Home / Animais / Caburé Chico: Glaucidium Brasilianum

Caburé Chico: Glaucidium Brasilianum

Você Conhece o Caburé Chico?

Estas pequenas aves, semelhantes às corujas, são curiosas e muito inteligentes. Seu tamanho assemelha-se mais ao de um pardal, mas ele é considerado da família Strigidae, a mesma família das corujas, sendo um Strigiforme. Recebe também outros nomes populares, como por exemplo, Caburé-do-Sol, Caburé-Ferrugem, Caboré e Caburezinho. Na área das ciências, ele recebe o nome de Glaucidium Brasilianum; que faz referencia ao seu tamanho e ao seu local de origem, tendo o significado de corujinha brasileira.

O Caburé Chico está distribuído por toda a América do Sul, América Central e do Norte. Ocorrem principalmente nas regiões tropicais e subtropicais. Estão em maior quantidade na América do Sul, na Colômbia, Venezuela, Brasil, Bolívia, Argentina e Uruguai.

Preferem ficar em meio às bordas da mata, as florestas, em campos abertos; evitam florestas com vegetação densa, e lugares muito secos. Eles habitam tanto áreas rurais, quanto urbanas; de modo que podem ser visto em fios de eletricidade, cercas ou no que encontrarem para utilizar como poleiro. Fica empoleirada a maior parte do tempo, seja cantando, descansando, ou apenas avistando o movimento e o caminhar de suas presas.

Possuem hábitos diurnos e noturnos. Ao contrário de outras aves de sua espécie, seu voo é barulhento e emite ruídos, não é silencioso como a maioria das corujas. Além disso, possuem uma vocalização completa; emite de 30 a 40 tons vocais por canto e principalmente, na hora que busca um parceiro ou parceira para acasalar é que o tom e a frequência do canto aumentam.

Caburé Chico: Características Corporais

O Caburé Chico é considerado uma ave de pequeno porte. Como dissemos a cima, seu tamanho é semelhante ao de um pardal, mas é uma coruja, e ainda uma das menores corujas do mundo. Ele mede de 15 a 20 centímetros de comprimento e o peso varia do macho para a fêmea; os machos atingem as 75 gramas, já as fêmeas chegam até 95 gramas, é uma diferença pequena para nós, mas para aves de porte pequeno, 20 gramas podem fazer grande diferença.

Sua plumagem possui dois tons principais de coloração; uma é amarronzado/castanho, também com tons de ferrugem, um marrom mais claro, com listras brancas na cauda e no peito, onde possui tons de brancos e cinza. A outra coloração corporal que encontramos é a cinza, de modo que o corpo todo é constituído por esse tom e as listras da cauda e do peito são brancas. A íris de seus olhos é amarelada, a mesma cor de seu bico.

Caburé Chico ( Glaucidium brasilianum ) Fotografada em Pleno Voo
Caburé Chico ( Glaucidium brasilianum ) Fotografada em Pleno Voo

O que mais caracteriza o Caburé Chico e estão presentes em ambas as plumagens, são suas sobrancelhas brancas, que se destacam em meio às cores marrom e cinza. Outra característica peculiar do Caburé Chico que merece destaque é a presença de dois ocelos na nuca (ocelo, para quem não sabe, são formas redondas em meio à plumagem do animal, como se fossem dois olhos, os ocelos também estão presentes em outros animais, como o pavão). A presença dos ocelos engana tanto suas presas, quanto seus predadores; parecendo sempre que a ave está de cabeça virada.

Devido ao seu pequeno tamanho e a sua coloração corporal que não chama muito atenção, composta por cores neutras, consegue se camuflar em meio às vegetações e zonas urbanas; e, quando está em meio a muitos pássaros, seus ocelos dão a impressão de que a ave está olhando para um lado, mas na verdade está olhando para outro, engando a todos que estão a sua volta, facilitando suas decorrentes caçadas e evitando perigo vindo de outros animais.

Caburé Chico: Glaucidium Brasilianum – Alimentação

E do que se alimentam estas pequeninas aves, ótimas e ligeiras caçadoras? Elas alimentam-se de quase tudo o que as corujas também se alimentam, pois não podemos esquecer, o Chico Caburé é uma espécie de coruja.

Ele se alimenta de pequenos invertebrados, insetos, minhocas, grilos, gafanhotos, besouros, como também anfíbios, como pequenos lagartos, pererecas, rãs, e ainda, o mais curioso, alimenta-se de outras aves, algumas menores e outras maiores que ele.

A força que o Caburé Chico possui é de se admirar, pois ele consegue suportar o peso de aves muito maiores que ele; consegue de fato se virar em meio aos tantos animais presentes no seu habitat. Beija-flores, andorinhas, pardais, anus, outras corujas já foram avistadas sendo vitimas do Caburé Chico.

Comportamentos de Reprodução e Nidificação

O Chico Caburé adora cantar, ele canta durante o ano todo, emitindo de 20 a 30 notas vocais; canta quando se sente em perigo, quando encontra uma presa ou é avista por outras aves. Mas principalmente no período reprodutivo, emite sons vocais repetidos e constantes quando busca parceiros para o acasalamento, e quando encontra ambos cantam, como um dueto.

Quando o assunto é fazer o ninho para criar os filhotes, o Caburé Chico é muito atencioso e territorialista; ele busca as fendas e buracos mais escondidos, em árvores, paredões rochosos, cupinzeiros e outros, também podem nidificar em ninhos que foram abandonados por outras aves, o que é muito comum entre os pássaros.

Ele chega a botar de 3 a 5 ovos; estes que são pequenos e de coloração branca. O período de incubação, que é feito pela fêmea inicialmente, enquanto o macho coleta alimentos, dura em média de 27 a 30 dias. Os filhotes nascem com 5 gramas em média, e a alimentação, como a incubação é feita pela mãe no inicio de vida do filhote, mas após um período, o macho também começa a alimenta-los.

Quando estão com 25 a 30 dias de vida passam a abandonar o ninho dos pais, mas não totalmente, ficam voando apenas ao redor, onde começam a aprender a voar, caçar, defender-se, e após alguns meses já são livres e independentes para alçarem voos maiores. Quando estão com quase 1 ano de vida, já pode reproduzir e dar vida a outros de sua espécie.

É uma de fato uma coruja muito curiosa, astuta e ligeira, que está sempre atenta aos movimentos ao seu redor, se camuflando muito bem. Seus dois olhos na nuca (os ocelos) lhe dão aspectos que confundem outros animais, que facilitam a caça e confundem adversários em comidas e abrigos.

Veja também

Como Eliminar Escorpiões? Armadilhas Para Escorpiões

Habitantes de desertos, savanas ou florestas, às vezes até hospedeiros de nossas casas, símbolos mitológicos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *