Home / Animais / Com Quantos Anos o Jabuti Pode Cruzar?

Com Quantos Anos o Jabuti Pode Cruzar?

Conhecido como a versão terrestre da tartaruga, o jabuti (gênero Chelonoidis) é um animal dócil que vem sendo amplamente utilizado como pet, apesar de demandar autorização prévia do IBAMA ou de órgãos estaduais do meio ambiente, visto que é considerado oficialmente como um animal silvestre.

No Brasil, há duas espécies de jabuti, são elas o jabuti-piranga (Chelonoidis carbonaria) e o jabuti-tinga (Chelonoidis denticulata).Para a América Latina, de forma geral, estão inclusas mais duas espécies, são elas o Chelonoidis chilensis e o Chelonoidis nigra.

Os jabutis pertencem à ordem Testudines e família Testudinidae, assim como os seus parentes, as tartarugas e cágados.

Neste artigo, você conhecerá algumas particularidades sobre o jabuti e o seu padrão reprodutivo. Afinal, com quantos anos o jabuti pode cruzar?

Venha conosco e descubra.

Características do Jabuti

A principal característica física do jabuti com certeza é o seu casco de formato convexo. O mais curioso é que este casco é uma estrutura formada por ossos, ou seja, resultado da fusão das vértebras do tórax às costelas. Além de ser formado por ossos, o casco é revestido por placas córneas. Esteticamente, ele apresenta desenhos padronizados na forma de polígonos, com coloração frequentemente amarela. A função do casco é atuar como uma caixa protetora, na qual o jabuti se recolhe ao se sentir ameaçado, logo a cabeça e as patas do animal também são adaptadas a essa função, ao executarem movimentos retráteis.

Ao falar em patas, é importante saber que as patas do jabuti são totalmente diferentes das patas da tartaruga, visto que são destinadas à locomoção terrestre. Dessa forma, as patas são robustas e detém alguma semelhança em relação às patas de elefante. Também pode haver pequenas garras (ou unhas) situadas na sua extremidade.

A cabeça deste animal é pequena. Na face, há olhos grandes e destacados. Os tímpanos do jabuti estão localizados atrás dos seus olhos, fato considerado bastante intrigante.

O Tamanho do Jabuti
O Tamanho do Jabuti

O tamanho médio do jabuti é de 70 centímetros. Em relação à expectativa de vida, ela atinge 80 anos (embora algumas literaturas falem em 50), podendo estender-se até 100 anos.

Localização Geográfica e Hábitat Natural

O jabuti é um animal nativo da América do Sul.

No Brasil, a espécie jabuti-piranga está amplamente distribuída entre os estados das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Sudeste. Esta espécie pode ser encontrada em florestas densas, a exemplo da Mata Atlântica e Floresta Amazônica, assim como áreas mais abertas, como ocorre nos biomas brasileiros do Cerrado e da Caatinga.

Já a espécie jabuti-tinga tem menor distribuição ao longo do território nacional, e pode ser encontrado nas regiões Norte, Nordeste e Centro-oeste. Ao contrário do jabuti-piranga, o jabuti-tinga raramente pode ser encontrado em áreas mais abertas, logo tem maior preferência por florestas densas.

Padrões Alimentares e Comportamentais

Em relação aos padrões alimentares, os jabutis são considerados animais onívoros, ou seja, com uma alimentação que mescla fontes animais e vegetais. Logo, o aconselhável é que a dieta deste animal (principalmente se for um jabuti domesticado) seja bastante equilibrada.

Em cativeiro, é aconselhável oferecer frutas e legumes e, ocasionalmente, carne crua e moída. As frutas mais indicadas são pera, uva, maça e banana. Uma outra fonte de proteína animal pode ser garantido através da oferta periódica de ovos cozidos, assim como ração. Essa ração pode ser do tipo canina sem problemas, desde que seja de boa qualidade. No entanto, o ideal é umedecê-las com água antes de ofertar ao animal; lembrando que as rações correspondem apenas a uma pequena parte das necessidades nutricionais do animal.

No ambiente silvestre, os jabutis podem se alimentar de restos de animais em decomposição, folhas, flores, sementes e insetos. O hábito de ingerir sementes contribui para que o jabuti seja um excelente agricultor e dispersor de sementes em florestas tropicais.

Além de serem onívoros, os jabutis possuem um outro padrão alimentar, o qual é considerado bastante inusitado: são animais coprófagos, ou seja, ingerem fezes de outros animais. Com a coprofagia, eles apresentam grande vulnerabilidade para contrair determinados patógenos.

Em relação aos hábitos comportamentais do jabuti, pode-se dizer que são diurnos, ou seja, tem preferência por buscar alimentos durante o dia, e recolher-se à noite.

Características Sexuais e Reprodutivas

Antes da cópula, caso haja mais de um macho e apenas uma fêmea no local, os jabutis realizam uma disputa que consiste em recolher a cabeça e bater repetidamente nos cascos um do outro. O vencedor acasala com a fêmea.

As estações do ano determinam o período reprodutivo, o qual acontece principalmente no mês de Outubro.

Uma grande curiosidade em relação às características físicas do jabuti que favorecem o acasalamento é sobre o plastrão. Ele é caracterizado como a porção ventral do casco, e varia de formato para o macho e a fêmea (também chamada de jabota). No macho, o plastrão é côncavo, de modo a facilitar a posição dele sobre a fêmea durante a cópula.

Durante o acasalamento, o macho sobe na carapaça da fêmea e permanece até que o sêmen seja injetado. É frequente que os machos sejam maiores que as fêmeas, pois, se a situação fosse inversa, eles não teriam a possibilidade de fecunda-las.

Depois de ocorrida a fecundação, é chegada a hora da fêmea procurar um local adequado, no qual ela cavará para depositar os ovos. O local escolhido frequentemente é coberto com areia ou folhagem. A quantidade de ovos depositada varia entre 1 e 15.

A diferença em relação à concavidade do plastrão para machos e fêmeas pode ser considerada, por alguns especialistas, como um padrão de dimorfismo sexual, embora não tão pronunciado. Outras diferenciações incluem o orifício cloacal, o qual, nos machos, está mais afastado do plastrão. As placas anais também estão inclusas, e, frequentemente, formam um ângulo mais pronunciado nas fêmeas, de modo a facilitar a postura dos ovos.

A temperatura média ideal para os ovos é de 27 °C. Diversos projetos ambientais e criadouros legalizados procedem à inserção destes ovos em incubadoras. Nas condições favoráveis, os filhotes nascem após 6 meses.

No ambiente silvestre, os filhotes são extremamente vulneráveis à ação de predadores, pois não possuem carapaça dura.

Com Quantos Anos o Jabuti Pode Cruzar?

Pois bem, depois de conhecer muitas características sobre o protagonista deste artigo, chegamos a questão central: Com quantos anos o jabuti pode cruzar?

Jabuti e sua Idade
Jabuti e sua Idade

 

Teoricamente, a idade reprodutiva do jabuti é aos 4 anos de idade. No entanto, para um animal que vive até 80 anos, 4 anos pode ser considerado um período similar à puberdade. Lembrando, conforme dito acima, que o recomendável é que o macho seja maior que a fêmea para que consiga fecunda-la, logo, se o macho de 4 anos de idade tentar fecundar a fêmea maior do que ele, não obterá êxito. Nesses casos, após os 4 anos de idade, o período intensamente reprodutivo pode ser definido como aquele no qual o macho alcançou um bom tamanho corporal. Dessa forma, ele estará anatomicamente favorecido.

*

Agora que você chegou até aqui, conheça o nosso site e navegue por outros artigos incríveis sobre o universo da ecologia.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

CRUZ, C. O. Infoescola. Jabuti. Disponível em: <https://www.infoescola.com/animais/jabuti/>;

BIOMANIA. Manual de manejo- Jabutipiranga. Disponível em: <http://www.conhecer.org.br/download/MEDICINA%20E%20MANEJO%20DE%20REPTEIS/leitura%20anexa%201.pdf>;

NIAAS: Núcleo de Internação para Aves e Animais Silvestres. Conhecendo o seu jabuti. Disponível em: <http://www.niaas.com.br/news/conhecendo-o-seu-jabuti/>.

Veja também

Escorpião Preto Andando em Terras Asiáticas

Habitat do Escorpião Preto: Onde eles Vivem?

Os escorpiões, ao mesmo tempo que parecem ser animais assustadores, são seres fascinantes também. Obviamente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *