Home / Animais / Animais Extintos Encontrados Congelados

Animais Extintos Encontrados Congelados

Ao longo da evolução do planeta Terra, muitos animais passaram a existir e, também, deixaram de existir! Houveram extinções em massa, que deixaram poucos sobreviventes e tiveram causas naturais. E, com a conquista do planeta pelos homo sapiens e sua rápida ascensão na cadeia alimentar, houveram também muitas extinções. Nós temos informações sobre estes animais extintos por conta de seus fósseis, que são restos de seus organismos ou até mesmo evidências de suas atividades biológicas que são preservados em vários tipos de materiais.

Neste artigo, iremos falar sobre estes animais que não existem mais, chamados animais extintos. E, mais especificamente, falaremos sobre seus fósseis encontrados congelados, em um estado de conservação impressionante. Por conta do gelo, estes animais basicamente pararam no tempo. E hoje há, inclusive, planos para cloná-los!

Animais Extintos

Animais extintos são aqueles que não podemos mais encontrar na natureza e nem em cativeiro. Um animal é declarado extinto quando os estudiosos têm a certeza de que o seu último espécime faleceu. Os dinossauros, por exemplo, estão extintos. E, nesse caso, não precisamos de especialistas para ter certeza.

Ao longo da história do planeta, houveram muitas extinções. As extinções em massa, que não presenciamos, tiveram causas naturais e acabaram com a maioria das espécies que existiam na sua época. Já as extinções que nossa espécie presenciou, foram, em sua maioria esmagadora, consequência da ascensão do homo sapiens. Os dinossauros foram extinguidos por conta de interferências naturais; entretanto, os animais que surgiram depois dessas extinções em massa, foram extintos por motivos como a destruição do seu habitat natural, a caça para consumo de sua carne e/ou pele, além de outras causas de responsabilidade do ser humano.

Entretanto, mesmo que alguns animais não existam mais, ainda podemos conhecê-los! Mesmo que eles tenham existido antes mesmo de nossa espécie passar a existir. E o que é capaz de nos fornecer informações sobre estes animais é o fóssil.

Os Fósseis

Os fósseis são muito utilizados como objetos de pesquisa de paleontólogos, entre outros cientistas. Estes restos de organismos que foram preservados em materiais, tais como rochas, gelo e resina, são fonte de informações muito preciosas sobre a evolução da vida, e também sobre a história geológica do nosso planeta. Ou seja, para contar a história de um animal, por exemplo, não necessitamos de um exemplar vivo; seu legado biológico deixado no planeta há muitos anos atrás pode dar conta do recado.

Fósseis Congelados: Por Que São Tão Impressionantes?

Já sabemos o que são animais extintos e sabemos também como os conhecemos, mesmo que não haja mais exemplares vivos da espécie. Agora, precisamos entender o motivo que faz dos fósseis encontrados congelados tão impressionantes!

Como mencionamos anteriormente, o gelo é um dos materiais capazes de preservar muito bem informações sobre a atividade biológica de organismos que viveram no passado.

Alguns cientistas acreditam até mesmo que um dia será possível ressuscitar espécies extintas a partir de seus fósseis congelados. Parece impossível, não? Mas podemos explicar. Este processo consistiria basicamente na extração do DNA de um animal já extinto, para que outra espécie ainda viva possa dar luz a ele. Para ilustrar podemos utilizar o elefante e o mamute como exemplos. Hoje nós temos acesso ao DNA do mamute, ou seja, um dia talvez seja possível que um elefante possa de dar a luz a um animal pré-histórico já extinto; pois o DNA do mamute seria inserido numa espécime dos elefantes.

Exemplos de Animais Extintos Encontrados Congelados

Vejamos agora alguns animais que foram encontrados nessa impressionante condição: extremamente conservados por conta das propriedades do gelo. Entre estas espécies temos o rinoceronte peludo, o famoso mamute peludo, além do leão-das cavernas e o bisão-da-estepe.

O Rinoceronte Peludo

Esta espécie consiste em mamíferos gigantes extintos há mais de dez mil anos que viveram no período do Pleistoceno, onde grandes extensões de terra eram cobertas com uma imensa camada de gelo (fenômeno conhecido como glaciação). Por isso, os rinocerontes peludos foram encontrados congelados e bem preservados na tundra glacial onde viviam. Segundo cientistas, estes são ótimos candidatos para a extração de seu DNA devido ao estado de preservação dos seus fósseis.

O Mamute Peludo

Deste mamífero gigante foram encontrados pelos fossilizados no gelo siberiano! E esta é uma notícia incrível. Pois, em 2008, cientistas conseguiram o feito inédito de sequenciar o DNA deste mamífero extinto. Por conta desse fato, em 2011, cientistas já anunciaram sua intenção de clonar esse animal no futuro. Além disso, recentemente, um jovem mamute foi encontrado nessa mesma região, falecido há dez mil anos e muito bem preservado.

O Leão-das-Cavernas

Este foi um animal que provavelmente viveu durante a última Era do Gelo. E, recentemente, foram encontrados muito bem preservados restos desta espécie na Rússia. O local em que estes restos foram encontrados conta com o solo congelado perene, por isso o estado de conservação do animal é impressionante. Sendo assim, este animal extinto há mais de dez mil anos se torna também um candidato em potencial para a clonagem!

O Bisão-da-Estepe

Bisão-da-Estepe
Bisão-da-Estepe

Os bisões foram mamíferos gigantes extintos há cerca de 11 mil anos atrás. Recentemente, na Sibéria Oriental, foi encontrada a múmia mais completa desta espécie. Por conta do gelo, o animal basicamente “parou no tempo”, e foi preservado em um estado extremamente impressionante. Sendo assim, também deve ser do interesse dos cientistas extrair seu DNA para uma possível clonagem.

Aliás, outro aspecto importante de ressaltar é que, diferente de nos filmes, estes animais congelados não são encontrados em perfeitos blocos de gelo, com seu corpo milenar intacto. Os animais são, na verdade, encontrados no solo gelado; solo que descongela poucas vezes e nunca completamente. Este solo é normalmente conhecido como Permafrost, que em inglês tem a conotação de “permanentemente congelado”; entretanto, temos também uma palavra em português menos utilizada para se referir a este solo: pergelissolo. Este tipo de solo é muito comum em algumas regiões da Rússia, onde os animais mencionados no texto foram encontrados. Enfim, como este solo permanece sempre gelado, ele é capaz de preservar com sucesso a carcaça de animais enterrados nele.

Veja também

Escorpião Preto Andando em Terras Asiáticas

Habitat do Escorpião Preto: Onde eles Vivem?

Os escorpiões, ao mesmo tempo que parecem ser animais assustadores, são seres fascinantes também. Obviamente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *