Home / Animais / Animais Marinhos Com a Letra D

Animais Marinhos Com a Letra D

O nosso planeta Terra é formado por aproximadamente 70% de oceanos, ou seja, muito mais da metade do nosso planeta é constituído de áreas de água salgada que possuem em média 3.000 metros de profundidade. Esses 70% são divididos em 5 oceanos: oceano pacífico (separa a Oceania e Ásia das Américas), oceano atlântico (separa a África e a Eursásia das Américas), oceano índico (separa Austrália e África), oceano glacial antártico (circunda a Antártida) e oceano glacial ártico (circunda o Polo Norte).

Com toda essa variedade de oceanos ao redor do mundo inteiro, as espécies de animais que habitam essas águas são inúmeras e muito diversas uma das outras; vamos conferir neste artigo quais são os animais marinhos com a letra D como inicial e entender seus hábitos e características, assim, aprenderemos curiosidades sobre os animais por separação alfabética, deixando a pesquisa mais organizada.

Dourado

Dependendo da região, ele pode ser também conhecido como peixe-vermelho, peixinho-dourado e peixe-japonês, porém, seu nome científico é Carassius auratus. Se trata de um peixe de água doce que pode ter até 70 centímetros de comprimento e pesar até 7 kilos. Ele possui hábitos carnívoros e se alimenta exlusivamente de outros peixes menores.

Peixe Dourado
Peixe Dourado

Eles crescem muito rapidamente; por conta disso, no ano de 1163 alguns Dourados foram recolhidos por pesquisadores para experimentos e testes, esse procedimento durou até o século XVI e deu origem a 250 novas espécies de peixes que existem até os dias atuais.

Uma curiosidade sobre o Dourado é que a espécie apresenta dimorfismo sexual, isso quer dizer que a fêmea é maior que o macho.

Diabo-Marinho

O diabo-marinho é um peixe misterioso que vive nas profundezas do oceano, seu nome científico é Linophryne arborifer. Ele pode chegar a ter 1,5 metros de comprimento, sendo que apenas a sua cabeça e mandíbula já são responsáveis por 2/3 do tamanho de seu corpo. Ele possui uma “isca” iluminada que serve para atrair suas presas mais facilmente; a espécie também apresenta diformismo sexual, as fêmeas podem ser até 60 vezes maiores que os machos.

Diabo-Marinho
Diabo-Marinho

Vivem na zona abissal, entre 2.000 a 6.000 metros de profundidade; a zona abissal é a parte mais funda do oceano, é conhecida também por ser fria e escura; por conta disso os alimentos são escassos e o diabo-marinho possui um estômago elástico, quando ele encontra alimento, come o máximo que consegue para ter uma reserva para os próximos períodos de escassez.

Dragão

O peixe Dragão pode também ser conhecido como peixe-escorpião, peixe-leão ou peixe-dragão-leão, porém, seu nome científico é Pterois volitans, ele é venenoso e vive principalmente em áreas tropicais nas zonas de água salgada. É conhecido principalmente por sua coloração que pode variar de peixe para peixe e por seus grandes espinhos que servem como defesa e também como instrumento de ataque.

Peixe Dragão
Peixe Dragão

É carnívoro e se alimenta de peixes menores e crustáceos; quase sempre caça durante a noite e tende a encurralar a presa contra corais como técnica de ataque. Seu veneno fica armazenado em 2 glândulas presentes nos espinhos e serve para se defender de possíveis ataques quando eles se sentem ameaçados.

Dugongo

O mamífero marinho Dugongo pode também ser conhecido como Dugão, porém, seu nome científico é Dugong dugon. São grandes, podendo atingir 3 metros de comprimento e pesar até 600 quilos. A espécie é vulnerável à extinção e hoje em dia é encontrada em menos locais, as principais populações vivem na Oceania, mais especificamente na Austrália.

Dugongo
Dugongo

Se alimenta principalmente de plantas aquáticas e se assemelha ao elefante. A espécie é ameaçada de extinção principalmente por conta da caça ilegal do peixe, que serve de “matéria prima” para caçadores venderem os dentes, oléo, pele e ossos; por conta do alto velor no mercado ilegal e da caça desenfreada, diversas leis já foram criadas para proteger a espécie da extinção.

Dragão-Marinho-Comum

O dragão marinho pertence à família Syngnathidae junto com o peixe-cachimbo e o cavalo-marinho. Possui um porte médio e chega a medir até 45 centímetros, possui apêndices no corpo que o possubilitam de se camuflar com as algas do oceano. Sua alimentação varia entre pequenos crustáceos e outros tipos de organismos presentes no zooplâncton.

Dragão-Marinho-Comum
Dragão-Marinho-Comum

A espécie é protegida por diversas leis pois é muito vulnerável à poluição e é caçada em excesso, por conta disso essas leis existem para punir quem exerce essas atividades ilegais de caça.

Dojô

Dependendo da localização podem também ser conhecidos como peixe cobra, porém, seu nome científico é Misgurnus anguilicaudatus. É um peixe que habita as regiões de água doce e é encontrado em maior parte na Ásia, mais especificamente na China. Ele é famoso e muito usado para a prática de aquarismo por agir como um “limpador” do fundo do aquário. Pode chegar a medir 20 centímetros livre no oceano e 8 centímetros quando está em cativeiro.

Dojô
Dojô

Uma curiosidade sobre a espécie é que muitas pessoas acreditam que eles conseguem prever o tempo, por exemplo: se eles saltam para fora da água provavelmente irá chover; mas claro que essas constatações são mitos, o Dojô está acostumado com águas frias, ele salta para fora da água quando a temperatura da mesma está mais alta do que o normal para a espécie.

Dânio

O peixe Dânio pode ser também conhecido como paulistinha, zebra dânio, e dânio rerio, porém, seu nome científico é Danio rerio. Também é muito utilizado por praticantes do aquarismo por ser um peixe ativo e resistente, logo, é indicado para pessoas que ainda não possuem muita experiência cuidando de peixes. Uma curiosidade é que ele se trata de um peixe acostumado a viver em grupo, ou seja, devem viver com pelo menos mais 10 exemplares se criado em cativeiro.

Dânio
Dânio

Teve sua origem no continente asiático, mais especificamente no leste da Índia. Está acostumado a águas calmas e pode ser facilmente encontrado em meio às plantações de arroz. Sua reprodução em cativeiro tende a ser mais difícil, mas não é impossível: é necessário muita técnica e sorte apenas.

É impressionante o número de espécies animais existentes no mundo, esses animais são apenas alguns que podemos encontrar com a letra D nos oceanos, é extremamente importante tomar conhecimento dos animais que possuímos no mundo para entender melhor a nossa fauna e as características de diferentes seres vivos.

Se interessou pelo estudo das espécies marinhas por meio da divisão alfabética? Leia também Animais Marinhos Com a Letra D.

Veja também

Vulcão Popocatépetl em Erupção

Imagens de Vulcão Em Erupção

Japão, Indonésia, Islândia, México, Chile e Estados Unidos: é para esses países que os vulcanólogos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *