Home / Animais / Centopeia Pequena

Centopeia Pequena

As centopeias são animais que causam asco em muitas pessoas. Muitas delas não gostam de sua aparência e outras sentem nojo por causa do que elas comem e onde vivem. Não importa o motivo: Um desconforto quase sempre vem à mente quando comentamos sobre elas.

Mas, o que será que as centopeias tem que causa repulsão? Além de sua excentricidade, não há nada demais nesse pequeno animalzinho. A intenção é que, quando você terminar a leitura deste artigo, p preconceito com ela acabe. Está bem?

Então, para que todos os seus desejos maus sobre as centopeias acabem, leia sobre ela e a conheça mais!

Características da Centopeia

Quando pensamos nela, a primeira coisa que passa em nossa mente é o seu imenso número de pernas. E, de certo modo, não estamos errados. Não é a toa que se chama centopeia, sendo que a primeira sílaba do nome vem da palavra “cem”.

Porém, além de ter um número de patas muito maior do que a maioria dos animais, esta não é sua única característica. Para ter uma noção, o número de pernas está entre 15 e 191! É muita coisa!

E, mesmo com essa quantidade, ela consegue se movimentar normalmente, sem que uma pata atrapalhe a outra. O seu cérebro possui mecanismos adaptados para que não aconteça nada de errado. É como se estivessem no modo automático.

As centopeias pequenas não possuem nenhuma diferença das maiores, tirando o tamanho. Normalmente, elas medem entre 15 e 20 centímetros, mas, as menores, não ultrapassam os 10.

É bem difícil encontrá-las em regiões mais frias, já que o seu corpo não possui nenhuma adaptação para isso. Elas são mais comuns em países tropicais, como o Brasil por exemplo.

Reprodução das Centopeias

Reprodução das Centopeias
Reprodução das Centopeias

O número de ovos que elas conseguem por é entre 15 e 50. Uma particularidade curiosa é que, quando estão quase parindo, colocam os seus ovos dentro de um buraco na areia e fica aguardando os seus filhotes crescerem bem. Neste período, é muito importante a mãe protegê-los de possíveis predadores.

Desde pequenos, os filhotes se parecem muito com pais. Ao contrário de outras espécies, sua aparência quando adulto já pode ser vista desde bebê.

Alimentação

É um animal bastante diversificado, no que se refere a sua alimentação. Moluscos, larvas, insetos, aranhas estão em sua dieta. Ela caça também alguns tipos de besouros, sendo que esses últimos lutam até a morte (às vezes eles ganham a disputa).

Sua velocidade é algo que impressiona. Não é à toa que possuem diversas patas! Como possui hábitos noturnos, é bem complicado uma presa conseguir escapar.

Centopéia Andando na Grama
Centopéia Andando na Grama

Além de sua rapidez, o sua picada venenosa é muito potente. Na sua caça é geralmente mortal, porém, em humanos, não causa mais do que inchaço — e em alguns casos, febre. O óbito só acontece em animais de pequeno porte.

Apesar de ter um corpo robusto, ainda sim, é fraca sem suas presas. Por este motivo, elas são vitais para sua alimentação e vida. Uma centopeia sem suas garras tóxicas, dificilmente sobreviveria sem ajuda. E, uma coisa que elas não são é companheiras.

Tanto a caça quanto a sua vivência natural é isolada. Pode ser que você encontre duas juntas, e, nesse caso, é bem provável que elas estejam se reproduzindo.

Outras Informações Sobre Ela

Elas são bichos que adoram umidade. Mas, não é uma escolha, e sim uma necessidade. Por isso, elas só permanecem em ambientes úmidos. Mesmo que um local esteja repleto de alimento, caso ele seja seco, sua sobrevivência é muito complicada.

Elas são muito usadas como animais de estimação. Inclusive, há um comércio bastante movimentado sobre centopeias exóticas. Aqui no Brasil não é comum, porém em algumas partes do mundo, elas servem de pet doméstico tanto quanto um peixe.

Apesar de ser confundida com as lacraias, elas são bem diferentes. O número de patas, o modo de se alimentar, o ambiente em que vivem se diferem em alguns pontos. Assim, é importante que você saiba se o que você está lidando é uma centopeia ou uma lacraia!

Ela não oferece perigo nenhum para os humanos, e é sempre bom reforçar isso. Elas podem ser aliadas no controle de pragas, principalmente as urbanas.

Nunca Mate Uma!

Isso deveria ser com qualquer animal, sejam baratas, ratos, sapos ou… Centopeias. Todos eles trazem uma contribuição muito grande para o ecossistema. E, caso apareça um deles em sua casa, pode ter certeza que há um motivo para estarem ali.

Eles indicam, por exemplo, que encontraram comida dentro de sua casa. Isso acontece porque os restos dos alimentos não estão sendo jogados de forma correta no lixo, ou que mesmo com a limpeza, algo está ficando para trás. Eles aproveitam essas brechas e, se acontecer sempre, acaba se alojando no lar.

Porém, o motivo específico da centopeia não é só esse: Ela se alimenta de insetos e roedores! Então, ao invés de matá-la, deixe com que ela acabe com a impregnação de lagartixas, baratas e outros animais em sua residência. Se você avistou uma recentemente, pode ter certeza de que algumas dessas pragas estão morando em sua casa.

Ela é inofensiva para os humanos. Sua reação natural é fugir quando encontra um deles. Somente quando se sente coagida é que utiliza suas armas para atacar, sendo que uma delas é sua picada venenosa.

Se, mesmo assim, você não quiser ter uma em sua residência, coloque-a em um pote e atire no jardim ou em outro local. Nunca mate!

Pode ser que, com o desaparecimento dela, as pragas urbanas se manifestem com toda a força em seu lar. Eu te pergunto: Você prefere ter uma centopeia ou uma colônia de baratas?

Veja também

Animais em Extinção no Brasil

É fato que o Brasil muitas vezes é reconhecido no exterior por possuir a maior …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *