi os exterminando.

O sinaleiro mede até 94 centímetros, raramente passando disso, e tem um peso também mais baixo, chegando na média de cinco quilos. Sua pelagem pode ser completamente branca ou em tons de marrom e suas patas e bicos são alaranjados, lembrando um pouco o pato. Já seu pescoço puxa mais para as espécies de gansos, por terem um porte mais elegante. Acima do bico desses animais, existe um tipo de crista óssea, que é maior nos machos e é um diferenciador entre o sinaleiro e o chinês original.

É um animal que consegue se reproduzir muito, podendo chegar a colocar até 100 ovos em um ano! Ela bota em um lugar próximo da água e os incuba por no máximo 30 dias. O macho fica sempre por perto, garantindo proteção e comida para a sua família. Diferente dos adultos, os filhotinhos de gansos sinaleiros nascem com plumagem amarela e tem um desenvolvimento muito rápido, podendo andar e seguir a mãe logo nas primeiras horas de vida.

Sua alimentação, como todas as outras subespécies de gansos, é herbívora com tendência omnívoras, logo se alimenta tanto de folhas, sementes, verduras e frutas, como de alguns insetos, caracóis, vermes e crustáceos. Dependendo do tipo de folhas, conseguem grande parte de seus nutrientes somente delas, mas vai depender de casos em casos.

Como Criar o Ganso Sinaleiro?

A criação desse ganso vai depender de diversos fatores. O principal é o motivo e objetivo no qual você está criando esse ou esses animais. Cada um terá suas próprias especificações para que o objetivo seja alcançado da melhor forma possível. Porém, existe algumas regras e necessidades básicas que servem para todos os gansos sinaleiros (e também para outros tipos de gansos).

Devem ter espaço suficiente para que possam andar e se locomover sem se sentirem muito estressadas e/ou apertadas. Caso o local seja aberto, deve-se providenciar um espaço coberto para que possam esconder-se de chuva e sol. Além disso, a higienização desse local deve ser feita sempre, com muita cautela na época de ninhada.

Nessas épocas também é preciso deixar um espaço para as fêmeas botarem os ovos. Alguns costumam deixar instalados tanques, que na maioria das vezes funciona, mas você pode escolher outra forma desde que as deixe confortáveis de fazer seus ninhos. Caso a fêmea não seja uma boa chocadeira, com cuidado, o criador deve mudar os ovos para outra fêmea chocar.

Casal de Ganso Sinaleiro
Casal de Ganso Sinaleiro

Sua alimentação deve ser balanceada e sempre acompanhada, pois pode afetar todos os seus afazeres. Como falamos, eles comem muita coisa, porém quem vai domesticar é necessário que haja um complemento a partir da ração, que vai mudando de acordo com a idade e tamanho do ganso.

Por Qual Motivo Criar um Ganso Sinaleiro

Na Europa, a criação de gansos tem como principal motivo a renda para seus criadores. No Brasil, essa cultura ainda não se instalou por completo, e a maioria dos criadouros de gansos são para estimação e ornamento. Porém recentemente iniciou-se uma nova “modalidade” para criar esses animais. E é aí que o ganso sinaleiro entra.

Ter cães de guarda e outros animais ficou no passado, agora o famoso é utilizar gansos sinaleiros. Esse tipo de ganso ganhou esse nome devido ao fato que qualquer sinal de perigo, começa a fazer muito barulho e bem alto. Apesar de não ser um dos bichos mais fortes por aí, o sinaleiro não tem medo e ao mesmo tempo que grunhi, corre atrás do intruso para dar bicadas.

Então além de alertar seu proprietário, coloca os intrusos para correr. Isso se dá, pois, eles são muito territoriais e protetores, logo, qualquer coisa diferente que pareça ser perigoso já é motivo suficiente para fazer escândalo. E também causa certo espanto, ninguém imagina que ali mora um ganso que vai vir atrás de você se você chegar perto demais.

A Chegada dos Gansos Sinaleiros no Brasil

Apesar de os gansos serem animais que são domesticados a muito tempo, mais especificamente ainda no Antigo Egito, a criação de gansos no Brasil ainda é parada e devagar. Os sinaleiros foram os últimos a chegar no país e estão lentamente tomando conta.

Mulher Passeando Com Seus Dois Gansos Sinaleiros
Mulher Passeando Com Seus Dois Gansos Sinaleiros

É mais comum encontra-los não em criadouros específicos de ganso, mas sim vivendo em fazendas junto com outros animais como porcos e galinhas em um terreno só. Mesmo que de espécies diferentes, os gansos são amigáveis e conseguem se socializar com outros animais, então no final, o sinaleiro continua fazendo seu papel alertando o proprietário, não importa onde esteja.

Ao querer ter um desses, deve-se passar por algumas etapas e certificar-se que irá cuidar bem do animal. Afinal, ele não é brinquedo.

Leia mais sobre gansos e como cria-los em cativeiros aqui: Como criar gansos em cativeiro?

Veja também

Animais em Extinção no Brasil

É fato que o Brasil muitas vezes é reconhecido no exterior por possuir a maior …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *