Home / Animais / Caburé-Acanelado

Caburé-Acanelado

Corujas são uma das aves em que as pessoas mais tem curiosidade sobre, não importa o lugar. Elas são consideradas misteriosas e belíssimas, para alguns são até mesmo assustadoras e estranhas. De qualquer forma, já foram retratadas das mais diversas formas, em filmes, seriados na arte e lendas gregas.

Elas podem ser encontradas nos mais variados cenários, inclusive na cidade. Estas costumam ser as que mais conhecemos, por serem mais sociáveis do que as outras que vivem dentro das florestas. São as mais variadas espécies e subespécies que compõem esse grupo, cada uma apresentando um papel importante e características únicas.

Uma das corujas que mais se existe dúvidas e mistério é a corujinha caburé-acanelado. Conhecida por poucos, mas ainda assim que intriga muito biólogos e cientistas da área, ela vive escondida e possui comportamentos e características que a fazem bem especial. Por isso, no post de hoje, iremos conhecer um pouco mais sobre esse animal.

As Corujas

As corujas fazem parte do grande conhecido grupo de aves de rapina. Como suas colegas, são muito inteligentes e ótimas caçadoras. Por terem uma capacidade de adaptação bem grande, podem ser encontradas em quase todos os continentes, exceto na Antártida. No total existem cerca de 220 espécies de corujas pelo mundo, com mais de 24 no Brasil.

Caburé-Acanelado Pousado
Caburé-Acanelado Pousado

Sua alimentação tende a ser igual para todas as espécies praticamente, alimentam-se de insetos e pequenos roedores. Outro fator interessante e muito importante sobre esses animais é sua condição de ter uma ótima visão e audição. Seus olhos grandes tem uma visão perfeita, e para melhorar isso, elas conseguem movimentar a cabeça em até 27o graus, dando um maior campo de visão. Sua ótima visão é boa tanto para o dia, quanto para lugares em que existe total ausência de luz.

Quanto a sua audição, muitas vezes não é nem possível ver ou identificar suas orelhas. Mas elas estão bem ali, e fazem um papel incrível e necessário, podendo ouvir há quilômetros de distância quando uma presa ou predador se aproxima. Suas asas são de extrema importância para serem as ótimas caçadoras que são. Sua plumagem faz com que o vento bata e flua, sem causar quase nenhum impacto, deixando seu voo completamente silencioso.

Caburé-Acanelado e suas Características

A caburé-acanelado também é chamada de corujinha-de-barriga-amarela, mas seu nome científico é Aegolius harrisii. Seu tamanho pode chegar até 25 centímetros nas fêmeas, e 22 nos machos. Ela segue o padrão da fêmea ser maior que o macho como suas outras corujas parentes.

A sua cor varia de cada área do corpo. O rosto e a barriga possuem uma coloração amarela bem forte, enquanto que o resto do corpo tende a ser marrom. Acima dos olhos você vê uma mancha negra que forma algo parecido como a letra Y bem no meio do rosto. Essa mancha faz com que suas bochechas que possuem uma cor meio canela se destaquem. Outros lugares com mancha, só que branca, são a cauda e a asa.

Algo interessante dessas corujas é sua voz, uma sequência única que forma um trinado que pode durar entre 4 e 10 segundos. A reprodução depende do clima de cada região, por exemplo, em Salta na Argentina eles costumam começar em novembro, já aqui no Brasil, março é o período que o macho começa a atrair a fêmea. Para chocar os ovos, eles fazem uma cavidade bem profunda onde ficam até os filhotes nascerem, com o macho sempre protegendo o perímetro.

Outro fato que o distancia um pouco de alguns de seus parentes corujas é que a caburé-acanelado também se alimenta de pequenos mamíferos, como o morcegos e de pequenas aves. Os machos para conquistar as fêmeas, ficam no topo das árvores cantando quando chega o período de reprodução.

Nicho Ecológico e Habitat da Caburé-Acanelado

Para compreendermos melhor o habitat e nicho da corujinha caburé-acanelado, é preciso primeiro entender a diferença entre os dois e o que cada um significa. O habitat é nada mais do que o endereço daquele animal ou planta, onde ele vive, onde pode ser encontrado. Por exemplo, o leão tem como habitat as savanas africanas. Já o nicho ecológico é mais complexo, trabalha com todos os seus hábitos e relações ecológicas, sendo também chamado como a profissão do animal.

Agora que entendemos a diferença, podemos caracterizar a dessa coruja. O habitat da caburé-acanelado fica pela América do Sul. Pode ser encontrada em países como Uruguai, Argentina, Equador, Colômbia, Venezuela, Peru e alguns outros. Também é encontrada facilmente no Brasil, principalmente nos estados do Ceará, Bahia, Alagoas, Minas Gerais e outros. Na região Norte só foi encontrada no estado de Tocantins. Uma vez foi vista no Parque Nacional do Iguaçu, mas depois disso nunca mais.

Quanto ao seu nicho ecológico, essas corujas possuem um comportamento bem misterioso. Até hoje, pouco se sabe de como se comportam nas situações do dia a dia, isso porque são aves bem insociáveis, diferentes de suas parentes que vivem no meio das cidades. Você pode ouvir alguém dizer que ela é uma espécie rara, mas isso está equivocado. Sua população está estável, e sem risco de extinção. O certo seria dizer que ela é apenas difícil de ser encontrada devido seus hábitos insociais.

Ao que se sabe, possui o hábito noturno, entretanto, podem ser encontradas acordadas durante o entardecer, que é quando se alimentam dos morcegos. Já deu para perceber o quão interessantes essas corujas são, certo? E é delas que podemos pegar todos os mistérios televisivos e lendários criados sobre as corujas, por serem tão insociáveis e quase não aparecerem para nós.

Veja também

Queimadura de Piolho de Cobra

A Lei da Selva Desde de que a vida surgiu no planeta Terra, há 3,5 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *