Home / Animais / Coruja Vermelha de Madagascar – Características

Coruja Vermelha de Madagascar – Características

Você pode estar se perguntando: Mas existe uma coruja vermelha? Pode parecer estranho, mas ela existe sim. Viemos para lhe mostrar estas incríveis criaturas, que possuem características próprias e são donas de uma beleza ímpar.

Você Conhece a Coruja Vermelha de Madagascar?

A coruja vermelha de Madagascar é uma espécie de coruja bastante curiosa, enquanto a maioria possui plumagem marrom, esbranquiçada ou cinza; ela é totalmente vermelha, com uma plumagem excêntrica que chama a atenção de qualquer um que a aviste pela primeira vez.

Um fator determinante que nós não conseguimos avista-las é por que elas não estão no nosso território, e em nenhum outro do mundo. Elas estão apenas em um único lugar, na verdade, em uma ilha, na ilha de Madagascar.

Elas costumam estar presente na porção Nordeste da ilha. Mas a falta de informação a respeito dela é grande; não se sabe ao certo quantos indivíduos existem, nem muitas informações científicas a cerca das aves desta espécie.

Já que foram avistadas pela primeira vez apenas em 1878. É um período recente, ainda mais quando estamos falando de uma espécie que habita apenas uma ilha, as dificuldades de locomoção, pesquisa e estrutura dificultam as pesquisas.

Em 1993, pesquisadores da WWF (World Wide Fund for Nature) as encontraram em meio as expedições realizadas na ilha; confirmando a existência desta espécie tão rara.

Mas o fato é que elas vêm sofrendo risco de extinção, principalmente por causa de ações humanas.

O maior mal que o ser humano pode causar a outro ser vivo é a destruição de seu habitat. É o que acontece praticamente em todos os países do mundo. O desmatamento prejudica milhares e milhares de seres vivos habitantes das florestas; e na ilha de Madagascar não é diferente.

Madagascar – O Habitat da Coruja Vermelha

A Ilha de Madagascar possui nada mais nada menos que 85% das espécies originais de seu território; ou seja, a maioria dos animais que vivem na ilha, é exclusiva da quarta maior ilha do plante Terra.

Fica localizada na porção Leste do continente Africano e é banhada pelo Oceano Índico. Ao longo do tempo, ela se desprendeu do continente, acarretando no isolamento biológico de diversas espécies de animais e de plantas.

Madagascar sofre com decorrentes desmatamentos, variações climáticas e ações humanas. O número de habitantes cresce cerca de meio milhão de pessoas por ano na ilha.

Estima-se que já existam 20 milhões de pessoas que moram lá; e o que mais movimenta a economia da ilha é a agricultura.

Para fazer as plantações, os humanos queimam grandes porções das florestas e acabam com o habitat de diversos animais.

É triste para todos que buscam a preservação de espécies e de plantas; mas um fato que tem que ser destacado aqui, é que as florestas, que já estiveram presentes em 90% do território, hoje representam apenas 10% da Ilha de Madagascar.

Mas a preservação neste momento é fundamental. O ser humano não pode acabar com as diferentes espécies que habitam a Ilha, elas são exclusivas do local e merecem viver com tranquilidade sem que suas árvores sejam queimadas e suas casas destruídas.

Vamos conhecer algumas características da excêntrica coruja vermelha habitante da Ilha de Madagascar.

Coruja Vermelha de Madagascar – Características

A Coruja Vermelha de Madagascar é considerada a coruja mais rara de todo o planeta Terra.

É uma ave de porte médio, com 28 a 32 centímetros de comprimento e pesa entre 350 a 420 gramas.

Apesar de ser conhecida como Coruja Vermelha, existem variações no seu corpo e as vezes podem ser alaranjadas.

Diferente da maioria das espécies de coruja, ela faz parte da família Tytonidae. Fazem parte desta família representantes do gênero Tyto; as mais conhecidas desse gênero são as Suindaras, que possuem características semelhantes à Coruja Vermelha.

Quase todas as espécies de coruja, são da família Strigidae; são ave strigiformes divididas em diferentes gêneros – Bubo, Strix, Athene, Glacidium, etc.

Onde estão presentes os mais diversos tipos e espécies de corujas – buraqueira, das neves, Jacurutu, das torres e mais tantas outras; estima-se que existam cerca de 210 espécies de corujas.

As características do gênero Tyto são diferentes dos outros gêneros. Existem apenas 19 espécies representantes do gênero, sendo que são 18 do gênero Tyto e apenas 1 do gênero Phodilus.

Estes animais são pouco estudados pelos humanos, isso se dá pelo fato de serem muito raras as aparições deles para nós.

A Coruja Vermelha também é conhecida como Suindara-Vermelha-de-Madagascar, ela possui o mesmo formato que a Suindara possui na cara. O formato de “coração” na face a distingue de todos os outros gêneros de coruja. Elas também se assemelham as Corujas de Celeiro.

Coruja Vermelha – Comportamento, Reprodução e Alimentação.

Ela possui principalmente hábitos noturnos; quando sai para caçar, explorar áreas e comunicar-se com outras aves.

Ela emite sons como “wok-wok-woook-wok” quando está buscando alimento, quando quer chamar atenção ou mesmo reproduzir.

Seus comportamentos e hábitos são pouco conhecidos, pois elas não são vistas com frequência. Mas especialistas acreditam que ela possua hábitos semelhantes ao da Suindara e da Coruja de Celeiro; já que é semelhante às mesmas.

Quando elas encontram seus pares, elas nidificam em cavidades profundas nas árvores para realizarem a reprodução da espécie; algo sagrado e fundamental para uma espécie em extinção. Por isso o desmatamento, a queima das árvores significa a destruição da moradia e do habitat da Coruja Vermelha.

Elas nidificam e geram apenas 2 ovos por período reprodutivo. Realizam a incubação durante um período aproximado de 1 mês e com 10 semanas de vida os filhotes podem explorar, aprendem a caçar e a voar.

Em um período de 4 meses, ele fica aprendendo com seus pais as atividades necessárias e após estes meses de aprendizado, sai para viver independente.

Mas do que se alimenta a Coruja Vermelha? Bom, apesar dela ser uma espécie rara de coruja, os hábitos alimentares são semelhantes a todas as outras.

Elas se alimentam majoritariamente de pequenos mamíferos. Podemos incluir roedores – ratazanas, camundongos, tenreque, coelhos, entre muitos outros.

Elas caçam pelas bordas de florestas, evitando a mata fechada. Além disso, quando o alimento principal fica escasso, podem caçar também pequenos insetos em diferentes lugares, inclusive em plantações de arroz da região.

Veja também

Animais Exóticos da Austrália

A Austrália é um país rico nos mais diversos âmbitos e sentidos da palavra. Nele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *