Home / Animais / Cobra Surucucu Traíra

Cobra Surucucu Traíra

Cada vez mais o encontro com serpentes é comum nas cidades. Elas aparecem mais no interior dos estados, porém, não é incomum encontrá-las nas metrópoles do Brasil. Uma das que mais assustam as pessoas são as surucucus, que estão presentes em grande parte do país.

Apesar da quantidade abundante de informação — que se deve graças ao acesso à internet — muita gente ainda desconhece a maioria das cobras. É claro que, quando você se depara com uma, não é recomendado que ficasse perto dela. Porém, mesmo assim, é sempre bom ter algum dado que o ajude a ter mais conhecimento sobre ela.

Afinal, quem é que nunca se deparou com uma cobra antes? É bem provável que você já tenha visto pelo menos uma em sua vida, seja nas matas ou em um local que as preserva. Dados para o conhecimento são sempre bem-vindos,  e aqui você lerá sobre alguns dos mais importantes.

Aqui você terá todas as informações necessárias sobre a surucucu, uma espécie bastante conhecida no Brasil!

Dados Básicos

O nome surucucu traíra é regional. Não se sabe ao certo quais são as regiões que a conhecem por este nome. Ela também é conhecida por: surucucu-pico-de-jaca, surucutinga e malha de fogo.

O nome pelo qual você a conhecerá depende da área em que vive. Basicamente, ela se encontra nas matas do Nordeste brasileiro, além das áreas amazônicas do Norte. Em menor quantidade, é possível encontrá-la no litoral da região Nordeste e nas matas do Espírito Santo e do Rio de Janeiro.

Sua reprodução acontece de forma extremamente rápida: Em menos de três meses, os seus ovos já eclodiram. O comum é encontrar de 15 a 20 ovos por gestação.

Mas, olhe só que dado curioso — e, ao mesmo tempo, triste: Ela está ameaçada de extinção. Sua pelagem é considerada exótica, isso atrai diversos caçadores. O mercado negro valoriza muito sua cor, e, sem pensar nas consequências, correm atrás dela.

Outro motivo por ela estar sendo cada vez menos vista, é que os restaurantes de cunho requintado adoram vendê-la. Sua carne é considerada por muitos como uma das melhores existentes.

Ela é tão temida (e com razão!) que seu nome nos Estados Unidos é “Bushmaster”, que significa mestre das florestas.

Aparência

Cobra Surucucu Traíra no Meio do Mato
Cobra Surucucu Traíra no Meio do Mato

Ela pode chegar a medir 3.5 metros de comprimento, mas, o tamanho médio de uma é de 2 metros. Seu corpo é revestido por desenhos parecidos com losangos, que possuem a coloração amarela e preta.

Suas escamas possuem uma protuberância cônica. Este é o motivo principal por serem conhecidas como “bico-de-jaca”. A casca da fruta e suas escamas são extremamente idênticas!

Sua cauda possui uma diferença muito grande, comparada a qualquer outra espécie: Suas escamas se modificam, fazendo com que, na ponta, algo parecido com um espinho seja formado.

Como se não bastasse, ela ainda possui dentes que acumulam veneno. Isto significa que ela é uma espécie venenosa! Já houve diversos relatos no Brasil de botes relacionados à surucucu.

Ela Mata?

Cobra Surucucu Traíra - Veneno
Cobra Surucucu Traíra – Veneno

Infelizmente, um ataque desses pode ser fatal. Existem registros no país de ataques que levaram ao óbito. Mas, não é porque alguém foi picado que, necessariamente, irá morrer.

A toxina acumulada em seus dentes pode causar a destruição rápida das células do corpo. Este é o principal motivo delas serem tão perigosas.

E, como se já não fosse suficiente, ela ainda carrega o título de cobra mais peçonhenta da América do Sul.

Os sintomas de quem levou uma picada dela aparece rapidamente. Dentre todos, os mais comuns são:

  • Queda da pressão arterial;
  • Inchaço e dor intensa no local onde ela mordeu;
  • Desaceleração do ritmo cardíaco;
  • Formação de bolhas no local da mordida;
  • Diarreia;
  • Visão turva e;
  • Distúrbio renal.

Seu ataque é muito semelhante à jararaca. A vítima sente praticamente os mesmos efeitos no corpo.

Esses sintomas são os mais comuns. Como pode ter percebido, ele ataca os principais órgãos do corpo. Por este motivo que a pessoa sofre muito quando tem esse veneno dentro da corrente sanguínea.

Caso seja picado por uma serpente — não só a surucucu, mas qualquer outra espécie! — vá direto para o hospital. Não demore, pois, em alguns casos, isso pode ser fatal.

Comportamento

Ela é muito agressiva. É uma das poucas espécies que vai para cima de uma pessoa com o mínimo sentimento de ameaça. Um fator que auxilia sua agressividade é a camuflagem natural. Sua pele passa despercebida quando está perto das folhas secas.

Apesar da agressividade, devemos lembrar que ela só se comporta assim porque se sente ameaçada. Quando invadem o seu habitat, ficam extremamente agitadas.

Cobra Surucucu Traíra Preparando o Bote
Cobra Surucucu Traíra Preparando o Bote

Como pode ter notado, é bem complicado lidar com essa serpente. O recomendado é que, sempre que estiver nas matas, esteja com botas resistentes. Isso evita a picada das cobras.

Caso nada a incomode, é bem raro encontrá-la no período diurno. Geralmente, ela sai para caçar quando o sol abaixa. A maioria das cobras encontra dificuldades para caçar se dependerem somente de sua visão. É por este motivo que grande parte delas opta por caçar no período em que é mais escuro. Assim, não ficam em desvantagem contra a presa.

O que elas mais gostam de comer são os roedores (como esquilos, ratos e cotias) e marsupiais (principalmente os gambás).

Curiosidades

O seu nome científico (Lachesis muta) é muito interessante. O primeiro, Lachesis é referência a uma das três irmãs moiras da mitologia grega. De acordo com a lenda, uma delas é Láquesis, uma Moira que decidia o destino dos seres humanos e dos deuses.

Lachesis Muta Enrolada na Grama
Lachesis Muta Enrolada na Grama

Já o nome muta faz referência ao rabo da serpente, que se assemelha muito ao da cascavel. Só que, ao contrário do que a cascavel faz, a surucucu não possui nenhum barulho em sua cauda.

Outro fato bastante curioso é que, dentro de sua espécie, é a única que se enrola em volta dos ovos para protegê-lo. Esta é a forma de fazer com que os seus filhotes não sejam comidos por algum animal. Seus filhotes nascem com um tamanho razoavelmente grande: por volta de 50 centímetros cada um.

Veja também

Escorpião Preto Andando em Terras Asiáticas

Habitat do Escorpião Preto: Onde eles Vivem?

Os escorpiões, ao mesmo tempo que parecem ser animais assustadores, são seres fascinantes também. Obviamente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *