Home / Animais / Alimentação do Lobo Cinzento

Alimentação do Lobo Cinzento

Sobrevivente da era do gelo, os lobos são animais fascinantes. Seja pela sua beleza, seu comportamento ou suas características naturais, ele é uma das espécies que mais fascinam o ser humano.

Sendo ele um membro selvagem da família canidae, é um dos mais populares animais do planeta. Além disso, é o animal mais estudado do mundo. O que ele tem que desperta a curiosidade de todos? Veja mais sobre os lobos, sua alimentação e demais curiosidades no decorrer deste artigo!

Hábitos Alimentares

É claro que todos os dados do animal devem ser descritos, porém, o mais importante neste artigo é falar sobre a alimentação do lobo cinzento.

O modo com que eles se alimentam, é o mesmo entre a maioria das espécies de lobo. Se reúnem entre 6 e 10 membros. Depois disso, o macho alfa (o líder da matilha) persegue rastros até encontrar o alvo que será a alimentação do dia.

Quando um rastro é identificado pelo líder, ele avisa aos demais membros que o jantar já foi encontrado. A resposta dos liderados é até engraçada: todos balançam o rabo de forma agitada, para comemorar o fato.

Assim que encontram a presa, eles a cercam, não deixando com que fuja. Assim que ela não tem mais como escapar, o macho alfa começa o ataque. Geralmente, os alvos são antílopes, ovelhas e, caso precise, até alvos maiores como os ursos podem virar a caça.

Podem ocorrer falhas, principalmente se o animal é grande demais. Por mais que suas mordidas sejam fortes e suas habilidades de caças sejam descomunais, os lobos também erram.

O lado gratificante disso é que, caso não consigam uma presa, não tem tanto problema. Eles conseguem ficar até 4 dias sem comer que, mesmo assim, não terão o seu vigor afetado. Porém, isso não quer dizer que eles não fiquem com fome.

Quando já está há um tempo sem comer, pode ingerir até 10 quilos de carne de uma vez só, assim que se deparar com a presa! A média é de, geralmente, 2 a 3 quilos por dia. Mas esse limite pode aumentar muito, dependendo do apetite do animal e da quantidade de dias em que ele está se comer.

O lobo cinzento é realmente um animal magnífico. Conheça mais sobre ele!

Comportamento

Algo bastante curioso é que os lobos são animais bastante sociáveis. Por este motivo, eles evitam brigar. Isto também se reflete quando o macho alfa se destaca: Para não ter algum tipo de combate dentro da alcateia, os subordinados evitam o confronto com os dominantes.

Está é uma interação social muito importante, que só acontece entre poucas espécies no reino animal.

A comunicação entre eles também é exemplar: Quando estão com raiva, sua orelha se eleva e seus dentes ficam à mostra. Caso estejam com medo, seu rabo fica entre as pernas — bem semelhante ao cachorro — e suas orelhas se curvam para trás.

Agora, quando ele quer revelar respeito a outro lobo, ele abaixa a cabeça e se coloca de barriga para o alto, demonstrando submissão.

Eles possuem um olfato extremamente potente. Com toda certeza, é uma das maiores armas do animal. Comparado ao do ser humano, eles possuem 100 vezes mais sensibilidade no nariz.

Eles também utilizam essa parte do corpo para se comunicar. Se um território já está demarcado, outra alcateia já sabe que deve recuar.

Características

Os lobos cinzentos são ancestrais do cão doméstico, de acordo com uma pesquisa feita a partir do gene dos cachorros. Assim, esta espécie de lobo em particular é a que mais se parece com os pets domésticos.

Porém, ao contrário do que se imagina, os lobos são impossíveis de serem domesticados. Quando filhote, ele até pode interagir com os humanos, principalmente porque adora brincar.

Porém, quando está passando pela fase da puberdade, seu instinto selvagem começa a aflorar. O fato principal é que, caso ele seja um animal de estimação, irá começar a perceber que os outros humanos são parte de sua alcateia. Assim, é inevitável que ele comece a disputa de poder para ser o macho alfa da casa. Isso pode ser fatal para uma família…

Seu peso se diferencia muito, dependendo do local onde vivem. A média é de 38,5 quilos. Entretanto, já houve relatos de lobos sendo encontrados com mais de 75 quilos no Alasca, na antiga União Soviética e no Canadá. Isso provavelmente aconteceu por causa do sedentarismo, vindo de alguma doença que os deixavam impossibilitados de se locomover.

Risco de Extinção

Tirando o lobo do ártico, todas as outras espécies de correm um sério risco de serem aniquiladas do planeta. Um dos motivos é a caça predatória, principalmente por causa da pelagem, que é valiosa no mercado negro.

Sua carne também é bastante procurada. Como ela é considerada saborosa, eles são abatidos para o consumo sem nenhuma piedade.

O aquecimento global também está colaborando com o sumiço dos lobos. Como a maioria das áreas da natureza estão sendo destruídas, pouco a pouco eles vão perdendo o lugar onde moram. Além disso, encontrar presas está cada vez mais difícil, justamente por elas não encontrarem alimento.

E um último fator, sendo este bastante curioso: o confronto de alcateias está fazendo com que as espécies sejam dissipadas. O motivo é simples: quanto menor os locais em que eles podem viver, mais fácil será encontrar outra matilha. E, como dois grupos não vivem no mesmo local, acabam brigando até a morte.

De qualquer forma, a maior causa do sumiço dos animais é culpa humana. Se não fosse o desmatamento e o aquecimento global, as geleiras não estariam com um derretimento fora do normal e as árvores não estariam ao chão.

Mesmo quando eles não são afetados diretamente, as suas presas são. E como não encontram nada para se alimentar, acabam cometendo canibalismo para sobreviver.

Essa forma de alimentação é atípica, porém, necessária em alguns casos para superar essas adversidades.

Veja também

Queimadura de Piolho de Cobra

A Lei da Selva Desde de que a vida surgiu no planeta Terra, há 3,5 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *