Home / Animais / Características Gerais da Minhoca

Características Gerais da Minhoca

As minhocas são animais invertebrados do filo dos anelídeos; no Brasil existem 26 espécies diferentes de minhocas e a maioria dessas espécies vieram de outros países porque foram trazidas por conta de interesses financeiros. Foi um animal de grande importãncia na era pré-cabraliana (antes de 1500) pois fazia parte da alimentação dos ameríndios/indígenas, e até hoje ainda é um prato da refeição em muitos países da Ásia. Elas podem viver até 16 anos e durante a sua vida botam mais de 15 milhões de ovos.

 

Classificação Taxonômica da Minhoca

É importante lembrar que o gênero, a família e a espécie variam de minhoca para minhoca, portanto, citaremos apenas a classificação taxonômica que é comum a todas as minhocas.

Reino: Animalia
Filo: Annelida
Classe: Oligochaeta
Ordem: Haplotaxida

O Corpo da Minhoca

Por se tratar de um anelídeo, a minhoca tem o corpo dividido em anéis/segmentos; possuem a boca e o ânus em extremidades opostas do corpo alongado e em formato cilíndrico.

Um fato interessante é que a minhoca possui mais de um coração, por ter o corpo todo segmentado ela pode chegar a ter 15 pares de corações, quanto maior a minhoca, mais corações ela tem.

Seu deslocamento é facilitado pela fina camada do polissacarídeo quitina que a protege e ao mesmo tempo a faz ser mais viscosa.

Possui capacidade de regeneração (aí está a importância de ter vários pares de corações) e é hermafrodita, mas sempre necessita de outra minhoca para conseguir se reproduzir, então é uma hermafrodita incompleta.

Órgãos da Minhoca

É importante dizer que as minhocas não enxergam e nem ouvem. Quanto aos órgãos, ela possui sistema nervoso, circulatório, reprodutivo, digestivo, respiratório e nervoso; ou seja, é um animal completo.

  • Sistema nervoso: Possui gânglios na cabeça, que servem como o ponto do seu sistema nervoso que mandará sinais para o resto do corpo.
  • Sistema circulatório: Possui a mesma circulação dos vertebrados com os capilares, e também tem o sangue vermelho por conta da hemoglobina.
  • Sistema digestivo: Para um animal tão pequeno, o sistema digestivo da minhoca é bem completo, o caminho que a comida faz é o seguinte – boca -> faringe -> esôfago -> papo -> moela.
  • Sistema respiratório: A minhoca respira por meio da respiração cutânea, ou seja, sua pele faz troca de gases com o ambiente.
  • Sistema reprodutivo: É hermafrodita, possui testículo e ovário, é um ser sexuado e se reproduz por meio de fecundação cruzada.

A Alimentação da Minhoca

A minhoca se alimenta principalmente de organismos mortos de animais e vegetação, ou seja, folhas e plantas. Ao se alimentar, ela ingere a terra e também tira os nutrientes da mesma antes de “jogar fora”.

Por conta da sua alimentação, a minhoca tem uma importância muito grande para o solo.

Importância da Minhoca para o Solo

Por conta da sua alimentação, a minhoca produz o húmus que é um composto muito importante para a fertilidade do solo e para o crescimento das plantas, ele é composto de nitrogênio, potássio e fósforo, elementos que são de suma importância para o crescimento das plantas na natureza. Mas como esse húmus é produzido?

Como ela se alimenta de restos vegetais e animais, suas fezes que são liberadas na terra sofrem a ação de bactérias decompositoras, essas bactérias agem nesses restos e acabam produzindo o húmus, logo, é um trabalho em conjunto!

Além do húmus, a minhoca caminha sob a terra e cria pequenos “túneis”, eles são excelentes para ventilar as raízes das plantas e penetram a água da chuva mais intensamente, garantindo uma melhor absorção de água por parte das raízes.

Por conta desses fatores, para deixar um solo extremamente fértil é essencial colocar minhocas nele!

A Minhoca na Composteira Caseira

A maior parte do lixo caseiro que produzimos é formada de lixo orgânico (restos vegetais e animais) e não há necessidade de descartá-lo para os aterros sanitários; com o tempo, a prática de ter uma composteira caseira está cada vez mais comum, para fazer uma composteira a minhoca é um “item” indispensável.

Para ter sua composteira você precisará de 3 elementos básicos: terra, lixo orgânico e minhocas; as minhocas transformarão esse lixo em húmus e você téra um excelente adubo para suas plantas, sem criar mais lixo na natureza e utilizando poucas coisas.

Outras Curiosidades Sobre a Minhoca

Curiosidades das Minhocas
Curiosidades das Minhocas
  • Apesar de não enxergar ela é extremamente sensível à luz. Ela possui a pele muito fina e por conta disso, a claridade e o sol causa um desespero nela, por isso ela se mexe loucamente se você tirá-la da terra. Além disso, se a pele entrar em contato com a pele da minhoca, ela não consegue respirar; já que a pele irá secar;
  • Algumas minhocas africanas podem medir até 6m de comprimento;
  • Ela existe desde a época dos dinossauros;
  • Já existiram 6 mil espécies de minhocas no mundo;
  • Na Califórnia existe uma competição anual de pratos feitos com minhocas;
  • Ela consome metade de seu peso todos os dias.

Espécies de Minhoca Mais Comuns no Brasil

Amynthas Gracilis

Amynthas Gracilis
Amynthas Gracilis

Também conhecida como minhoca louca, ela é originada do continente asiático mas está muito presente em áreas de agricultura brasileiras, ela reapareceu depois de um tempo sumida em campos do Paraná, na região Sul do país.

Pontoscolex Corethrurus

Pontoscolex Corethrurus
Pontoscolex Corethrurus

Também conhecida como minhoca mansa, ela não tem pigmentação pois está sempre no perfil do solo; teve origem nas Guianas mas está espalhada atualmente no mundo inteiro, incluindo todas as regiões do Brasil.

Urobenus Brasiliensis

Urobenus Brasiliensis
Urobenus Brasiliensis

É uma espécie de minhoca extremamente sensível pois quando tocada ela se dissolve como auto-defesa, possui uma cor cinza escura e se encontra principalmente nas regiões Sul e Sudeste do país.

Dichogaster Gracilis

Dichogaster Gracilis
Dichogaster Gracilis

É uma espécie de minhoca levemente pigmentada e de tamanho muito pequeno (possuem no máximo 7cm), ela teve origem no continente africano e hoje em dia é muito presente no Brasil em áreas agrícolas antigas, apareceram principalmente após a adoção da prática de plantio direto.

As minhocas são realmente animais extremamente versáteis! Produzem o húmus, ajudam na hidratação das plantas, na composteira caseira; servem para pescar, sobreviveram até à extinção dos dinossauros… possuem um corpo bem completo e tudo isso em um animal tão pequeno e aparentemente indefeso.

Quer saber mais sobre a importância desses seres tão pequenos? Leia mais sobre a Importância das Minhocas.

Veja também

Quilópodes: Representantes

As lacraias são os mais conhecidos e populares representantes dos Quilópodes. E os Quilópodes são …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *